31 julho 2007

Prestígio

O vereador itabunense Roberto de Souza deu uma grande “bola dentro” essa semana.É o único vereador, dentre os 498 do PR (antigo PL) na Bahia, a ter participação no programa de TV do partido que irá ao ar, em todo o estado, até o fim do ano.


Com isso, demonstra ter grande prestígio junto à executiva da sigla e, de quebra, ainda ganha uma enorme visibilidade às vésperas do pleito que acontecerá em 2008.

Já é notório e público que o Roberto é candidato. Resta saber quais são suas reais pretensões: tentar manter sua cadeira no legislativo ou alçar vôos mais altos, visando o executivo.

É esperar pra ver!

Onde está Wally?



Investigadores voluntários deste blog acabam de identificar o paradeiro do prefeito Valderico Reis, foragido da justiça e de rumo até então ignorado.

Para livrar-se das garras da justiça, ele comprou o vestido, aliciou baianas e agora ataca de Vaval Baiano nas ladeiras do Pelô, em Salvador.

Depois do flagra, vai ficar difícil Vaval se livrar dessa. E correr dos oficiais.


Merchandising de inverno

Valderico continua foragido

O prefeito de Ilhéus ainda não recebeu a notificação da Justiça para deixar o cargo. Nem tão pouco seus advogados entraram com recurso no TJB.

Os procuradores do alcaide se queixam de que a juíza da 2ª Vara Cível e Fazenda Pública de Ilhéus, Emanuele Vita Leite, está dificultando-lhes o acesso aos autos do processo, o que impede que o recurso seja impetrado.

Newton Lima assiste à novela com grande expectativa.

Mano fiel

Irmão da professora e pré-candidata Acácia, Luciano Pinho permanece ocupando cargo de direção na Secretaria de Esportes da Prefeitura de Itabuna. O que não o impede de descer o malho em Zé de Cuma, como fez no último sábado, na Caminhada pela Paz.

Ao que tudo indica, pelo menos na própria família tem quem leve a candidatura da professora a sério.

Cansei de "basta!"

Janio de Freitas

O que mais deseja a riqueza do país, além das condições
inigualáveis que o governo Lula lhe proporcionou?


O ODOR EXALADO pelo movimento "Cansei", ainda que nem todos os seus fundadores tenham propósitos precisamente iguais, é típico do golpismo que sempre foi a vocação política mais à vista na riqueza, não importa se cansada ou não. A fonte de onde surge não lhe nega a natureza pressentida: um escritório de negócios em São Paulo, tal como se identificaria nos primórdios de todos os golpes e tentativas de golpe desde 1944/1945, pelo menos.

Também denominada "Movimento Cívico pelo Direito dos Brasileiros" -batismo que os padrinhos relegaram, por considerarem o apelido "Cansei" mais representativo dos seus propósitos- o que a iniciativa sugere, de fato, é uma interrogação.

O que mais deseja a riqueza brasileira, além das condições inigualáveis que o governo Lula lhe proporcionou? O fim da inflação, o emudecimento do sindicalismo e das reivindicações sociais; concessões transgênicas para todos os tipos de grandes empresas e negócios, Bolsa farta e imposto baixinho ou a zero; e, sobretudo, a transferência gratuita de um oceano de dinheiro dos cofres públicos para os da riqueza privada, por intermédio dos juros recordistas concedidos pelo próprio governo aos títulos de sua emissão. Ainda não basta?

O que deseja a riqueza não pode ser a correção das deformidades socioeconômicas, institucionais e políticas que refreiam o Brasil, enquanto países do seu aparente status desenvolvem-se a níveis exuberantes. É da não-correção que vem grande parte das facilidades pelas quais a riqueza se multiplica sem cessar: a fraqueza ética do Congresso, a corrupção administrativa que só tem o corrupto e não o corruptor, as eleições movidas a marketing endinheirado, e por aí.

Além disso, nunca se viu a riqueza movendo-se, de fato, por correções e reformas a serviço do interesse do país. Os seus lobbies e outros meios só se movem, historicamente, por alterações que privilegiem os interesses da própria riqueza privada. Assim é a história parlamentar e administrativa do Brasil, para dizer o mínimo, do último meio século.

O governo Lula deu e dá à riqueza privada a situação que a ela deu o "milagre econômico" da ditadura, porém, agora sem os inconvenientes produzidos pela força. A quem vive no Brasil em nível de primeiríssimo mundo, conviria, portanto, demonstrar um pouco mais de compostura. Se não para aparentar recato que lhe falte, por um grão a mais de esperteza.

"Cansei" - e daí? Vai fazer ou, pelo menos, propõe o quê, de objetivo, prático e necessário? Disse um dos "cansados": "Queremos despertar em cada indivíduo o que ele pode fazer para mudar o país". Pois façam isso no seu próprio movimento. Sem que, para tanto, o seu alegado cansaço exale sentidos que, intencionais ou não, negados ou não, vão até onde não devem.

Artigo extraído da edição de hoje da Folha de São Paulo.

Contra

As redes Globo e Bandeirantes recusaram veiculação, na tevê, da campanha "Cansei", liderada por empresários e políticos tucanos.

Recusaram participação porque enxergaram que a iniciativa é político-partidária.

Bacelar na Câmara

Ele nega, nega, mas não tem jeito.

O apresentador do programa Alerta Total, Ricardo Bacelar, será mesmo candidato a vereador nas eleições de 2008. A candidatura já recebeu sinal verde do alto comando da Igreja Universal na Bahia.

Entendidos acreditam, inclusive, que Ricardo deverá ser o campeão de votos na disputa por uma das 13 vagas na Câmara, ano que vem.

MP de olho no ex-prefeito

O promotor público Márcio Fahel enviou notificações à Câmara de Vereadores de Itabuna para que julgue as contas de 2003 e 2004 do ex-prefeito Geraldo Simões.

A notificação, pedida por ex-seguidores de Geraldo, causou estranheza aos vereadores.

Espera-se mesmo empenho na análise das contas e dos desmandos do atual prefeito, Fernando Gomes. Não sabemos se o problema está no MP ou na Justiça, mas nada corre contra FG.

Valderico em Salvador

Se a justiça quiser encontrar o prefeito Valderico Reis para entregar-lhe notificação que o afasta do mandato por 60 dias, deverá se dirigir a um dos mais freqüentados escritórios de advocacia de Salvador.

É lá que ele está, tentando reverter, via liminar, a decisão da juíza Emanuele Vita Leite.

Abençoado

Considerado perigoso pelos pilotos, o aeroporto de Ilhéus possui uma marca respeitável e que de certa forma contradiz os críticos. Segundo a Infraero, a pista não registra nenhum acidente desde que foi inaugurada, há 40 anos.

O Ministério da Defesa, a Aeronáutica e a Anac só precisam aprender uma coisa: quando o aeroporto for perigoso, a cidade na qual ele está situado precisa ter no mínimo três padroeiros.

Ilhéus, com Nossa Senhora da Vitória, São Sebastião e o santo guerreiro São Jorge, está mais que protegida.

Ligeirinho

O prefeito Valderico Reis não é visto desde ontem, quando a Justiça acatou liminar, afastando-o do cargo por 60 dias. Segundo informações, ele teria sido orientado por advogados a permanecer escondido para não receber a notificação da Vara da Fazenda Pública.

Enquanto isso, causídicos de alta cepa (e gordos honorários) trabalham em Salvador para obter uma decisão favorável ao prefeito no TJB. A expectativa é de que tudo esteja acertado até o final da tarde.

Sai Valderico, entra... Teodorico!!!


Censurada há alguns dias pelo prefeito "homenageado" e depois liberada, pela pressão popular, a peça Teodorico Majestade estará em cartaz nesta quinta-feira, dia 1º, a partir das 17 horas, no Teatro Municipal de Ilhéus.

Os ingressos podem ser comprados por apenas R$ 5,00, na bilheteria do TMI ou na Casa dos Artistas.

Teodorico é o prefeito de uma cidade fictícia, muito semelhante a um certo município litorâneo do sul da Bahia. Adora combinar "mé e mulé" e não tem muito apego pelo interesse público, apesar de adorar a verba do erário.

Não deixem de prestigiar.

Diversão

Pesquisas para os mais variados clientes e gostos indicam números sobre a disputa eleitoral em Itabuna. A mais nova é de uma empresa conhecida como "Perfil".

Nela, aparecem Geraldo Simões com 33%, Capitão Fábio com 30% e Fernando Gomes com 16%.

Acredite se quiser...

De novo!

O afastamento de Valderico Reis do cargo de prefeito dá uma angústia danada nos vereadores de Itabuna.

Nada a ver com o afastamento de Valderico, mas com as diferenças que cercam o Ministério Público nas duas vizinhas cidades. O de Ilhéus, como se vê, é mais ativo.

E viva a promotora Karina Cherubini!

30 julho 2007

Procura-se Celso Castro, desesperadamente!

O prefeito espera contar com a ajuda do jurista Celso Castro para, mais uma vez, livrar-se das garras da justiça. O advogado é um dos melhores do país e, claro, cobra muito bem por isso.

Em maio, Celso havia livrado Valderico da enrascada do cassação pela Câmara.

Agora, é a juíza Emanoele Vita determina o afastamento do prefeito por 60 dias, devido a esquema de corrupção em licitações para o fornecimento de combustível à prefeitura. O Ministério Público Estadual entrou com ação contra o prefeito e as empresas 'vencedoras' da licitação.

Triste Itabuna... Quanta semelhança...!

(Zelão, cantando pra não chorar!)
.
Eu sei que ainda és nova. Apenas 97 anos de emancipação, que alguns preferem chamar de “emancebação”. Foram tantos desencontros em teu caminhar que me fazem pensar se realmente caminhastes para frente, já que pra frente é que se anda, ou destes passos para trás. Caminhastes sobre céu de estrelas, mesmo sabendo que o teto do barraco era de zinco e a porta era sem trinco.
.
Sonho meu... Sonho meu. Vai buscar quem mora longe... Sonho meu! Porque muitos dos filhos teus partiram e não mais voltaram. Uns ingratos, apenas te abandonaram à própria sorte. Outros, temendo a própria sorte, fugiram da luta, esquecendo que dos filhos deste solo és mãe gentil.
.
Poucos, bem poucos, são os que parecem te amar como filhos. Poucos tem sido os que te devolvem o amor com que os paristes ou os criastes. Pois até mesmo no dia do teu aniversário esquecem de te mandar um presente em forma de lembrança. Ou, se lembram, é para mais uma vez sugar o leite que ainda restou nos teus seios agora murchos.
.
Que presente ganhastes no teu aniversário: a inauguração de um semáforo? A transfiguração grotesca de uma das tuas mais belas praças? A inauguração de um painel mosaico em uma fachada de escola? A pintura de um posto médico que mal atende aos teus enfermos? O que mais ganhastes além de promessas que só se realizarão no teu centenário?
.
Já sei! Ganhastes uma “filha”... que te obrigaram a adotar. Fizeram contigo o mesmo que fizeram com a “Geni”. Usaram o teu corpo e vilipendiaram a tua alma por alguns trocados. Enlamearam o teu nome e ultrajaram o teu lar, caiando de cinza o teu semblante.
.
Mas não deves chorar. Por que deverias? Não vale a pena chorar por quem não nos ama. Guarda as tuas lágrimas. Aqui, diferente de lá, não ouvirás não chores por mim Argentina...! Nem ao menos pedirão silêncio por que será cantado um fado! Triste Itabuna: - Oh, quanta Semelhança...!

Operação Abafa

O trade turístico do sul da Bahia se articulou para emitir nota contestando reportagem do programa Fantástico, da Rede Globo, em que o aeroporto de Ilhéus aparece como o segundo mais perigoso do Brasil.

No início da noite desta segunda-feira, a Associação de Turismo de Ilhéus (Atil), encaminhou nota assinada por diversos segmentos e órgãos públicos regionais ressaltando que o aeroporto está dentro dos parâmetros de pouso e decolagem da Organização da Aviação Civil Internacional (OACI).

O Aeroporto, segundo a Infraero, teria transportado 301.000 passageiros em 2006, metade da sua capacidade, 600 mil. A nota também afirma que o comprimento da pista e a sua localização, ao nível do mar, são adequados.

Pânico no Carandiru! Justiça afasta Valderico

A juíza da 2ª Cível e Vara da Fazenda Pública de Ilhéus, Emanuelle Vita Leite, determinou o afastamento do prefeito Valderico Reis por 60 dias. Segundo informações do site O Tabuleiro, a juíza atendeu liminar requerida pela promotora pública Karina Cherubini.

O Ministério Público dispõe de fortes indícios de que o governo tenha infringido a lei de licitações e desviado recursos do erário num esquema com fornecedores de combustível. As empresas Guep e Gomes Nascimento também são investigadas.

Emanuele Vita Leite é a mesma juíza que, há alguns meses, deu liminar favorável à permanência de Valderico na prefeitura. Isto quando a Câmara tinha promovido um "teatro" para supostamente tirar o prefeito do cargo.

Além do esquema com os combustíveis, Valderico Reis tem outra dor de cabeça. Nesta terça-feira, a Câmara de Vereadores vota o relatório da Comissão Especial de Inquérito que investiga corrupção na saúde.

Cala-boca

O jornal A Região explica, neste final de semana, o motivo de todo o silêncio do ex-secretário de saúde, José Henriquei. Há mais de um ano fora do cargo e sofrendo todo tipo de ataques do seu sucessor, Jesuíno Oliveira, Henriquei age como o bom cabrito: não berra.

Mas, descobre-se agora, o silêncio tem a ver com a sinecura de R$ 5 mil, mensais, como 'auditor' do Hospital de Base. E não é só ele. Outro médico, Ricardo "Flores", também recebe exatos R$ 5 mil por baixo do pano e sem declarar.

Essas e outras mutretas explicam porque o prefeito Fernando Gomes não quer mais estadualizar o Hospital de Base.

Estacionado


Obrigada a fazer pouso forçado em Ilhéus, na sexta-feira, a aeronave fokker MK-28, da OceanAir, continua estacionada no aeroporto Jorge Amado.

Seria problema de caixa da companhia aérea?

Prefeito diz que floristas são vagabundas

O prefeito Fernando Gomes estava visivelmente controlado pelo excesso de doses de uísque na "grande" reinauguração da praça José Bastos.

Depois de dizer que era o melhor e o maior prefeito do Brasil, Fernando resolveu, então, atacar as floristas que trabalhavam na praça José Bastos. Fernando disse que elas eram "vagabundas" e que as barracas serviam de ponto de encontros amorosos.

O discurso do prefeito causou constrangimento geral e os floristas prometem dar uma boa resposta ao prefeito nas urnas, mostrando bem quem são as "prostitutas".

Espertinho se deu mal

A família do canoísta Vilson Nascimento, que obteve prata e bronze no PAN 2007, ficou uma arara com o prefeito de Itacaré, Jarbas Barbosa.

Sem dar nenhum tipo de apoio ao atleta, Jarbas quis embarcar na festa em homenagem ao ídolo da cidade. O prefeito mandou soltar fogos a todo instante no final da tarde de domingo. Para azar do prefeito-sabichão, Vilson não apareceu.

Ele só retorna à cidade após o mundial de canoagem, na Alemanha, informou Alex Nascimento, irmão do canoísta.

Pista ultra-perigosa

O aeroporto de Ilhéus é considerado por pilotos o segundo mais perigoso do País. A revelação ocorreu após enquete feita pelo programa Fantástico, da Rede Globo. Abaixo, você confere o vídeo completo da reportagem.

Clique aqui e assista.

"Cansei"

Empresários tucanos e a também OAB-SP acabam de lançar um movimento que traz muita preocupação à cúpula petista.

O movimento tem um nome sugestivo, por sinal... "Cansei".

Bom, o blogueiro não pode dizer o mesmo depois de quase dois dias de descanso!

Imperdível

Excelente a entrevista que o capitão da seleção brasileira de vôlei, Giba, concedeu nesta segunda-feira ao jornal Folha de São Paulo. Ele fala de carreira, do drama de ser pego no exame de doping por ter fumado maconha, de política, de sofrimento do povo e do sucesso do PAN 2007. Abaixo, confira trecho.

Você acompanhou as vaias ao presidente Lula na cerimônia de abertura?
Um americano, diretor de banco, me disse uma vez que o Brasil é o país mais rico do mundo. O que você planta dá, o que quer, tem. Tem qualquer tipo de clima, todas as raças juntas, e ninguém briga. É onde todo mundo rouba, e o dinheiro nunca acaba. É uma coisa para se pensar.

Minha mulher, que viveu no comunismo na Romênia, me conta os problemas por que passou. Na Itália, as pessoas contam as dificuldades da guerra. Me pergunto se a gente não tem de passar por algo assim para dar valor ao que temos. Tudo isso para chegar nas vaias. As pessoas que comandam o país não dão o devido valor ao nosso povo.

Foram merecidas?
Sim. Não diretamente para ele. É o presidente, mas não muda tudo sozinho.

O que falta para o esporte se desenvolver mais no país?
Não temos apoio das empresas. Por exemplo, acho um absurdo Curitiba não ter time de vôlei, basquete. Existem várias empresas grandes lá que não querem patrocinar.

Por que isso acontece?
Não sei. Todo mundo falou na lei de incentivo ao esporte, mas não sei se vai resolver. Vou entender quando eu parar.

O que você vai fazer?
Ser cartola, tentar resolver as coisas. Sei como funciona porque já passei por tudo.

Confira a entrevista na íntegra clicando aqui (para assinante UOL ou Folha).

Itabuna mais velha

Esse negócio de trabalhar com agência de Salvador de vez em quando complica. A Insinuante, por exemplo, divulgou ontem um comercial sobre a reinauguração de sua loja na Avenida "Centenário", centro de Itabuna.

Evidentemente, tratava-se da velha Avenida Cinqüentenário, mas a empresa talvez quis mostrar que tem visão de futuro...

Tem índia no Carandiru?

O ex-deputado federal Roland Lavigne foi convidado para assumir a Secretaria de Governo de Ilhéus. E aceitou!

O convite partiu do próprio Valderico Reis, que deve mandar Jorge Cunha de volta à Secretaria de Planejamento.

A notícia foi divulgada em primeira mão pelo radialista Vila Nova, em seu programa O Tabuleiro (Rádio Santa Cruz).

Para Vila, Roland já estava morto e agora assinou de vez seu atestado de óbito político.

Descanso


Pedimos desculpas aos leitores, mas o blogueiro precisou descansar. Estava com sintomas de stress agudo e com essas coisas não se brinca.

Fiquem tranqüilos. Logo mais, voltaremos às postagens.

28 julho 2007

O bom exemplo do doutor

Fazemos questão de reproduzir o vídeo da inauguração da nova ala psiquiátrica do Hospital Geral Luiz Viana Filho, em Ilhéus. A obra é fruto do esforço do diretor da instituição, o médico Ruy Carvalho.

Como bem salientou o secretário estadual da Saúde, Jorge Solla, Dr. Ruy conseguiu economizar sem reduzir a assistência. Pelo contrário, ampliou.

Coisa rara.

Tô fora

Três vereadores informam a este blog que votaram contra a concessão de título de Cidadão Itabunense à lobista Cecília Campos.

São eles Wenceslau Júnior, Luís Sena e Emanoel Acilino.

Pelo visto, ainda resta dignidade na Câmara.

Canoísta de Itacaré leva prata e bronze no PAN

Vilson dá show no Pan do Rio

Com o tempo de 1min51s862, os brasileiros Vilson Nascimento e Wladimir Moreno conquistaram a medalha de bronze na categoria C-2 500 m da canoagem dos Jogos Pan-Americanos. Eles ficaram atrás apenas dos cubanos Karel Aguilar e Serguey Torres, e dos mexicanos Gilberto Soriano e Jose Quirino , que faturaram o ouro e a prata respectivamente, com os tempos de 1min50124, e 1min5s862.

Juntos, Vilson e Vladimir já haviam conquistado a medalha de prata na categoria C-2 1000 m. Nessa prova, eles fizeram o tempo de 3min49s307 e foram superados também por Karel Aguillar e Serguey Torres, que ganharm o ouro.

Depois da conquista de sexta-feira, Wladimir nascimento declarou que Vilson era a sua alma gêmea para explicar o sentimento de companherismo que une os dois parceiros na canoagem.

"Os jornais estão atacando o governo"

O prefeito Valderico Reis, Mão de Paca, Maudicéia Carvalho e o jornalista Joel Filho estão reunidos, na Pousada Morro dos Navegantes, no Cururupe, neste momento.

O jornalista Joel Filho define se aceita ou não a proposta de assumir a Assessoria de Comunicação Social da prefeitura de Ilhéus. Mas já deu sinais de que fica.

Na reunião, sobram reclamações contra os jornais ("que estão atacando o nosso governo") e contra a 'apatia' de membros da gestão de Valderico.

27 julho 2007

Avião faz pouso de emergência em Ilhéus

Segundo o jornal A Tarde, um fokker MK-28 (adaptação do fokker 100) da companhia Ocean Air fez um pouso de emergência no aeroporto de Ilhéus no início da noite desta sexta-feira, 27.

A aeronave sofreu uma pane no motor direito quando voava de Salvador para o Rio de Janeiro. O fokker teve que fazer uma parada no aeroporto ilheense.

103 passageiros estavam no avião, foram transferidos para hotéis da cidade e só amanhã chegam ao Rio de Janeiro, mas em outra aeronave.

Paulo Ganem "canta" em Buerarema

Sem prestígio em Ilhéus, onde só fala e faz o que Mão de Paca quer, o secretário de Indústria e Comércio, Paulo Ganem, resolveu atacar em Buerarema.

Como vice-presidente da Federação das CDL baianas, Ganem diz que "o processo de implantação do Super Simples em Buerarema está sendo transformado em verdadeiro terrorismo contra os comerciantes, devido à Secretaria de Finanças do Governo Municipal."

Bastidores da política ilheense fervem

A revelação feita por uma assessora do advogado Mão de Paca agitou os bastidores da política ilheense neste sábado.

Segundo o blog Tempero da Bahia, a assessora afirmou no maior bocão para um grupo de amigos que o prefeito Valderico Reis está nas mãos do advogado.

Mão de Paca reuniu contra o prefeito documentos e gravações altamente comprometedores e que se referem a esquemas de corrupção no governo.

No embalo do arrocha

Uma prefeita sul-baiana se meteu em grande confusão em Almenara (MG). Ela foi defender o noivo brigão e acabou também sendo presa. E somente ganhou liberdade após o pagamento de fiança.

Com certeza, pensou que estivesse na Palestina...

Congonhas pode ser aqui.

O blog Tempero da Bahia garimpou um imagem incrível do pouso de um avião da TAM no aeroporto Jorge Amado, em Ilhéus.

Dá uma boa idéia do perigo que corremos.

Lei do Carandiru

Com a saída de Sandra Argolo da Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Ilhéus, cumpre-se uma lei não escrita, mas que vigora plenamente nos domínios de Val:

Art. 1º - Pessoas de boa conduta não são benquistas no governo ilheense.
Prágrafo único: As pessoas que se enquadram no que dispõe este artigo e ainda permanecem no governo serão gradualmente afastadas, de acordo com a conveniência da administração.

Art. 2º - O Centro Administrativo passa a denominar-se oficialmente Complexo Penitenciário do Carandiru, e Ilhéus fica com o nome alterado para Ilhéusu.

Art. 3º - Fica determinado que as disputas entre facções deverão obedecer limites mínimos de civilidade.
Parágrafo único: Nas chantagens, poderão ser utilizados dossiês, gravações, documentos contábeis e outros de natureza semelhante; armas letais de qualquer tipo estão terminantemente proibidas.

Art. 4º - Serão adotadas medidas para que as facções do Carandiru fiquem separadas durante as refeições.

Art. 5º - É vedado o consumo de pitu (o crustáceo).

Art. 6º - Esta lei entra em vigor na data da sua publicação.

Art. 7º - Revogam-se as disposições em contrário.

Um sonha com o outro















Os dois são combativos, inquietos, defensores dos "fracos e oprimidos"... Roberto Rabat manda ver no comando do site R2C Press e Alice Portugal arrepia na Câmara dos Deputados, com a foice e o martelo do PCdoB.

Para Alice, Rabbat seria o militante dos sonhos. E Rabbat também não esconde o seu encanto pela nobre deputada...

Está aí uma dupla explosiva.

Cecília Campos é "cidadã itabunense"

A solenidade de entrega de títulos de cidadão itabunense, hoje à noite, é cercada de polêmica. Você seria capaz de dizer quais os serviços prestados a Itabuna pela lobista Cecília Campos?

Pois é. O título será concedido à Cecília pelo vereador Mílton Gramacho.

A homenageada e nova itabunense era conhecida, nos finais da década de 70, como aliciadora de menores e de índias para a prostituição em Brasília, segundo a revista Veja.

Foi lá, no caliente clima da capital federal, que ela conheceu o prefeito Fernando Gomes.

Charles Henry está preso

Reconhecido como um dos autores de assaltos praticados no final de semana contra postos de gasolina e mercearia, em Itabuna, Charles Henry foi preso pela polícia, junto com Maikon Alisson de Jesus e Juliano Jesus dos Santos.

Segundo o jornal Agora, Charles Henry e os comparsas estavam escondidos numa casa na travessa dos Trovadores, no bairro Santo Antônio. Eles são acusados de roubar R$ 6 mil das vítimas e duas motocicletas. O assalto ocorreu no bairro Lomanto Júnior.

Obs: favor não confundir o Charles da nota com o nosso grande colunista social...

Mais laquê na disputa!

Ex-secretária de governo e articuladora política do prefeito Fernando Gomes, Maria Alice Pereira, se cacifa por debaixo dos panos para ser candidata a prefeita.

A chapa teria como candidato a vice o 'grande' Raimundo do Caixão, diretor do Hospital de Base.

As chances da candidatura vingar são mínimas, mas se depender do laquê e de maquiagem.... tá eleita!...

Fernando Gomes deve se filiar ao PT

Calma, calma... Tudo não passa de vontade de leitores deste blog que votaram na nossa enquete sobre qual destino político deve tomar o prefeito Fernando Gomes depois da morte do senador ACM e da liberação de recursos para a rede de abastecimento de água do município.

Dos 509 votos em menos de uma semana, 430 foram para a opção "filiar-se ao PT". Outros 36, para que Fernando caia nos braços de Geddel Vieira e volte para o PMDB. Apenas 43 querem que ele permaneça no DEMo (ex-PFL).

Você ainda pode votar na enquete que fica no lado superior direito desta página.

Tensão

O secretário de saúde, Jorge Solla, diz que somente assumirá o Hospital de Base caso seja mantida a média anual de repasses para a unidade hospitalar. Hoje, o hospital registra uma queda abrupta de faturamento este ano, em comparação com os seis primeiros meses de 2006.

O prefeito Fernando Gomes ameaça desistir da estadualização. Muito mais por conta das irregularidades no hospital (cometidas pelos seus pupilos), menos pelas exigências de Solla. A negociação é conduzida com a participação do médico itabunense Abelardo Menezes, que integra o alto escalão da saúde no governo baiano.

Alice e Veloso, juntos...

A solenidade de inauguração da unidade psiquiátrica do Hospital Geral, em Ilhéus, marcou o reencontro dos deputados federais Raymundo Veloso (PMDB) e Alice Portugal (PCdoB).

Eles não se falavam há dois meses, quando trocaram farpas pela 'maternidade' do projeto de instalação do Cefet no sul da Bahia.

A disputa, aliás, rendeu momentos de graves ofensas verbais. Veloso classificou Alice de "estúpida" e a deputada comunista retribuiu, chamando-o de "mentiroso".

Competência recompensada

O esforço do diretor-geral Ruy Carvalho para recuperar o Hospital Geral Luiz Viana Filho foi reconhecido pelo secretário estadual de saúde, Jorge Solla.

Na solenidade de inauguração da unidade psiquiátrica do hospital, obra feita com recursos próprios, o secretário anunciou a construção de um moderno pronto socorro de emergência e contratação de novos profissionais para a unidade ilheense.

Ruy Carvalho riu de orelha-a-orelha.

Abaixo, vídeo da solenidade, por Emílio Gusmão.

Eliene ficou sem graça

A secretária de saúde de Ilhéus, Eliene Mascarenhas, foi bastante elogiada pela sua competência a frente do cargo. O elogio partiu do diretor do Hospital Geral Luiz Viana Filho, Ruy Carvalho, que anotou:

- Pena que o chefe (Valderico Reis) não tenha compromisso com nada!

A secretária participava da inauguração da clínica psiquiátrica do Hospital Geral e tinha entre os convidados o secretário estadual de saúde, Jorge Solla.

Desgaste

O prefeito Fernando Gomes, que jura de pé junto que não é candidato, passeava ontem à noite pelo bairro Santa Inês. Em um determinado ponto, resolveu descer do carrão para cumprimentar os moradores.

Testemunhas garantem que o prefeito foi recebido com tamanha frieza, que após a primeira tentativa voltou imediatamente para o veículo oficial.

OAB aceitará bacharéis de instituições em processo de reconhecimento

"A Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Bahia vai aceitar inscrições de bacharéis em direito graduados por instituições de ensino que ainda não estejam com o processo de reconhecimento concluído pelo Ministério da Educação. A medida foi tomada a partir da publicação da Portaria 608, de 28 de junho, pelo MEC, que reconhece em caráter provisório todos os cursos de direito em processo de avaliação.

A partir da publicação da portaria, as instituições estão autorizadas a expedir diploma de graduação desde que já tenha iniciado o processo de reconhecimento. A medida tem finalidade de evitar novos prejuízos para milhares de estudantes em todo o país que estavam concluindo a graduação mas não podiam obter diploma enquanto o reconhecimento oficial não saísse"

(...)

Site da OAB

Estado assumirá Hospital de Base

O secretário estadual de Saúde, Jorge Solla, estará em Itabuna, às 11h, para anunciar ao prefeito Fernando Gomes que o governo baiano assumirá o Hospital de Base.

A proposta de estadualização foi feita pelo prefeito no início deste ano e Solla dará o "sim", caso o município concorde em continuar fazendo aportes de recursos pelo atendimento do SUS.

Antes de dizer "sim", o governo estadual fez duas auditorias e, segundo apurou este blog, descobriu vários causas para o aumento do "déficit" financeiro do hospital (R$ 600 mil/mês), apontado pelo secretário municipal de saúde, Jesuíno Oliveira.

Tem cada coisa de arrepiar... e de fazer o prefeito Fernando Gomes voltar atrás e não aceitar a proposta de estadualização, que, destaque-se, foi sugerida por ele como a "tábua de salvação" do hospital.

Mais detalhes em instantes.

Petardo

"Não se explique, não se justifique, não se desculpe. Aja ou saia. Faça ou vá embora".

Trecho do discurso do novo ministro da Defesa, Nelson Jobim.

26 julho 2007

Vergonha de ser honesto!

"Porto de Campinhos é inviável"

Ex-dirigente da Companhia das Docas do Estado da Bahia (Codeba), Nílton Cruz, disse que o porto de Campinhos, na península de Maraú, é inviável. "A 'boca' de acesso do canal é rasa e o chão, de rochas. Campinhos é inviável porque tem também restrições ambientais", informou.

A afirmação de Nilton ocorreu durante reunião para discutir investimentos no município de Ilhéus, em encontro promovido pelo Sindicato das Indústrias de Eletroeletrônicos e Informática (Sinec). A opinião do ex-dirigente da Codeba anima a economia ilheense, que corre o risco de perder o porto do Malhado.

Confira todos os detalhes da reunião no site de Roberto Rabat, o R2Cpress.

Tá faltando vibração na sua vida?

Renata Granchi
do G1, Rio

Se antes o vibrador ficava escondido no armário ou numa gaveta, agora ele viaja para lugares antes nunca imaginados. Usuárias do apetrecho confessam que não há porque ter vergonha de ser feliz e que se o cachorro é o melhor amigo do homem, "o vibrador é o da mulher”.

A publicitária Paola de Castro, de 44 anos, é uma das adeptas do vibrador. Solteira, ela confessa que já usou o vibrador para combater o medo de andar em avião.

“Tinha que ir a São Paulo para dar uma palestra. Aí, levei o vibrador na minha mala de mão para poder segurá-lo tanto na aterrissagem como na decolagem, para me acalmar. Fiquei segurando ele dentro da bolsa”, conta.

Antes de embarcar no avião, ainda no aeroporto, tirou de letra uma situação embaraçosa.

Quando passei pelo raio-X, disse: 'cuidado porque aí tem uma coisa que você vai gostar muito de ver'. Fiz de brincadeira, claro, mas o agente respondeu: 'Que isso madame. Não gosto disso, não'”, conta ela, às gargalhadas.

A publicitária usa há quatros anos o modelo rabbit, o campeão de vendas de todos os sex-shops depois que o seriado americano Sex in the City o tornou famoso. No episódio da série, uma das personagens deixa de sair de casa e desiste dos homens por causa desse vibrador.

Vibrador no Pan

Segundo a gerente-comercial de uma butique erótica, Karen Carneiro, as vendas do rabbit voltaram a crescer depois que o raio-X da segurança da Vila do Pan pegou um vibrador na bolsa de uma mulher da delegação brasileira, conforme nota publicada na coluna de Ancelmo Góis, do jornal 'O Globo'.

Ela diz que o vibrador é muito procurado também porque é o único pênis que não trai. “É só meu. No rabbit, eu posso confiar”, brinca. Perguntada se as mulheres sentem vergonha de entrar na loja, ela responde: “Não. Ninguém treme mais para comprar. Hoje todo mundo compra pra tremer”.

Esconde-esconde

Depois de se negar a assinar a notificação judicial do caso que envolveu o radialista Robério Menezes, Disney Oliveira, da rádio Nacional, complicou ainda mais a situação da emissora.

Robério Menezes move processo em que pede reparação de danos morais e materiais contra a emissora, que retirou o radialista do ar e a programação esportiva, terceirizada por Disney à Menezes Publicidade.

A emissora praticamente perdeu o prazo de defesa, esgotado ontem, no processo 1575306-0/2007, movido por Robério. O contrato foi rompido unilateralmente, segundo acusa Robério, que pede uma indenização total de R$ 100 mil.

Escritório de Veloso pega fogo

Troca de acusações entre antigos assessores e o filho do deputado federal Raymundo Veloso teriam esquentado o clima no escritório político do parlamentar, no centro da cidade.

Márcio Veloso, o filho, teria ficado irritadíssimo com a revelação, por parte deste Blog, dos baixos salários oferecidos aos assessores do pai. Hoje, o clima esquentou de vez e houve demissão em massa de cabos eleitorais.

Antes de acabar com a reunião de apenas dois minutos, disse que poderiam "falar mal" dele e do pai. "Não me incomodo com isso", teria afirmado.

Femuni adiada para maio

A Amurc e parceiros decidiram adiar para maio do próximo ano a primeira edição da Feira dos Municípios e a I Expolate. A feira aconteceria em setembro, no centro de convenções de Ilhéus. A Femuni terá novo formato e a parceria de órgãos federais e estaduais.

A novela

O radialista Walter Machado declinou do convite, o colega Elias Reis até se anunciou novo titular da assessoria de comunicação social da Prefeitura de Ilhéus, mas quem deverá assumir o cargo é o jornalista Joel Filho.

Ele foi indicado por Walter e contatado pelo advogado Mão de Paca. Joel pode definir, ainda hoje, se assume o cargo. Antes de todos estes nomes, ainda surgiu o do lobista grapiúna Josias Miguel.

São tantas as inaugurações...

O prefeito Fernando Gomes e comitiva se dirigem, daqui a pouco, para o bairro Conceição, onde vão inaugurar o conjunto semafórico no cruzamento da rua Hercília Teixeira com a Félix Mendonça.

Até um trio elétrico foi contratado para a festa de inauguração do semáforo.

Definitivamente, Itabuna chegou ao fundo do poço.

Ou não...

Em Ilhéus, a voz da rua não é rouca... É muda!

O comunicador Vila Nova voltou hoje com a carga toda ao rádio de Ilhéus. Agora na rádio Santa Cruz, ele mantém a campanha de denúncias contra o governo Valderico Reis e sugere ao povo que vá às ruas exigir o afastamento do prefeito.

Nesse ponto, o desejo do radialista esbarra na histórica omissão de uma expressiva parcela do povo ilheense. Tire-se como exemplo o episódio da mudança da prefeitura para o Carandiru. A mesma pesquisa que apurou insatisfação de 84,4% com o governo revelou que 48% do povo de Ilhéus tem pouco ou nenhum interesse pelo assunto.

Questionados se participariam de uma passeata para cobrar o retorno da prefeitura ao centro da cidade, 47% responderam algo equivalente a "prefiro ficar em casa, assistindo Vale a Pena Ver de Novo".

Política, só de sacanagem


Se você concorda que política é pura sacanagem, permita-se conhecer melhor o 'outro lado'.

Confira um site baiano irreverente que não 'perdoa' ninguém e coloca os políticos (?) no justo e devido lugar: http://www.oaranha.com.br/

Vereadora se afasta... Acordo à vista?

A vereadora Maria de Lourdes, de Ilhéus, sofreu com a vingança do governo, que não perdoou a sua adesão ao bloco dos que pediram o afastamento do prefeito Valderico Reis. Justo ela, que durante os dois primeiros anos da administração foi aliada fiel.

Claro que a insatisfação da nobre representante do povo ilheense era a mesma de outros vereadores da antiga base: o atraso dos repasses normais para a Câmara (duodécimo) e outras atenções sonegadas pelo Executivo.

Depois da rebeldia, Maria de Lourdes teve a tristeza de ver todos os seus apadrinhados serem demitidos do governo. Até mesmo sua filha, em um ato de suprema crueldade cometido por Val, foi sumariamente exonerada...

Humilhada, abalada, asfixiada, deprimida, Maria de Lourdes entrou esta semana no Carandiru. Acompanhada pela filha demitida, penetrou na sala do secretário de Transportes, Guilherme Scofield, segundo contou o blog Tempero da Bahia. Chegou triste e saiu sem graça, mal conseguindo conter o sorriso amarelo.

Depois dessa visita agendada pela providência divina, Maria de Lourdes preparou um pedido de afastamento do legislativo ilheense, por 30 dias (serão prorrogáveis???). Em seu lugar, assumirá o suplente Tarcísio Santos da Paixão, um servidor público que disputou eleição pelo PTdoB e somou 1.486 votos em 2004.

Não se sabe se a saída é estratégica e se foi planejada no Carandiru, mas a seqüência de atos é significativa. Em breve, saberemos de tudo...

IP dinâmico

A enquete sobre qual destino deve tomar o prefeito Fernando Gomes estimulou a participação de um notável grupo de esquerda. Que resolveu despejar votos em uma das três opções. Entre continuar no DEM, ir para o PMDB ou filiar-se ao PT, os meninos sugerem ao prefeito fazer companhia ao deputado federal Geraldo Simões.

Neste momento, a opção filiar-se ao PT tem mais de 80% dos votos.

O que não faz um IP dinâmico, né?

25 julho 2007

Vê se aprende, Jesuíno!

O médico Ruy Carvalho bem que poderia dar uma consultoria aos dirigentes da saúde em Itabuna, em especial aos dirigentes do Hospital de Base.

Há menos de 90 dias, Ruy assumiu a direção do Hospital Geral Luiz Viana Filho, fez economias e com recursos próprios reconstruiu a unidade psiquiátrica da unidade hospitalar, investindo R$ 100 mil. Na próxima sexta, o secretário estadual de saúde, Jorge Solla, vem a Ilhéus para inaugurar a unidade, junto com Ruy.

O exemplo deveria ser seguido pelo Hospital de Base. A unidade não tem como explicar vários gastos em saúde, a estrutura física está sendo sucateada e médicos pedem demissão por falta de salário e de condições de trabalho.

Briga de foice na Rede Bahia

O mercado prevê uma briga de foice pelo comando da Rede Bahia. De um lado, a família do senador Antônio Carlos Magalhães e, do outro, Cezar Mata Pires, genro de ACM e dono da Construtura OAS.

Cezar Mata Pires acredita que chegou a hora da onça beber água e quer 'cobrar' os investimentos feitos nas empresas da rede (emissoras de tevê e rádio e jornais). Em bom português, quer assumir, de fato e direito, o controle da rede.

Frigorífico Hospital de Base

Quem entende do riscado diz que o Hospital de Base poderia, facilmente, ser transformado em frigorífico municipal.

E olhe que não é pelo alto índice de óbitos.

84% reprovam Valderico Reis

Uma pesquisa encomendada pela Associação Comercial de Ilhéus detectou que 84,4% dos ilheenses desaprovam a administração do prefeito Valderico Reis. A aferição foi feita pelo respeitado instituto Sócio-Estatística.

Além da avaliação sobre o governo, a pesquisa apurou a opinião popular com relação à mudança da sede da Prefeitura, do nobre Palácio Paranaguá para o insalubre Carandiru. 72,2% consideram a alteração negativa para a cidade e 77,1% apontam o novo prédio como inadequado para as instalações do centro administrativo.

Outros dados: 81% dos entrevistados desconfiam do argumento de que a mudança da Prefeitura se deve à preocupação com a economia gerada pela reunião das secretarias e 90,9% dos ilheenses condenam a forma isolada como o prefeito decidiu o assunto, sem ouvir a Câmara de Vereadores e a sociedade civil organizada.

No meio da saraivada de números negativos para o governo, sobrou também para a Câmara de Vereadores. Apenas 7,5% das pessoas consultadas têm uma percepção positiva do trabalho do legislativo municipal.

'Carlistas' no controle do Estado

O governador Jaques Wagner completará sete meses, 210 dias no cargo e, apesar do tempo, não conseguiu imprimir uma marca à sua gestão.

Um mapeamento indica que 90% dos cargos de confiança de secretarias como educação e indústria e comércio ainda são ocupados por 'carlistas', essa espécie em extinção.

Wagner tem que parar de viajar, colocar os pés-no-chão e azeitar a máquina para o governo andar. Uma dessas engrenagens enferrujadas é a Bahiapesca, que em Ilhéus tem no comando antigos carlistas.

Sem medo

Dá inveja.

Em Ilhéus, o Ministério Público é bastante combativo.

“Vendedores” de licitação denunciados pelo MP

O Município de Ilhéus e duas empresas fornecedoras de combustíveis estão sendo acusados pelo Ministério Público estadual de manipular licitações para favorecer a empresa Gabriela Veículos Ltda., de propriedade dos filhos do prefeito municipal Valderico Luiz dos Reis.

O MP requer à Justiça a nulidade das licitações, que valiam respectivamente R$ 650 mil e R$ 2,5 milhões, e a condenação dos réus ao ressarcimento dos danos aos cofres públicos.

“Contratos vultuosos do Município de Ilhéus foram assinados para beneficiar interesse particular e próprio dos familiares do chefe do Executivo, seja através de fictícia tomada de preços, com um único participante, seja através de concorrência direcionada a pessoa jurídica com vínculos estreitos para uma das empresas deles”, denuncia a promotora pública Karina Cherubinni.

Confira a reportagem na íntegra no site do Ministério Público Estadual

Deixa o homem descansar

Reportagem especial do jornal Valor Econômico sobre os destroços do carlismo revelam que as visitas ao jazigo do senador que comandou a Bahia com mãos-de-ferro por mais de quatro décadas está abaixo do esperado.

O jazigo está localizado no Campo Santo, em Salvador. Segundo a reportagem, o número de visitante é apenas 20% do esperado. As homenagens de populares no velório e no enterro de Antônio Carlos Magalhães, diz o jornal, "foram bem menores que as registradas no sepultamento de Luís Eduardo Magalhães, seu filho, morto em 1998".

O Valor Econômico contabiliza que menos de 10 mil pessoas passaram pelo velório do senador, na noite de sexta e todo o dia de sábado, enquanto outras 60 mil prestaram suas homenagens a Luís Eduardo, em 1998.

24 julho 2007

Elias Reis assume Ascom em Ilhéus

O radialista Elias Reis assumiu hoje a Assessoria de Comunicação Social da prefeitura de Ilhéus.

Elias fez oposição ao governo por muito tempo, mas aceitou a vaga após conversas com Valderico Reis e o advogado 'Mão de Paca'.

Mais detalhes em instantes.

Radialista fura o cerco de Mão de Paca

Desde que deixou de ser algoz e se transformou no mais diligente seguidor do prefeito de Ilhéus (na verdade, não se sabe quem segue quem...), o advogado Mão de Paca tem promovido uma perseguição feroz a todos aqueles que se opõem ao governo de Valderico Reis.

Sua principal vítima, além do povo como um todo, foi o âncora do programa Tabuleiro, Erivaldo Vila Nova, demitido da Rádio Bahiana em uma orquestração feita por Mão de Paca. Convencida por muitos motivo$, a direção da emissora desfez-se do seu programa de maior audiência e, no lugar, colocou um radialista do batalhão de choque do prefeito.

Fora do ar, Vila Nova também teve o seu espaço vetado em outras rádios. A forte operação montada por Mão de Paca abrangeu praticamente todas as emissoras da cidade e o jeito para o radialista foi manter O Tabuleiro na internet.

Nesta terça-feira, porém, a sorte mudou e a Rádio Santa Cruz assinou contrato com Vila Nova. Segundo fontes do blog, dois fatores pesaram na decisão do empresário Hamilton Fontes, diretor da emissora: a difícil relação com Mão de Paca e o descumprimento de acordos.

A partir das 7 horas desta quinta-feira, O Tabuleiro estará no ar na Santa Cruz.

Para desespero dele, o Doutor Mão de Paca...

Bala na agulha

A campanha eleitoral de 2008 em Itabuna promete ser uma das mais caras da história.

A fase ainda é de definição de nomes, mas um dos pré-candidatos promete gastar R$ 10 milhões na campanha. E 'inundou' a cidade com outdoors promocionais.

Segura o bolso, eleitor!

Pesquisa

"Soluço. Existe pesquisa na praça, pós-vaia e pós-Congonhas, registrando recuo na popularidade de Lula. Nada radical. Um tropeço."

Painel (Folha de SP)

Mais um email falso

"Um e-mail que circula na internet sobre a ação de ladrões em bares e restaurantes de Salvador, enviado em nome da Policia Militar, é falso, segundo informou a Secretaria de Segurança Pública (SSP) nesta segunda-feira, 23. A correspondência eletrônica alerta sobre jovens bem-vestidos que se passam por clientes para roubar veículos e outros pertences de freqüentadores de barzinhos.

No final do texto, supostamente enviado pela central de atendimento 190 da PM, há uma recomendação para que a mensagem seja encaminhada para o maior número possível de pessoas. A mensagem é, na verdade, um e-mail falso. De acordo com a SSP, a Central de Telecomunicações da Polícia Militar (Centel), órgão citado no e-mail, não foi autora da mensagem e também não há registros desse tipo de assalto."

A Tarde

Utilidade pública: Emails desse tipo podem conter vírus. Evite reenviá-los.

No PMDB não

"O deputado Capitão Fábio disse ontem (23) na redação do Diário do Sul que não há qualquer possibilidade de Fernando Gomes ir para o PMDB.
Ele considera boatos as informações de que o prefeito itabunense será seu futuro companheiro de partido.
Argumenta o deputado: Fernando não significa o novo."

Diário do Sul

23 julho 2007

Depois das lágrimas


Ricardo Ribeiro
ricardo.ribeiro10@gmail.com

As lágrimas do deputado ACM Neto representaram nada mais que o lamento sincero de quem acompanhou sofrimento de um avô, presença forte em sua vida e farol de sua carreira.

Ouso dizer, porém, que a tristeza do jovem parlamentar está restrita às lembranças de família. Se for ultrapassada essa fronteira estritamente privada, a dor cede lugar a uma percepção bem nítida: a morte do líder do carlismo significa o fim de um obstáculo à própria sobrevivência do DEM e, por conseqüência, do político ACM Neto.

O senador ACM comandou a política baiana com mão de ferro durante 40 anos. Ele não conquistava aliados, agregava por imposição. O homem que gostava de dizer “eu não sou teimoso; teimosos são os que teimam comigo” foi se tornando sobrevivente de um estilo de fazer política ultrapassado.

Quando Paulo Souto perdeu a eleição para Jaques Wagner, o senador ACM apressou-se em dizer que a derrota era única e exclusivamente do ex-governador. Para muitos, entretanto, o que houve foi uma reação do povo baiano aos grilhões enferrujados do carlismo.

Amigo dos amigos e inimigo implacável de quem dele discordasse, ACM acumulou desafetos e impedia alianças naturais do seu partido dentro da Bahia. Se nacionalmente, o ex-PFL era sempre parceiro do PSDB, por aqui a guerra entre o senador e Jutahy Magalhães não permitia a união.

Ultimamente, o grupo carlista ensaiava aproximações com outras legendas, mas a figura de ACM seria sempre uma pedra no caminho. Ele aceitaria abrigar-se no PMDB e seguir as diretrizes do inimigo Geddel? Difícil de acreditar.

Como sigla partidária própria, ACM era como uma mãe severa, que tranca a filha em casa para impedi-la de namorar. Agora, o DEM já discute como realidade palpável uma dobradinha com os tucanos em 2008. Pode também ampliar o namoro com o PMDB, paquerar com o PDT e... Bem, deixemos para a imaginação do leitor o que poderá fazer com o PT.

Ricardo Ribeiro é jornalista e bacharel em Direito.

Pé de meia?

Curiosa e ambígua a frase escolhida pelo empresário ilheense Jamil Ocké para compor uma peça publicitária com viés nitidamente pré-eleitoral.

Sobre uma foto sua, com a imagem de uma bela praia em segundo plano, Jamil tascou: "À espera de um futuro bom".

Este blogueiro ficou na dúvida: o tal futuro bom seria o do próprio empresário?

Briga do Poderoso Dirceu com A Região repercute nacionalmente

A ação judicial que o ex-ministro José Dirceu move contra o Jornal A Região repercutiu hoje na coluna política do jornalista Cláudio Humberto:

"O jornalista Marcel Leal (foto), editor do valente semanário A Região, de Ilhéus (BA), tomou um susto ao ser intimado a defender-se num processo em que o poderoso ex-ministro José Dirceu exige R$ 400 mil de indenização por "danos morais". Dirceu se queixa de um artigo escrito em 2005 por Leal sobre o assassinato do ex-prefeito de Santo André (SP) Celso Daniel (PT). O ex-ministro, que foi cassado pela Câmara e responde no Supremo Tribunal Federal a acusação de chefiar a gangue do mensalão, alega em sua queixa que o artigo do jornalista de Ilhéus "influenciou toda a imprensa nacional", repercutindo "de forma intensa, diariamente". "Dá para relaxar e gozar?", pergunta o editor do semanário."


Cláudio Humberto

O mundo é injusto...

Esse mundo não prestigia os esforçados, aqueles que se desdobram de sol a sol para garantir o sustento. É mais cruel ainda com quem abre mão de zelar pelos próprios interesses para cuidar do bem-estar da comunidade.

Vejam que, enquanto Pai Valderico quebra pedra no Carandiru, enfrentando magarefes e Mãos de Paca, o filhinho Júnior, com o privilégio que Deus lhe deu, diverte-se na deslumbrante paisagem de Angra dos Reis-RJ. Em pleno paraíso, ele pilota uma lancha e outras belas "máquinas" de alta potência.

Morram de inveja, pobres mortais de Ilhéusu!

Gustavo pode ficar tranquilo na Ceplac!

O diretor-geral da Ceplac, Gustavo Moura, pode ficar tranquilo. O renomado pesquisador Gonçalo Pereira disse que não tem qualquer interesse em ocupar cargos na Ceplac.

Gonçalo disse que seus "esforços estão concentrados na organização da associação dos produtores de cacau e no desenvolvimento de propostas para efetivamente equacionar o problema da cacauicultura".

Resta saber se os demais produtores estão dispostos, realmente, a "quebrar o ciclo do fungo" da vassoura-de-bruxa, o "ciclo da paralisia".

Era uma dupla do barulho!

ACM e Zé Arruda, no Senado Federal, adoravam
'brincar' com o painel de votações.
Olha a expressão dos traquinos...

Arrombando a porta

O prefeto Fernando Gomes não está prosa.

Agora, espalha que goza da mais ampla e irrestrita amizade do ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima.

- Ele disse que quando eu ir a Brasília, não preciso marcar audiência. É só meter o pé na porta (do gabinete).

E com Lula, o nível é outro:

- Ele disse que as obra viriam com Geraldo Simões. Ele perdeu, mas a cidade num ia ficar sem obra.

Fernando inova

A programação de aniversário de Itabuna está uma piada.

Na falta do que inaugurar, o prefeito Fernando Gomes fará duas vistorias às obras de construção da quadra poliesportiva da escola Lourival Ferreira, em Ferradas.

Uma na quinta, dia 26, às 11h30min, e outra no dia de aniversário da cidade, dia 28, às 14h30min.

É campeão.

Confira a inovação do prefeito, clicando aqui.

Aranha não perdoa!

Confira em www.oaranha.com.br

Uesc bloqueia acesso ao Pimenta

O reitor da Uesc, Joaquim Bastos, aproveita para descansar e preparar sua plataforma de campanha - sim, este ano é de eleição na universidade.

Enquanto Joaquim Bastos passeia e curte férias, a reitora em exercício, Lourice Salume Lessa, acaba de ordenar o bloqueio de acesso ao Pimenta na Muqueca.

Não sabemos o motivo, mas especulamos que a censura se deva às críticas deste blog ao trabalho da Uesc - e a mentiras divulgadas nos últimos dias.

A academia parece não sobreviver com a crítica.



A dúvida e as dívidas

A recém-criada associação de produtores do cacau está na dúvida sobre qual bandeira levantar primeiro: a renegociação das dívidas ou pressão para liberar os recursos do PAC do Cacau.

Uma idéia, também, é a eleição de um deputado federal exclusivamente para brigar pela cacauicultura e os seus produtores.

Aí é que a coisa, pega, senhores...

Pacote vazio

Alguém saber dizer quais as obras que serão inauguradas no dia da cidade?

O dia 28 de julho se aproxima e o que se vê é apenas uma praça sendo "reformada" às pressas. Aliás, o prefeito Fernando Gomes notabiliza-se neste mandato como 'pintor'.

O que ele vem pintando de meio-fio e ponte não tá no gibi, e ameaça entrar para o Guiness Book.

A falta de originalidade é tamanha, que ele até deu para reformar praça.

O fim dos papa-jaca

Reportagem do A Tarde/Rural desta segunda-feira traz uma notícia triste para os sul-baianos e o itabunense em especial: a possível extinção da jaqueira.

O homem descobriu que este tipo de árvore da excelente madeira para fabricação de móveis e embarcações. Aí, já viu, né?

Não demora muito e deixa de existir o famoso papa-jaca. Pior é que o caranguejos também estão se tornando raros por aqui, também graças à ação nefasta do homem, que destrói nossos manguezais, ou aterrando estas reservas ou poluindo. Periga não sobrar papa-caranguejo também.

Triste fim...

Encruzilhada baiana

"Os caminhos dos desafetos ACM e Waldir Pires se cruzaram no último momento: enquanto o cacique baiano agonizava, Pires enfrentava seu eclipse no Ministério da Defesa."

Cláudio Humberto

Parlamentares baianos estão em 5º lugar na lista dos mais influentes

A lista dos 100 parlamentares mais influentes do Congresso Nacional, elaborada pelo Diap, traz seis nomes da Bahia. Isso dá ao estado o quinto lugar no ranking nacional, à frente de unidades da federação como Minas Gerais e Santa Catarina.

São Paulo está em primeiro lugar, com 20 parlamentares na relação dos mais influentes. Em seguida, vêm os deputados e senadores eleitos no Rio Grande do Sul e em Pernambuco.

Como já divulgado aqui, a lista dos parlamentares baianos mais influentes traz os nomes do falecido senador Antônio Carlos Magalhães (DEM) e dos deputados federais Sérgio Carneiro e Walter Pinheiro (PT), ACM Neto e José Carlos Aleluia (DEM) e Jutahy Júnior (PSDB).

Em Porto Seguro, avião da TAM apresenta defeito e não decola

"Um avião Airbus A320 da TAM (vôo 3459), que saiu de Salvador na manhã deste domingo com destino ao aeroporto de Congonhas, em São Paulo, não prosseguiu a viagem depois de pousar em Porto Seguro para uma conexão.

A aeronave devia partir às 11h55 em direção à capital paulista, mas apresentou "problemas técnicos" no momento da decolagem e precisou passar por uma manutenção não-programada, segundo funcionários da companhia.

Empregados da TAM no aeroporto de Porto Seguro, porém, não souberam precisar que tipo de defeito foi identificado na avião, que transportava 157 passageiros. A TAM chegou a informar que eles embarcariam em outra aeronave às 16h, o que não ocorreu. Ao invés disso, o vôo foi reprogramado para as 4h30 desta segunda, e os passageiros foram hospedados em dois hotéis da cidade, o Vela Branca e o Chalemar."

A TARDE ONLINE

22 julho 2007

Tudo a lamentar!

Zelão!

Sêo Pimenta e meus caros “eleitores”, se vocês nunca viram alguém frustrado, eis aqui um!... Estou e não nego.

Por toda vida, vivi na esperança de que um dia, nem que fosse por quinze segundos, viveria a glória da fama. Mas a vida me tem sido madrasta. Vejam só se não tenho o direito de “chiar”:
- Nasci de pai pobre. Quando meu genitor se foi, fiquei “como_herdeiro” das dívidas que ele havia contraído.

- Por extrema burrice, casei com “mulher pobre”. O meu ex-sogro se dizia “fazendeiro de cacau”, e eu pensava que “herdaria os frutos de ouro”. Tolice! A burara que o velho deixou tava penhorada a um exportador.

- Tenho trabalhado feito um condenado e nem consigo pagar o INSS, pra ter uma aposentadoria no fim da vida.

A última coisa que me restava era o dia 20 de julho, dia do meu aniversário. Ao menos nesse dia eu era lembrado pelos filhos, pela mulher, irmãos e uns bem poucos amigos. Pois, pasmem! Justo no “meu dia” ACM, em um último gesto de perseguição, escolheu para morrer – isso não foi nada justo.

Agora tenho a certeza, que nem mesmo nesse dia serei mais lembrado, porque está data será lembrada, daqui por diante, como o dia da morte de ACM. Tiraram-me o último resquício de importância nessa vida miserável.

Sei que ao lerem estas “mal escritas linhas” ainda haverá quem tripudie da minha desdita. Haverá quem ainda zombe da minha insignificância histórica. Muitos, e não serão poucos, irão sorrir e, entre dentes, dirão baixinho: - Bem empregado! Eu, pobre coitado, não serei mais lembrado nem mesmo em vida.

Agora, só me resta uma única e última esperança. Que algum advogado amigo se faça “autor dativo” de uma ação judicial para modificar na minha certidão de nascimento, a data de quando cheguei a este mundo, que passará a ser qualquer uma outra dentro do signo de câncer. Daqui, apelo a algum dos nobres doutores da lei para que me façam este ato de piedade cristã.

Peço que não encarem este meu gesto como tresloucado. Pode ser até louco ou demente. Porém está eivado de justiça. Por favor, alguém me atenda.

Desesperadamente,

Zelão (o injustiçado!)

"A tragédia anunciada do cotonete"

Gilberto Dimenstein
_______________________
A relação entre saúde e educação é mais óbvia do
que a ausência de ranhuras na pista de Congonhas

UM DOS MOTIVOS DA dificuladade de aprendizado de crianças e adolescentes é a baixa audição provocada pela cera acumulada no ouvido. Apenas um cotonete faria um milagre: devolveria-lhes a audição. Essa descoberta foi feita pelo professor de otorrinolaringologia da USP (Universidade de São Paulo) Ricardo Bento depois de realizar, em várias regiões do país, mutirões de saúde.

Estima-se que 18% da população brasileira sofra de problemas auditivos, causados, em parte, pela falta de hábitos rudimentares de higiene.

Para centenas de milhares de crianças e adolescentes, esse detalhe significa não conseguir ouvir direito (ou nem ouvir) o professor.

O milagre do cotonete mostra como o cotidiano brasileiro é feito das mais diferentes modalidades de tragédias anunciadas. Quando a discussão sobre as irresponsabilidades públicas e privadas atinge as elites, como o caso das mortes em Congonhas, vemos um enorme barulho -o que, obviamente, é o certo. Para as tragédias anunciadas dos mais pobres, o barulho é bem menor, revelando uma surdez.

Para ler a coluna dominical de Dimenstein, na Folha, clique aqui.

A sucessão 2008

Baseado em sua experiência de décadas de analista político, o jornalista Eduardo Anunciação resolveu arriscar sobre como estaria, hoje, o quadro sucessório municipal em Itabuna. Os números estão na coluna de final de semana do Diário do Sul, ainda não disponível na edição on-line da publicação. Eis os palpites de Gaguinho:

Geraldo Simões 31%
Fernando Gomes 16,2%
Fábio Santana 14%
Ubaldo Dantas 5,8%
Renato Costa 5,8%
Edson Dantas 4%
Capitão Azevedo 3%
Luís Sena 2,2%
Acácia Pinho 1,2%
Edmon Lucas 0,5%
José Adervan 0,2%

Os números, mais que um exercício de futurologia, são exatamente os mesmos que um instituto de pesquisa de Salvador apurou há poucos dias. O resultado mostra um grande crescimento do prefeito Fernando Gomes em relação a um levantamento feito pelo instituto mais respeitado do sul da Bahia.

O circo vai pegar fogo. E erra quem aposta que FG fugirá da raia.

Frustração

As más-línguas davam como certo o retorno do prefeito cassado José Bomfim ao comando da prefeitura de Barro Preto, no final de semana.

Um trio elétrico e uma banda foram contratados para a festa na cidade.

A frustração se deu pela ação rápida de cabeças 'iluminadas' em Salvador.

Desconfiança mútua

Nos bastidores, não se comenta outra coisa que não seja o acordo entre o deputado estadual Capitão Fábio e o secretário estadual de agricultura, Geraldo Simões.

O acordo olímpico de revezamento de poder mira as eleições municipais do próximo ano.

O problema é a desconfiança mútua que rege as relações entre os políticos e esta não foge à regra. Geraldo confia desconfiando. E o capitão, idem.

Geddel, rápido no gatilho

Ricardo Ribeiro


O ministro Geddel Vieira Lima não faz rodeios. Ele vai direto ao assunto e toca na ferida sem sutilezas. Sobre a morte do senador Antônio Carlos Magalhães, Geddel foi lacônico no lamento e direto no prognóstico: "o momento é de esperança e de olhar para o futuro". Ou seja, o homem não perde tempo nem em velório.

Geddel Vieira Lima tem tudo para ser, de certa forma, o herdeiro político de ACM. O sucede no pragmatismo, na agilidade, no fazer política sem tergiversações, na prática da cooptação e até mesmo em algumas malvadezas.

O ministro encontrou um PMDB esmaecido e o transformou numa força política expressiva. Movimenta-se com rapidez, conquistando novos espaços e atraindo antigos carlistas que não suportaram a orfandade do poder. Com habilidade, ele também agrega forças de outras vertentes, a exemplo do prefeito João Henrique, que saiu do PDT e foi para o PMDB.

Petistas enciumados assistem com medo e espanto a essa movimentação frenética. Temem que o PMDB esteja construindo a pista que venha a lhe assegurar preferência nas futuras decolagens eleitorais.

O problema do PT é a letargia, a demora, é ficar na janela enquanto a banda passa. O partido ainda sofre com uma estrutura burocrática de repartição pública, enquanto a Geddel S/A é uma companhia ágil, com engrenagens azeitadas e, principalmente, com alguém no comando.

Política, como se diz, é a arte de ocupar espaços. E no cenário político baiano surgiu uma enorme lacuna a ser preenchida, com a morte do senador ACM. Como não vivemos em uma monarquia, a sucessão não obedece a um critério de sangue, portanto a disputa está aberta. Quem vencerá?

O vencedor será, obviamente, aquele que melhor se movimentar nesse tabuleiro de xadrez. Será também aquele que conseguir a proeza de transitar nos mais diversos setores políticos, com um discurso na ponta da língua para agradar a todos eles. E, além de tudo isso, se comandar uma legenda que está vinculada ao poder reinante, mas mantém a porta aberta para os velhos "inimigos", derrotados e sedentos, aí não tem jeito.

No folclore político baiano, muito se usou a sigla G.F., cujo significado é por demais conhecido no meio. O que não se sabia é que essas duas letrinhas teriam outro sentido, bastante apropriado:

Geddel Feliz.

Ricardo Ribeiro é jornalista e bacharel em Direito

21 julho 2007

Adeus ao “painho” da Bahia!

Gerson Menezes


Tem gente que passa pela vida sem deixar marcas. Outras, pelo contrário, são justamente as marcas que delineiam os seus caminhos. Uns até exultam por se fazerem despercebidos. Outros, porém, não sabem viver sem serem vistos.

Aos 79 anos, morreu Antônio Carlos Peixoto de Magalhães. Ninguém como ele soube conciliar amor e ódio, quase em uma simbiose perfeita. Poucos souberam viver tão intensamente pelos caminhos que escolheu. Também, poucos iguais a ele souberam valorizar tão intensamente as suas conquistas e vitórias. Ou amar tão extrapoladamente o povo da Bahia e por ele ser amado, como se fosse um culto místico. Para uns, sacerdote. Para outros, a encarnação do mal.

De um extremo ao outro das virtudes humanas, ACM foi invejado, temido, respeitado e odiado. Combateu com destemor, todos os bons e os maus combates que se interpuseram na sua vida. Forte e dominador para com os amigos, era capaz de gestos de ternura que ninguém poderia supor. Protetor e carrasco, fazia as suas próprias leis, nem sempre justas. Mas, a seu ver, sempre oportunas. Fez-se dono do seu próprio destino e condutor dos destinos de muitos outros.

Hoje, ao morrer, é pranteado nos terreiros do candomblé e nos templos da fé cristã. Por ele, hoje dobram os sinos das igrejas em despedida ao devoto do Senhor do Bonfim, e soam os atabaques que saudosos reverenciam ao – Painho da Bahia, filho de Oxossi.

Cala-se uma voz autoritária e controversa no Senado Federal. Silenciosamente, como se o temessem mesmo depois de morto, os seus adversários políticos e inimigos pessoais se calam em um misto de alívio e temor do amanhã sem a sua presença.

Não teve a paciência de aguardar que após sua morte os historiadores escrevessem a sua história – o fez com as próprias mãos, com as tintas que ele mesmo escolheu. Deixou para a posteridade um legado de atitudes e ações. Nunca, porém, de omissões. Soube sempre escolher os adversários, o terreno e as armas onde e com as quais travou suas batalhas. E mesmo tendo sido vencido em algumas delas, nunca abandonou as armas, nem assinou a rendição.

Partiu ACM para a sua última viagem. Deixou um legado político - sem deixar herdeiros nomeados - cujo destino é incerto. Dificilmente surgirá na Bahia alguém que possua o carisma, a força e a sua determinação, e que seja capaz de conduzir como a um rebanho, os filhos órfãos do estilo que deriva do seu pré-nome: o carlismo. Por quase um século viveu. Por certo, por mais de um século o seu nome será lembrado.

Nunca fui “carlista”. Mas aprendi a admirar, justo pela discordância, o homem político que ACM soube ser para a Bahia e o Brasil. Agora, em um gesto último me despeço, na forma que ele sempre gostou de ser lembrado: - Adeus “Painho da Bahia”!

Gerson Menezes é publicitário

Fora do ar

O vereador Roberto de Souza está há quatro semanas sem poder apresentar o programa Resenha da Cidade, na rádio Jornal.

Todos os sábados, e na hora do programa campeão de audiência no horário das 10h às 12h, o diretor da emissora, Duda Poly Rodas, tira a rádio do ar para "fazer manutenção" no parque de transmissores, no microfone que falha, na cadeira rasgada, no piso do estúdio, na rampa de acesso ao estúdio, na linha telefônica...

Uuufffffa!

Encomenda apimentada

A voz do dono?
O estilo e o conteúdo de certas notas do blog Pimenta na Moqueca está tão cheio de DNA do Diário dos Gomes que um visitante achou que se trata de um laranja. Não fosse pelas notas "ácidas" contra Cuma...

Campanha
Uma das notas, que segue a "campanha" do DG contra o superintendente da Ceplac Gustavo Moura, gerou irritação nos produtores da Lista Cacau, que ficaram em pé de guerra. O blog botou pimenta.

As notas acima foram publicadas na edição da Malha Fina, do jornal A Região deste fim de semana. Claro que as notas têm muito dendê e pouca pimenta.... Vai causar desarranjo intestinal em Gustavinho, coitadinho...

No mais puro estilo Toninho Malvadeza

A boa amizade entre ACM e Roberto Marinho...

Lula divulga nota sobre a morte de ACM

'Quero manifestar meus sentimentos à família, aos amigos e correligionários do senador Antônio Carlos Magalhães. O Brasil sabe que estivemos muitas vezes em campos opostos na política, mas tenho para mim que a verdadeira democracia é feita de divergências, não de inimizades'

Luiz Inácio Lula da Silva
Presidente da República

Brasília - DF, 20 de julho de 2007

20 julho 2007

Kardé Mourão vence eleição do Sinjorba

O Sindicato dos Jornalistas da Bahia continuará sob a presidência da comunista Kardé Mourão. Ela venceu a eleição do Sinjorba com uma diferença de apenas 40 votos sobre a chapa que teve o apoio do PT.

No sul da Bahia, foram eleitos delegados os jornalistas Maurício Maron e Valério Magalhães. Eles tiveram 71% dos votos dos jornalistas de Ilhéus e 100% dos sufrágios em Itabuna.

Segundo Maurício, o grupo vitorioso tem o compromisso de proteger os jornalistas graduados, mas não deixará de lado aqueles que atuam com dignidade na profissão há bastante tempo, embora em situação irregular.

Morte de ACM: Wagner decreta luto de cinco dias

O governador Jaques Wagner emitiu nota oficial agora há pouco, quando lamentou a morte do senador Antônio Carlos Magalhães. O governador decretou luto oficial por cinco dias no estado.

Diz a nota:

Durante as últimas décadas, Antonio Carlos Magalhães exerceu reconhecida liderança política na Bahia e no Brasil, onde ocupou, sucessivamente, os mandatos de deputado estadual e federal, Prefeito de Salvador, Governador do Estado por três vezes, Ministro de Estado e Senador da República.

Ao tempo em que fica decretado luto oficial por cinco dias, em homenagem póstuma ao ex-Chefe do Executivo baiano, apresento, em meu nome e no de minha esposa, Maria de Fátima Mendonça, as expressões de nosso pesar à família enlutada.

Salvador, 20 de julho de 2007

Jaques Wagner
Governador da Bahia

Morre senador ACM

O senador Antonio Carlos Magalhães (DEM-BA) não resistiu a uma parada cardíaca sofrida na quinta-feira e médicos do Instituto do Coração (SP) anunciaram agora no final da manhã a morte do político baiano. Ele estava inconsciente e respirava por aparelhos.

Antonio Carlos Peixoto Magalhães morre aos 79 anos, depois de ser eleito deputado estadual, prefeito de Salvador, três vezes governador da Bahia e duas vezes senador. Ocupou também o Ministério das Comunicações no governo José Sarney.

O senador estava internado desde o dia 13 de junho. De lá para cá, teve problemas com as funções renais e o seu quadro complicou nos últimos dias, devido a uma crise gastrointestinal.

PF fecha Cacau Mania

O jogo do bicho sofreu mais um duro golpe hoje pela manhã, em Itabuna. Uma operação da Polícia Federal fechou a loteria Cacau Mania, na rua Dalila Paganelli, próximo ao Jardim do Ó. Foram recolhidos equipamentos e, até agora, não se tem notícia de prisões. Bicheiros ocuparam horário numa das emissoras de rádio de Itabuna para dizer que todo o dinheiro de cartelas compradas esta semana será devolvido.

A culpa é do Rex

Finalmente alguém consegue encontrar uma explicação "plausível" para a fuga dos nove presos do presídio de Itabuna, ocorrida esta semana.

Segundo matéria publicada no jornal A Tarde, "no momento da fuga, não havia vigilância, nem dos cachorros, que nessa madrugada teriam brigado e foram recolhdios, segundo o coronel Francisco Leite, superintendente de Assuntos Penais do Estado".

Com a palavra, os caninos:

Produtora contesta

Sobre nota deste blog referente a uma nova associação de produtores de cacau, uma produtora reclama da descrença nas lideranças regionais e responde:

Sr. Blogueiro,

É com alegria que venho lhe informar que o seu texto está totalmente equivocado. Pela primeira vez, na região do cacau, tantos se reúnem para debater uma idéia e, se Deus quiser, haveremos de ter uma associação forte e atuante. Quanto às aves de mau agouro, essas serão espantadas, no momento certo.

Ao que me parece, o Sr. está a serviço daquelas velhas, viciadas, carcomidas e corrompidas lideranças do cacau.

Izabel Delmondes

A nota gerou reclamações também de outro leitor, este não-identificado, que acusou: " Nem adianta chiar, o blog é do Aderbola, basta ver que o que sai aqui também sai no jornaleco do laranja de Fernando Cuma."

Só faltava essa, né?

O Carandiru é insalubre

O Ministério Público do Trabalho poderá investigar se o Carandiru, sede da Prefeitura de Ilhéus, atende às condições mínimas de higiene para abrigar os servidores do município. Um requerimento nesse sentido está sendo apresentado por 12 entidades ilheenses.

Uma das coisas que os promotores do MPT vão constatar é que o famoso prédio possui apenas um banheiro por andar. Outra, que as salas são apertadas e sem ventilação adequada. Mais uma: que os caminhões da coleta de lixo ficam no estacionamento do Carandiru, exalando um odor insuportável.

Ou seja, não muito diferente daquele prédio homônimo, que foi implodido em São Paulo.

373 servidores irregulares no TJ

“'O Tribunal de Justiça mantém 373 servidores irregulares, ao custo anual de cerca de R$ 20 milhões. O que se gasta com estes funcionários poderia custear a admissão de até 2 mil concursados', denuncia Rui Mascarenhas, representante de uma comissão informal dos aprovados no último concurso para a Coordenação dos Juizados Especiais (Coje). A afirmação é uma resposta da comissão ao Tribunal de Justiça, que, em matéria de A TARDE sobre a falta de pessoal no Judiciário, na última terça-feira (17), justificou a demora na convocação com a falta de verba."

A TARDE

De saída

Já mandaram cortar o fornecimento de cafezinho ao Ministério da Defesa. É dada como certa a exoneração do ministro Waldir Pires até a próxima semana. Além dele, também cai fora o presidente da Infraero, José Carlos Pereira.

ACM piora

"O quadro clínico do senador Antonio Carlos Magalhães (DEM-BA), de 79 anos, piorou nesta quinta-feira, 19, e voltou a preocupar os seus familiares. Ele apresentou febre e retrocesso do problema gastrointestinal ocorrido na última sexta-feira, 13. Os médicos reforçaram o uso de antibiótico e passaram a investigar o motivo da infecção.

Pela segunda vez, em menos de uma semana, a família deslocou-se de Salvador para São Paulo, a fim de acompanhar de perto a evolução do tratamento conduzido pela equipe de especialistas do Instituto do Coração (InCor), do Hospital das Clínicas."

LEIA MAIS EM A TARDE ONLINE

Vidas trocadas por discursos

Gerson Menezes
publixcriativo@hotmail.com

Banalizou-se a vida a tal ponto que até mesmo as tragédias anunciadas já não comovem tanto como antigamente. A violência urbana do cotidiano dos grandes e até dos pequenos centros populacionais está levando a população a um estado de letargia e de conformismo quase inevitável.

Morre-se aos montões nas estradas mal conservadas, no trânsito caótico das cidades, nas filas intermináveis dos hospitais públicos. Morre-se, morre-se, morre-se! Apenas isso é fato, que se transforma em notícia.

Quase já se apagaram da lembrança nacional as 154 vidas ceifadas na queda do Boeing da Gol. E olha que são passados apenas dez meses. Quando aconteceu, o país tomou conhecimento da existência de uma crise na estrutura aérea do país. O presidente Lula se declarou indignado e deu prazo aos seus ministros para apresentarem uma solução definitiva para o caos que havia se instalado no setor.

Ao modo petista de governar, as reuniões aconteceram aos montões. De um lado as autoridades aeroviárias e as companhias aéreas. Do outro lado, os controladores de vôo que insistiam em denunciar as falhas existentes na infra-estrutura do transporte aéreo do país. Impotente, a população dormia abandonada nos bancos dos aeroportos, aguardando que alguma providência fosse tomada e como sempre acontece, na luta entre o mar e o rochedo; o marisco é quem sofre.

Por denunciarem o caos, controladores foram afastados das funções e até presos. Enquanto membros do governo incapazes e presunçosos mandavam à população “relaxar e gozar”. Neste momento, o país impotente volta a chorar, consternado, a morte de quase duzentos novos compatriotas por um novo acidente aéreo, que de novo só tem as vítimas, pois que era, de há muito, previsto.

Existia a quase certeza de que iria acontecer, só não se sabia onde, quando, ou quantas seriam as vítimas. Só o governo fingia não saber. Eis que, dolorosamente, aconteceu.

Novamente o presidente Lula, tal qual um fantoche, repete as mesmas lenga-lengas; reúne o seu “pseudo” gabinete de crises, cobra as mesmas providências de dez meses atrás, decreta luto oficial por três dias e manda hastear a meio-pau o pavilhão nacional. Isso, como se tudo não passasse de seguir um roteiro pré-estabelecido enquanto não seja quebrada a inércia do seu governo formado por incompetentes. O discurso é o mesmo. As vítimas é que foram outras.

As vaias que o presidente Lula
tomou no estádio do Maracanã no Rio de Janeiro, muito longe de serem fruto da especulação, de fruto de orquestração das elites, podem vir a representar a tomada de consciência do povo brasileiro, tendem a se espalhar por todo o país. O presidente deve saber que pesquisas nada mais são que “uma foto instantânea” que revelam apenas um momento e que podem ser radicalmente alteradas diante de novos fatos.

O caos que se instalou no setor aéreo brasileiro deixou de interessar apenas aos brasileiros. O mundo globalizado se mostra indignado e estarrecido e cobram imediatas providências do governo. Talvez, e só talvez, o presidente Lula se sinta verdadeiramente compelido a tomar providências, por temer ver ameaçado o seu sonho megalomaníaco de estadista do mundo.

Gerson Menezes é publicitário e brasileiro indignado

19 julho 2007

Revolta dos magarefes em Ilhéus

O clima é tenso neste momento no Centro Administrativo de Ilhéus, prédio que até o prefeito se habituou a chamar de Carandiru.

Cerca de 100 pessoas, entre magarefes e outros funcionários do Matadouro Municipal, além de moradores do Banco da Vitória, tentam entrar na sede da Prefeitura. Eles exigem que o abatedouro seja reaberto.

Por meio de um decreto, a Prefeitura determinou o fechamento do local de onde sai grande parte da carne consumida em Ilhéus. Alegou questões relacionadas à higiene e o descumprimento de medidas corretivas que haviam sido determinadas pelo governo e pelo Ministério Público.

Ontem, os funcionários do matadouro organizaram um protesto que interditou a rodovia Ilhéus - Itabuna. Foi necessária a intervenção da PM para retirar os manifestantes.

Nos bastidores, comenta-se que a decisão de fechar o matadouro tenha mais razões que o mero interesse público. Há forte suspeita de que o objetivo seja favorecer uma empresa de Ilhéus.

Itacaré tem representante no Pan 2007

Ele adorava fazer moqueca de peixe, siri, camarão. Trabalhava num restaurante de luxo de Itacaré. Vilson Nascimento Conceição quase larga o esporte por causa do trabalho.

Persistiu, seguiu em frente e será um dos representantes brasileiros na canoagem no Pan 2007. Aos 22 anos, Vilson disputará as provas da canoa, no C-2 1000 m e 500 m. E quer uma medalha. O canoísta começou a treinar nas águas do rio que desemboca na praia da Concha, em Itacaré.

Não imaginava que iria tão longe. Ao se classificar para a competição pan-americana, integrou a seleção brasileira da modalidade e está morando em São Bernardo do Campo (SP) desde o ano passado.

Congresso recebe apoio da Sesab

A Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab) está dando apoio institucional ao 1° Congresso Internacional de Fisioterapia da Bahia (1° Cifiba), programado para outubro, no Centro de Convenções Luís Eduardo Magalhães, em Ilhéus. O evento reunirá fisioterapeutas e estudantes dos cursos de graduação de todo o País.

Os coordenadores do evento, Fábio Luiz Mendonça Martins e David Guimarães dos Santos Júnior, foram recebidos em audiência pelo secretário de Saúde, Jorge Solla, e o assessor José Abelardo Menezes, que aprovaram a programação de palestras e os objetivos do evento.

Sem carteira

A lista dos cem parlamentares mais influentes do Congresso, elaborada pelo Diap, traz uma curiosidade. O deputado ACM Neto é tratado como advogado. Sem a carteira da OAB, o deputado, na verdade, é apenas bacharel em Direito.

Cinco baianos na lista dos "cabeças" do Congresso

Cinco deputados federais e um senador baianos integram a lista do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap) dos cem parlamentares considerados "cabeças do Congresso".

Integram a lista os deputados baianos do DEM (ACM Neto e José Carlos Aleluia), PT (Walter Pinheiro e Sérgio Carneiro) e PSDB (Jutahy Júnior). No Senado, o destaque é Antônio Carlos Magalhães.

Clique aqui para conferir a lista completa

18 julho 2007

Novo round na Rádio Nacional

Parece que agora vai andar o processo movido pelo radialista Robério Menezes, contra a direção da Rádio Nacional. A emissora AM voltou ao ar há mais de um mês, mas apresenta em sua grade apenas três programas: Plantão Nacional de Notícias (das 7h às 9h), Cacá Ferreira (das 9h às 12h) e um de variedades, com estagiários da Uesc, a partir das 14h.

Abaixo, parte de conversa com o radialista Robério Menezes.

A procura
Depois de 15 dias de idas e vindas à Radio Nacional, a justiça conseguiu notificar a emissora da ação de reparação (danos morais e materiais), pela retirada da programação esportiva do ar. Temos um contrato de terceirização que vai até dezembro deste ano.

Três oficiais de justiça se revezavam neste período tentando localizar o Sr. Diney Oliveira (Diretor Executivo) e José Carlos Monteiro (Gerente). Ambos se escondiam no prédio da Nacional para não receber a notificação.

A descoberta
Até que hoje (18) o preposto da justiça foi à residência do gerente, Sr. Monteiro, ao meio dia, localizando-o e entregando a notificação judicial. Monteiro se negou a assinar e também não quis receber o documento. O oficial, então, encaminhou à Dra. Marialva - juíza em exercício na 1ª`Vara, a certificação da citação.

Indenização
Estamos pleiteiando uma indenização de 42 mil reais pelo rompimento do contrato, que vai até o final do ano, e uma outra ação indenizatória por danos morais e materiais em torno de 50 mil reais, além do direito de resposta nos mesmos horários (a cada 5 minutos) pela nota veiculada durante 18 horas, pela Rádio Nacional, com informações falsas sobre a saúde do Sr. Daniel Gomes, proprietário da emissora, que teria passado mal ao ouvir minhas declarações sobre a falta de profissionalismo e responsabilidade da direção. Detalhe: O Sr. Daniel Gomes não ouve a rádio, pois está doente em Salvador.

Retorno à emissora
Minha intenção não é retornar à rádio (o que pode acontecer por conseqüência), mas receber tudo o que eu tenho direito."

O "traidor" de Ilhéus

O deputado federal Raymundo Veloso começa a ser identificado nas ruas de Ilhéus como um dos maiores traidores do município.Isso porque ele foi um dos 39 deputados federais baianos que aprovaram o plano de investimentos de R$ 200 milhões na pavimentação da rodovia que ligará o Oeste da Bahia e o município de Maraú e no Porto de Campinho.

Ou seja, ajudou a decretar a falência do porto ilheense.

Depois dos comentários gerais surgidos no município sobre o traidor de Ilhéus e dos portuários (categoria que um dia integrou), Veloso aparece fazendo discurso no plenário da Câmara Federal defendendo recursos para o porto da terra de Gabriela.

Se ele diz que tem a força que tem, não seria mais fácil mobilizar a bancada federal baiana no Congresso para revitalizar o porto de Ilhéus? O morde-assopra de Veloso com o município teve repercussão altamente negativa entre os estivadores ilheenses. A cidade, realmente, é pobre de liderança.

Não faz muito tempo, Ilhéus teve um parlamentar federal considerado o traidor do cacau. Agora, aparece Veloso ajudando a decretar a quase falência do porto ilheense. Os investimentos ligando Maraú à divisa com o estado de Goiás será um duro golpe na terra de Gabriela.

DataPimenta quer saber


O prefeito Fernando Gomes disse que se filiaria ao PT se a verba da água saísse. O dinheiro rolou e, agora, você pode ajudá-lo a tomar a decisão. O que o prefeito deve fazer?

Continuar no DEM (ex-PFL)

Ir para o PMDB

Filiar-se ao PT