28 fevereiro 2007

O poder rejuvenesce


Amigos da nova comandante da Diretoria Regional de Educação (Direc 7), Miralva Moitinho, não têm dúvidas: o poder rejuvenesce!

Nos corredores do prédio da Direc não se comenta outra coisa a não ser o novo visual de Miralvinha, como é chamada pelas colegas.

Como diria aquele colunista pessoa nefasta, um must!!!

Tiroteio...

As queixas contra o cerimonial do governador Jaques Wagner foram grandes na visita a Ilhéus, nesta quarta-feira. O jornal Agora publica nota hilária sobre o festival de puxa-saquismo de assessores e seguranças do petista:

*O puxa-saquismo de assessores e seguranças era tanto, que uma atitude do governador se transformou em motivo de gozação* Assim que chegou ao saguão do aeroporto, Jaques Wagner se dirigiu rapidamente ao banheiro, no que foi seguido pelo séquito* Só que eles não contavam com o inusitado destino e todos entraram juntos no apertado banheiro* Resultado: tiveram que sair cabisbaixos e aguardar fora os cinco minutos que o governador passou satisfazendo suas necessidades fisiológicas* Viva sua Excelência, o puxa-saco!*

Coluna Bangue-Bangue, Jornal Agora

Os homens de Jaques Wagner

Os homens da segurança pessoal do governador Jaques Wagner são pouco discretos.

Na solenidade do cinquentenário da Ceplac, eles ganharam um apelido cinematográfico: "MIB, Homens de Preto".

Basta observar a vestimenta dos seguranças para eliminar quaisquer dúvidas. Eles aparecem atrás do governador e do secretário de educação, Adeum Sauer (acima).

Wagner: "não sou covarde"

Num pronunciamento de improviso na solenidade do cinquentenário da Ceplac, hoje, o governador Jaques Wagner disse, com todas as letras, que Geraldo Simões deve boa parte de sua nomeação aos aloprados que o acusaram de ter introduzido, criminosamente, a vassoura-de-bruxa no Sul da Bahia.

"Tentaram eleger um culpado, atacaram um homem de bem e fiz questão de nomeá-lo Secretário de Agricultura. Não sou valente, mas também não sou covarde".

Na platéia, deu pra notar o sorriso amarelo da prefeita de Camacan, Débora Borges, que ocupava a presidência da crise no auge dos protestos contra Geraldo Simões.

No telhado

O diretor geral da Ceplac, Gustavo Moura, que havia subido no telhado, permanece no teto da casa, mas menos perto da calha e do tombo.

Ganhou o que se chama de sobrevida.

Mas não pode contar muito com os "afagos".

Habilidade

O mestre de cerimônia no aniversário da Ceplac, Ramiro Aquino, teve que usar toda a sua experiência para driblar os pedidos de citação de todo mundo que se julgava autoridade.

Até líder de esquina de bairro mandava bilhetinho para ser citado, mas Aquino sutilmente se desfazia do papelucho. Entre os ausentes nem tão notados assim, o prefeito de Itabuna, que não compareceu por motivos mais do que óbvios.

Só no salgadinho

Nem todo mundo que foi à festa dos 50 anos da Ceplac tinha lá grandes preocupações com o cacau. Muita gente colou no secretário de Agricultura Geraldo Simões, que é quem está definindo os ocupantes dos principais cargos do Governo do Estado no Sul da Bahia.

Só que, em meio a uma programação apertada, Geraldo Simões só teve tempo de distribuir os manjados sorrisos e abraços.

Os pretendentes aos cargos e aos empregos de menor prestígio tiveram mesmo que se contentar em disputar salgadinhos e sucos num coquetel onde tinha mais comensais do que comida.

Adervan diz que Ceplac deveria ser enterrada

Réquiem para a Ceplac


Hoje a Ceplac completa e comemora 50 anos de sua fundação. Na verdade, está morta, deitada e ainda não se deu conta de que "mataram" a entidade, pelo menos no que diz respeito aos objetivos iniciais, traçados por Juscelino Kubstchek e Inácio Tosta Filho, que eram: 1. Plano de Recuperação da Lavoura Cacaueira; 2. resolver o problema da dívida dos cacauicultores; 3. investir em tecnologia para combater o problema da podridão parda que afetava os cacauais; 4. aplicar a tecnologia através da extensão rural; e 5. (pressupõem-se) preparar-se para enfrentar as possíveis pragas que pudessem "agredir" a plantação extensiva de cacaueiros.
Durante longo tempo a Ceplac se aproveitou da taxa de retenção. Inicialmente, foram 15% tirados do bolso dos agricultores, que fizeram a alegria dos ceplaqueanos, período em que se investiu massivamente na melhoria das condições de sobrevivência dos trabalhadores rurais (avenidas de casas), estradas vicinais, colégios, ginásios de esporte e esbanjamento de verbas em prefeituras diversas. Depois, rebaixaram a taxa de retenção para 10% dos valores arrecadados com a produção, venda e exportação de cacau, até que se conseguiu parar com a sangria que exauria a região e beneficiava os cofres da Nação, sem qualquer contrapartida ou melhoria para os municípios que formavam o bolsão da economia cacaueira, exceção feita para a construção da BR-101, nos idos de 1972.

PARA LER MAIS, CLIQUE AQUI.

Condenado por matar jornalista volta para a prisão

O Tribunal de Justiça da Bahia negou recurso de apelação e mandou de volta para a cadeia o policial Monzar Costa Brasil, condenado a 18 anos pelo assassinato do jornalista Manoel Leal, em outubro de 2003. A decisão do Tribunal foi tomada na segunda-feira e o polical preso hoje pela manhã, quando chegava a uma delegacia de Camaçari.

A soltura em 2003
Logo após ser condenado, Monzar conseguiu, em decisão inédita e rápida, responder em liberdade à acusação de assassinato do proprietário do jornal A Região. O juiz que garantiu ao réu responder em liberdade ao processo, mesmo após julgamento e condenação em primeira instância, foi o magistrado Aliomar Silva Brito, juiz substituto da Segunda Câmara Criminal de Salvador, às vésperas do natal de 2003.

O crime
O crime aconteceu no dia 14 de janeiro de 1998, quando Leal voltava para sua casa, no bairro Jardim Primavera. Ele foi assassinado por Monzar com seis tiros, sendo dois pelas costas.

Três testemunhas viram Monzar no local, dia e hora do crime, sendo que uma delas viu o policial descer do carro e atirar friamente contra o jornalista.

Monzar fez parte de um esquema montado pelo ex-prefeito carlista Fernando Gomes para perseguir adversários em Itabuna, junto com o delegado (seu chefe e sócio) Gilson Prata. Denunciado por A Região em dezembro de 97 por receber dinheiro do ex-prefeito para realizar a ação, Prata perdeu prestígio e a chance de ser o novo Secretário de Segurança Pública.

Monzar foi denunciado na mesma matéria, por também ter recebido "ajuda de custo" da prefeitura. A perseguição aos inimigos de Gomes valeu um processo impetrado pelo ex-agente policial Jacob Bittar contra Prata, Monzar e outros.

Estranhamente o processo foi sequestrado do Forum Ruy Barbosa pela então secretária de Segurança da Bahia, Kátia Alves, logo que o inquérito sobre a morte de Leal começou a andar.

Com informações do site www.aregiao.com.br

Representante de banco oferecia até R$ 1 milhão

O esquema da Máfia do Crédito é forte. Para abocanhar novos clientes (e fazer a laranjada), a instituição bancária envolvida na trama oferecia até R$ 1 milhão a prefeitos e secretários de finanças.

Uma fonte ligada ao Ministério Público Estadual antecipou que o esquema atingiu várias prefeituras sul-baianas, dentre elas Floresta Azul, São José da Vitória e, suspeita-se, também Governador Lomanto Júnior (Barro Preto). Fora da região, o esquema funcionaria ainda em Amélia Rodrigues, mas no legislativo.

Contratos da 'Máfia do Crédito' serão investigados

O Ministério Público já teria notificado o prefeito de Una, João Bispo Santos (Zé Pretinho), para apresentar todas as cópias dos contratos assinados entre o município, o Banco Matone e os funcionários públicos efetivos e comissionados que "obtiveram" empréstimos no esquema da Máfia do Crédito Consignado.

Em agosto do ano passado, o prefeito assinou contrato com o banco Matone, do Rio Grande do Sul, para a suposta liberação de empréstimos consignados a funcionários da prefeitura, a maioria parentes de Zé Pretinho. Apesar de receber pouco mais que o salário mínimo, os servidores municipais contraíram empréstimos com parcelas mensais de R$ 3.757,51.

Os servidores eram usados como "laranjas" no esquema. Dos 29 contratos assinados e que serão examinados pelo Ministério Público Estadual, 11 são de parentes de Zé Pretinho, todos empregados na prefeitura. O golpe rendia cerca de R$ 110 mil à máfia.

Existem suspeitas de que o valor das parcelas mensais era pago com o dinheiro da prefeitura, a partir do uso de notas fiscais frias. As notas seriam emitidas por empresas fantasmas instaladas em Itabuna e que, supostamente, prestavam serviço ao município de Una.

Os fiadores

Um deputado federal e ex-deputado estadual teriam sido os fiadores do prefeito de Una, Zé Pretinho, no pagamento do empréstimo antigo e obtenção de um novo no banco Matone, aquele apontado como do esquema da Máfia do Crédito Consignado.

O deputado federal é "unha-e-carne" com o prefeito, que está ameaçado de perder o cargo. A Câmara Municipal abriu investigação para apurar o esquema do crédito consignado (desvios de quase R$ 2 milhões). Pelas contas da oposição, Zé Pretinho teria apenas quatro dos 11 votos no legislativo.

Não se fala de outra coisa na cidade de Una.

27 fevereiro 2007

A turma 'do' Rola Murcha

Os editores do Pimenta na Muqueca tardam, mas não falham (será?).

Com atraso monumental, noticiamos que a Turma do Rola Murcha (RM) continua na ativa e sem perder a alegria - e a irreverência.

Apesar de não haver carnaval em Ilhéus, o grupo - formado por profissionais liberais, empresários e servidores públicos - se reuniu no sábado da folia oficial(dia 17), no beco do Barrakítika, centro da cidade.

A foto fornecida por um ativo membro da turma mostra que algumas partes do corpo podem até não funcionar, mas a alegria é de sobra!!!

Vale o registro, mesmo que tardio!

JW diverte deputados

"Nesta segunda-feira, no cafezinho do plenário da Câmara, alguns deputados, entre eles Ciro Gomes (PSB-CE), José Carlos Aleluia (PFL-BA) e até Antônio Palocci (PT-SP) deram gargalhadas assistindo ao vídeo de uma entrevista do governador da Bahia, Jaques Wagner (PT), à Band, durante a cobertura do Carnaval de Salvador. Wagner foi entrevistado ao lado dos também governadores Eduardo Campos (Pernambuco) e Sérgio Cabral Filho (Rio de Janeiro), e fala com uma voz pastosa, arrastada. Devem ter sido os efeitos da folia. O vídeo foi retirado do site youtube.com, mas você pode conferir a entrevista no site http://kibeloco.blogspot.com/."

DO BLOG DE CLÁUDIO HUMBERTO

Máfia do Crédito Consignado de novo na mídia

Depois de ganhar repercussão em todo o sul da Bahia, após denúncia do jornal A Região, a Máfia do Crédito Consignado (MCC) voltou ao noticiário, desta vez em rede estadual.

Numa reportagem exibida no BA TV, da Rede Bahia, o prefeito de Una, José Bispo dos Santos, o Zé Pretinho (foto), ficou "bem" na fita, sendo apontado como um dos líderes do esquema em que era utilizado o Banco Matone, do Rio Grande do Sul. Cerca de R$ 2 milhões foram desviados pela Máfia. Funcionários públicos e parentes de Zé Pretinho, empregados na prefeitura, eram usados como laranja.


Daqui a pouco este blog revela detalhes de bastidores do esquema da Máfia. Caso envolve deputado federal e um ex-deputado estadual.

Clique aqui para assistir à reportagem exibida na tv.

Lei para regularizar 12 milhões de moradias

"A reforma da legislação sobre parcelamento do solo urbano, cuja discussão acaba de ser retomada pela Câmara dos Deputados, vai permitir às prefeituras e governos estaduais promover uma ampla regularização fundiária no país. A expectativa do governo federal é que 12 milhões de domicílios sejam regularizados, trazendo para a economia formal cerca de R$ 120 bilhões em ativos imobiliários.

Para facilitar a regularização de favelas e outras áreas de interesse social, o projeto flexibiliza o tamanho mínimo de lote. Pela atual legislação, não pode haver lote urbano inferior a 150 metros quadrados. Se o projeto passar, dependendo do caso, esse limite pode cair para 100 metros quadrados, se assim for decidido pelo município. Uma vez aprovada a nova lei federal, caberá a cada município aprovar lei local estabelecendo critérios para regularização de áreas localizadas em seus territórios." (V.Econômico)

Salários sobem mais no Norte e Nordeste

"No último ano, os trabalhadores que conseguiram empregos com carteira assinada nas regiões Norte e Nordeste foram os que tiveram os maiores aumentos salariais. O salário de admissão cresceu 6,9% reais nos Estados nortistas, acima dos 5,1% verificados para o Brasil. No Nordeste, o aumento foi de 6,7%. Segundo economistas, o reajuste real de 13% no salário mínimo explica parte dessa melhora, já que muitos salários nessas regiões são vinculados a esse piso.

No entanto, apesar de serem elevações robustas, o valor absoluto dos salários pagos nessas regiões ainda está abaixo da média nacional. Atualmente, o rendimento dos admitidos em cidades nordestinas representa 82% do salário médio do país, enquanto no Norte esse percentual é de 88%. Os cálculos são do economista Fábio Romão, da LCA Consultores, com base nos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho."

Valor Econômico, hoje

JW faz sucesso no Kibeloco

Excluído do You Tube, o vídeo com o governador Jaques Wagner (Johnnie Walker) tem feito grande sucesso num dos blogs mais acessados de todo o Brasil, o Kibeloco.

O vídeo traz o governador numa entrevista à TV Bandeirantes, acompanhado dos governadores Eduardo Campos (Pernambuco) e Sérgio Cabral (Rio de Janeiro). Wagner apresentava uma voz emboladinha...

Clique aqui e assista ao vídeo.

"Marcão" na Sétima Dires

Assessores do presidente da Câmara, Édson Dantas, esclarecem que o vereador abriu mão de indicar o novo comandante da Sétima Dires. Ele preferiu indicar o novo coordenador regional da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab), João Carlos, também do PSB. O bioquímico João Marcos de Lima (Marcão), ex-secretário de saúde de Itabuna, deve assumir a Dires local.

Unidade de aúde


Faz até vergonha (para quem tem) publicar uma foto dessas e dizer que o posto de saúde foi reformado. A foto está em baixa resolução, mas dá para ver que faltam algumas letras na identificação da Unidade de Saúde da Família Dr. Cândido Pereira, no bairro Maria Pinheiro.

Pior é que, segundo os moradores, não são apenas as letras que faltam.

Em tempo, a foto foi distribuída ontem pela Prefeitura de Itabuna.

É com ele

Estaria nas mãos do presidente da Câmara, Édson Dantas, a definição do nome para a Diretoria Regional de Saúde em Itabuna, a famosa Sétima Dires. Ao menos, esse teria sido o acordo firmado entre Édson e o secretário estadual Geraldo Simões.

Édson escolhe, Geraldo referenda.

O secretário estadual estaria por se decidir entre as advogadas Ariadne Sá e Genilva Feitosa, para o comando do Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC) de Itabuna. Ariadne ocupava o departamento de atenção à criança e ao adolescente da Secretaria de Desenvolvimento Social, entre 2001 e 2004. E Genilva estava no gabinete do prefeito no segundo mandato de Geraldo, em Itabuna.

26 fevereiro 2007

Fernando Gomes estaria com a saúde abalada

Os amigos comentam à boca pequena, os inimigos especulam: o prefeito Fernando Gomes teria tirado dez dias de licença para cuidar da sua saúde, até fazendo viagem a São Paulo.

Baseado em informações de pessoas próximas ao prefeito, o jornal A Região diz que Fernando estaria com a saúde abalada. O alcaide falou publicamente sobre o assunto no final do ano passado.

Numa entrevista em "cadeia" de emissoras de rádio, ele disse que uma overdose de medicamentos, há dois anos, teria lhe causado os problemas de saúde:

- Minha doença é que eu tomei um remédio a mais, mim meti a médico. Fiquei doente de um problema que eu provoquei.

Ainda na entrevista em "cadeia", o prefeito ressaltava que não tirava férias desde os 13 anos.

- Desde os 13 anos que eu vivo às minha custa (sic). Nunca tirei férias em minha vida. E agora eu não tiro férias pra num ficar em casa briganu com a mulher e os meninos. Faz três ano que eu num bebo. Senão, tirava férias mermo (sic).

Se nunca tirou férias antes, qual teria sido o motivo da licença de dez dias, agora?

Aos que duvidam do conteúdo, é só pedir uma cópia da entrevista à Assessoria de Comunicação da Prefeitura. A entrevista foi concedida na manhã do dia 21 de dezembro às emissoras de rádio Difusora e Jornal. A Nacional não retransmitiu porque já estava fora do ar desde aquele tempo! A cópia da entrevista é utilizada como comprovação da despesa no Tribunal de Contas dos Municípios (TCM).

A internet influindo na vida do cidadão

"Depois de lançar o Orçamento Participativo Digital, o prefeito de Belo Horizonte, Fernando Pimentel (PT), vai fazer nova consulta à população por meio da internet. Dessa vez quer saber se o comércio da capital deve ou não funcionar aos domingos e feriados.

No ano passado quase 173 mil belo-horizontinos, 10% dos eleitores da cidade, participaram da votação que definiu a aplicação de R$ 20,25 milhões entre 2007 e 2008. Os votos da população definiram a execução de obras como a reforma da Praça Raul Soares, no centro, ou a construção de um complexo esportivo e um albergue em bairros da periferia.

Agora Pimentel quer montar um plebiscito digital. Os comerciantes são a favor, os comerciários contra. Pimentel vetou projeto aprovado pela Câmara municipal, proibindo o comércio nesses dias, e quer saber o que a população pensa sobre o tema. A consulta estará aberta, na página da prefeitura na internet, até abril."

Valor Econômico, hoje

Efeito Cicarelli??

O vídeo em que o governador Jaques Wagner aparece ligeiramente alto, em entrevista concedida à Band durante o Carnaval, desapareceu do You Tube.

A assessoria do governador nega qualquer tipo de ação para retirar a entrevista da internet. Os administradores do site também dizem que não moveram uma palha para impedir o acesso ao material.

Restam dois suspeitos: Tato Malzoni (o homem-beringela) e um escocês chamado Johnnie Walker.

Pânico escracha BBB

Vejam a "entrevista" de Vesgo e Sílvio com Pedro Bial e Boninho, que é só um trecho da matéria hilária e contundente que foi ao ar ontem no Pânico. Além do trecho que pode ser visto aqui, os caras ouviram ex-participantes do programa, que contaram que o tal do reality show não passa de uma grande armação.

Confiram.

25 fevereiro 2007

Últimos dias da enquete a prefeito de Itabuna

Se você ainda não votou, está na hora. A enquete será encerrada no dia 28.


Hoje, em quem você votaria para prefeito de Itabuna?

Fernando Gomes

Capitão Azevedo

Luís Sena

Édson Dantas

Roberto de Souza

Geraldo Simões

Renato Costa

Ubaldo Dantas

Edmon Lucas

Geraldo Briglia

José Adervan

Marcel Leal









Acompanhe parcial da enquete!

  • Fernando Gomes
    0,92% (10 votos)
  • Capitão Azevedo
    0,37% (4 votos)
  • Luís Sena
    50,00% (544 votos)
  • Édson Dantas
    2,21% (24 votos)
  • Roberto de Souza
    1,19% (13 votos)
  • Geraldo Simões
    10,39% (113 votos)
  • Renato Costa
    17,28% (188 votos)
  • Ubaldo Dantas
    0,64% (7 votos)
  • Edmon Lucas
    1,10% (12 votos)
  • Geraldo Briglia
    0,55% (6 votos)
  • José Adervan
    4,14% (45 votos)
  • Marcel Leal
    11,21% (122 votos)
  • Total: 1088 votos

Fecha a torneira, moço!

Um programa comandado por Sidney Rezende, tendo como convidados o economista e jornalista André Lahoz e o professor Paulo Canedo, Entre Aspas debateu o uso racional da água e a gestão dos recursos hídricos.

Você sabia que para produzir um litro de gasolina são gastos outros 12 de água?

Confira o programa exibido na GloboNews, uma discussão descontraída e didática sobre o uso dos nossos recursos hídricos. Para assisti-lo, clique aqui.

Sobre o mesmo assunto, confira nota publicada no blog, no dia 15 de fevereiro, dando conta que dois terços da população mundial enfrentará escassez de água em 20 anos.

Rodada do Baianão com recorde de gols

A 11ª rodada do campeonato baiano de futebol registrou recorde de gols. As redes balançaram 25 vezes na rodada de seis jogos. Destaques para as goleadas entre Juazeiro 4x1 Atlético e Ipitanga 1 x 4 Catuense. O Itabuna confirmou a vitória por 2x1, diante do Conquista, e o Colo Colo tomou 0x3 do Bahia. A surpresa da rodada foi o jogo entre Vitória e Camaçari. Após levar quatro gols, o time do Pólo Petroquímico reagiu e quase empata a partida. Final Vitória 4x3 Camaçari. Abaixo, os resultados da rodada e a classificação geral.

Resultados
Juazeiro 4x1 Atlético
Ipitanga 1x4 Catuense
Colo Colo 0x3 Bahia
Poções 2x0 Fluminense
V. Conquista 1x2 Itabuna
Vitória 4x3 Camaçari

Classificação geral
1º Vitória 23 pontos
2º Bahia 22 pontos
3º Juazeiro 16 pontos
4º Poções 16 pontos
5º Atlético-BA 15 pontos
6º V. Conquista 15 pontos
7º Camaçari 14 pontos
8º Catuense 12 pontos
9º Colo Colo 11 pontos
10º Fluminense-BA 10 pontos
11º Ipitanga 10 pontos
12º Itabuna 9 pontos

Parto difícil

O leitor pediu, o Pimenta lembra a nomeação da professora Miralva Moitinho Sousa para a Diretoria Regional de Educação (Direc 7), em Itabuna. A nomeação está no Diário Oficial deste final de semana. Última presidente da Associação de Professores de Itabuna (API), Miralva terá que adotar tom conciliador de agora em diante. Estará do outro lado na mesa de negociações.

O desafio será fazer da Direc 7 uma instituição de estado, não de governo e, por conseqüência, de aparelhamento político-partidário, como vinha acontecendo até pouco tempo. Ninguém esquece os posicionamentos de um certo diretor, alinhado ao carlista Félix Mendonça, para quem exigia votos a toda eleição. Além de professora e ex-presidente da API, Miralva está na suplência de vereador da coligação PT-PCdoB em Itabuna.

Tristeza
Ao mesmo tempo, a nomeação de Miralva causa 'rebuliço'em Ilhéus. Nada a ver com o caso daqui, mas da própria terra de Gabriela. Os petistas históricos querem Ednei Mendonça na Direc 6, porém, a disputa se dá de forma intensa. Não bastassem os ávidos petistas, os deputados Raymundo Veloso e Ângela Sousa apresentam suas listas de assessores aspirantes ao cargo. Por enquanto, quem manda por lá é Zoêmia Núbia Souza.

Já outro leitor, também anônimo, questiona a demora do governador Jaques Wagner em limpar a área, expurgando os pefelistas e nomeando os novos dirigentes de cargos estaduais. Na verdade, o governador e o secretário de educação, Adeum Sauer, não cumpriram uma promessa: efetuar a mudança, de uma canetada só, nas Direcs. Enquanto isso, sofrem os petistas ilheenses, pois ainda não sabem a parte que lhes caberá neste latifúndio.

Ou se vai sobrar alguma parte!!!

Colo Colo perde, Itabuna vence...

... por enquanto!

O Colo Colo caminha para fazer companhia ao Itabuna na lanterninha do campeonato baiano de futebol. Detentor do título da competição no ano passado, a equipe ilheense não conseguiu se acertar e perdeu para o Bahia. Levou três gols, todos no segundo tempo da partida disputada no estádio Mário Pessoa, em Ilhéus.

Jogando em Vitória da Conquista, o Itabuna vai vencendo o time da casa por 2x1. Diego Oliveira e Borgel marcaram para o azulino e Artur descontou para o time conquistense. Confirmando o placar, será a segunda vitória do time em 11 rodadas do campeonato.

Nos outros jogos finalizados, o Ipitanga perdeu por 3x0 para a Catuense, o Poções venceu o Fluminense por 2x0 e o Juazeiro fez 4x1 no Atlético de Alagoinhas. Na outra partida que ainda não terminou, o Vitória impõe seu ritmo e faz 4x1 no Camaçari.

Eu sou baiano, meu rei!

Pressa para quê? Ao comentar a inadequação do perfil de Waldir Pires para o gerenciamento da crise aérea, um ex-colaborador se lembrou de piada contada à época em que o ministro da Defesa era governador da Bahia. Alguém lhe perguntava se queria o café com açúcar ou adoçante, e ele respondia: "Mas eu preciso decidir agora?".

Nota publicada no Painel, Folha de São Paulo.

O porquê dos ataques ao Carnaval baiano

Artigo publicado na seção Carta ao Leitor, do Jornal A Região:

A violência programada

Por trás da campanha da Rede Globo contra o Carnaval de Salvador estão três preocupações. Uma política, uma econômica e uma de imagem. Existe tudo, menos isenção da emissora carioca.

O motivo de imagem é que o Carnaval de Salvador foi transformado pela concorrente Band numa grande atração. Ao mesmo tempo a mesmice do carnaval do Rio vem tirando audiência da Globo todos os anos. Neste ano foram 4 pontos, com a vantagem indo para a Band.

A razão econômica e a política respondem pelo mesmo nome, ACM, dono da TV Bahia, afiliada Globo que comia 100% da verba de tevê do governo, dizem que R$ 80 milhões por ano. Com Wagner, nem sabe se terá alguma, o que já gerou crise entre os sócios.

A postura da Rede Globo, na verdade, parece mais uma chantagem, uma espécie de extorsão.

Ao ignorar a violência, bem maior que a baiana, em Recife, Rio de Janeiro e São Paulo, a Globo manda um recado a Wagner. O recado é "me trate bem e mantenha todos os privilégios que eu tinha ou a Bahia será desmoralizada na maior tv do país".

PARA LER MAIS, CLIQUE AQUI.

"Lula Malufou"

Revista Istoé
Por Hugo Marques e Hugo Studart

"A voz anasalada é a mesma. As frases de efeito, sempre viscerais, também. Mas Paulo Maluf é uma nova pessoa com 75 anos de idade. Em sua vida pública foi prefeito de São Paulo duas vezes, governador uma e candidato derrotado outras sete. Amargou 40 dias numa cela da Polícia Federal, e volta à política como deputado federal com 739 mil votos. Maluf chega a Brasília mais sereno e esbanjando bom humor. Está feliz com as obras – as de Lula. Afinal, segundo Maluf, tudo o que sonhou fazer se um dia fosse eleito presidente (um acalento que jamais será realizado, conforma-se), seu velho adversário Lula agora está realizando. Lula faz – e faz melhor do que Maluf, admite. “O Lula está mais malufista do que eu”, ironiza.

ISTOÉ – O sr. voltou à política falando bem do presidente Lula e até o visitou no Palácio. O Maluf lulou?
Paulo Maluf –
Não. O Lula é que malufou. Ele está aderindo às minhas idéias. Na festa dos 30 anos da ISTOÉ, o Lula disse que quem na juventude é socialista está certo e quem depois dos 60 anos continua com as mesmas idéias tem que procurar um psiquiatra. Ele caiu na real e hoje defende as idéias do Paulo Maluf quando foi candidato à Presidência há 15 anos. E defende as idéias liberais com mais ardor do que eu. Ele escuta mais o Delfim Netto, meu companheiro de 47 anos, do que o PT. Hoje ele está à minha direita. O Lula é mais malufista que eu.

ISTOÉ – O Lula, quando falava de malufar, sempre dava uma conotação de corrupção e de clientelismo. Depois de tantos escândalos no governo e no PT, como o do mensalão, o sr. se sente vingado?
Maluf –
O Delfim fala com muito gosto que eles fizeram tudo aquilo que pensavam que nós fazíamos. Eles nos acusavam de tudo. Repare nessa história do mensalão. Quando fui prefeito de São Paulo, dos 55 vereadores eu tinha 28. Com a maior dificuldade eu tinha a metade mais meio. Já a dona Marta Suplicy chegou a ter 70% da Câmara. Quais encantos ela usou para isso?"

E aí, nobre leitor pimenteiro, Lula "malufou" ou não?

24 fevereiro 2007

Tá na hora de brincar!!!

"A criança brasileira brinca menos do que deveria. E isso pode dificultar o desenvolvimento emocional e intelectual das futuras gerações. Para chegar a essas conclusões foi realizada uma pesquisa inédita no país sobre a importância de brincar.

Deslizar, escorregar, balançar. Está na cara - sorridente - o prazer de brincar com amigos ao ar livre; uma diversão cada vez mais rara, mostra a pesquisa feita com mais de mil pais e filhos de todas as classes sociais, de todas as regiões do país.

Noventa e sete por cento dos entrevistados apontam tv, vídeo e dvd como principais formas de brincadeira. O quarto é o espaço do lazer para 49% das crianças. “Na rua hoje em dia é mais delicado. No meu tempo havia essa possibilidade”, diz um pai."

Assista à reportagem do Jornal Hoje clicando aqui.

O rombo da EBDA

JORNAL A TARDE

Biaggio Talento
btalento@grupoatarde.com.br

A Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA), da Secretaria de Agricultura do Estado, foi entregue ao governo Jaques Wagner com uma dívida de R$ 313 milhões e sucateada. Devendo a fornecedores, ex-funcionários, Previdência e Receita Federal, empresa está impossibilitada, há mais de um ano, de firmar convênios com ministérios e órgãos federais, o que está prejudicando as 625 mil famílias baianas cadastradas no Pronaf (Programa de Agricultura Familiar). “A EBDA está engessada, sem poder trabalhar devido à situação”, resumiu o secretário da Agricultura, Geraldo Simões, diagnosticando os problemas como resultado de “má gestão somado à falta de prioridade do governo anterior à área”.

Conforme Simões, o pequeno agricultor está totalmente desassistido por causa da inoperância da EBDA ,que tem uma estrutura grandiosa: são 1.600 funcionários, 600 veículos, 132 escritórios, vinte gerências regionais, 19 estações experimentais e dez centros de profissionalização. “Tudo sem funcionar. As contas bancárias das empresas estão todas bloqueadas para o seqüestro dos recursos pelos credores”, disse, informando que o dinheiro para pagar os servidores e comprar combustível para os veículos está vindo de uma conta da Secretaria de Administração.

Para ler a matéria completa, clique aqui se for assinante do A Tarde

23 fevereiro 2007

R$ 1,70

A partir do próximo domingo, dia 25, o usuário do sistema de transporte coletivo de Ilhéus pagará tarifa de R$ 1,70 pela viagem. O aumento de 17% foi autorizado nesta sexta-feira pelo prefeito Valderico Reis.

Como reagirá o sofrido usuário do sistema?

Inovação

O Diário do Sul acaba de se tornar o primeiro jornal sul-baiano com notícias em tempo real na internet. A novidade estava sendo aguardada para março, mas a direção da publicação decidiu antecipá-la.

Desde a manhã de hoje os internautas podem acompanhar o fato no instante em que ele acontece. Os leitores têm acesso a um resumo da notícia que estará nas páginas do jornal no outro dia.

O diretor do Diário do Sul, Valdenor Ferreira, também ampliará sua equipe e planeja maiores investimentos no parque gráfico, dando maior agilidade à impressão do jornal e expandi-lo para mais municípios e outras regiões do estado.

João Carlos na Adab

O presidente do PSB itabunense, João Carlos Oliveira, acaba de ser nomeado para a coordenadoria regional de Itabuna da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab). A nomeação foi publicada no Diário Oficial desta sexta-feira.

João Carlos já dirigiu a Fundação Marimbeta (antigo Sítio do Menor Trabalhador) e dirigiu o departamento de ciências agrárias da Uesc. A Adab está subordinada à Secretaria Estadual de Agricultura, Irrigação e Reforma Agrária, comandada pelo ex-prefeito itabunense Geraldo Simões.

João e Geraldo estiveram em campos opostos nas eleições de 2004, mas fizeram as pazes.

Devagar com o andor

As discussões sobre a violência no Carnaval de Salvador, se aprofundadas, tendem a atingir os que hoje encontram-se na posição de franco-atiradores. Ou seja, ACM e companhia.

É ingenuidade imaginar que o senador não tenha participado da articulação dessa campanha contrária à festa baiana. Ou isso ou algum chefe de edição muito puxa-saco na Rede Bahia quis alegrar o capo com aquela matéria bizarra sobre o arerê.

No meio da refrega, o presidente da Rede, ACM Júnior, publica nota de repúdio ao governador Jaques Wagner, que classificou a matéria da Globo como desonesta. A nota, no Correio da Bahia (tudo em casa), exorta JW (não confundir com Johnnie Walker...rsrsrs) a combater a criminalidade em vez de atacar a cobertura do Carnaval.

Talvez o Juninho, igualmente chegado a tomar umas duas, tenha ido longe demais. Organizar uma festa de modo a prevenir episódios violentos é uma coisa e lutar contra a criminalidade é algo muito mais complexo. Se for entrar nesse mérito, será necessário lembrar que a segurança pública foi um dos setores mais negligenciados pelos governos ACM (o de marca e os genéricos).

Como se vê, alguém deu ordem para atirar e tem bala pra todo lado. Mas no desespero do ataque, alguns atiradores de visão pouco privilegiada acertam o alvo errado.

Wagner precisa mesmo combater a criminalidade, investir em uma educação de alto nível, tirar a Bahia de uma vergonhosa posição nos índices que medem o analfabetismo, apresentar políticas efetivas de qualificação de mão-de-obra e geração de emprego. Enfim, coisas em que todas as gestões anteriores foram negligentes.

Isso, Juninho, ajuda a combater a criminalidade.

Agora, segurança no Carnaval é coisa diferente. Requer organização, estratégia para manter um mínimo de ordem possível numa massa de milhares de foliões, enquanto o primeiro combate pede políticas sociais sérias e até medidas legislativas de maior efeito repressivo.

Misturar as duas coisas é confundir o debate.

Wagner legal no Carnaval


Wagner fala do Expresso 2222, mas fazer quatro que é bom...

Briga burra

Por mais que a Globo tenha carregado nas imagens da violência no Carnaval (mostrar 12 segundos de porrada na Avenida foi demais!), a briga do governador Jaques Wagner com a Vênus é de uma burrice sem tamanho.

Esse é o tipo de confusão na qual o governador só tem a perder e é impressionante que a sua assessoria não o tenha alertado para isso. Tremenda bola fora.

Para o grosso da opinião pública, que não entende nada de edições maldosas e manipulação de informações, restará a imagem de um governador que não enfrenta os problemas e fica procurando inimigo para pôr a culpa.

O momento é de discutir que fatores provocaram esse aumento da violência no Carnaval de Salvador. Houve falha na estratégia de segurança? Houve sabotagem? Enfim, o que não dá é se encher de razão e partir pra cima da Rede Globo.

O governador não pode se comportar como quem ainda está no palanque. Ele precisa assentar a poeira, baixar a bola e rebater as críticas não com bravata, mas com trabalho. Senão fica parecendo menino mimado dando calundu.

O ponto escuro do mapa

Um dos sites de divulgação dos destinos turísticos do estado, o Bahia.com.br, exclui Itabuna dos municípios membros da zona turística da Costa do Cacau. O site é mantido pelo governo estadual e iniciativa privada. Nada aparece quando o internauta clica sobre o nome da cidade no mapa do site, mas Itabuna está incluído na Costa do Cacau desde o final de 2004.

Quanto aos demais destinos-irmãos (Ilhéus, Canavieiras, Santa Luzia, Una, Itacaré e Uruçuca), são exibidas fotos dos principais pontos turísticos, um pouco da história dos lugares e informações sobre como chegar e os meios de hospedagem. O endereço é acessado por turistas de outros estados e estrangeiros. E, claro!, Itabuna não aparece entre as opções de destinos do Bahia.com.br.

Até quando continuaremos sendo o ponto escuro (ou cinza!) deste mapa?

22 fevereiro 2007

Gasparzinho

Até o último dia 15 de fevereiro, o ex-presidente da Ilheustur, Romualdo Pereira, ocupava um cargo de coordenação na Superintendência de Investimentos em Pólos Turísticos, da Secretaria Estadual de Turismo.

Foi exonerado, a pedido.

Bahia importa mais cacau e derivados em 2006

A Bahia exportou menos cacau e derivados em 2006, segundo levantamento do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. A queda alcançou 7% se comparado com o ano anterior. No mesmo período, as importações registraram crescimento de 12%. O superávit neste item da balança baiana ficou em apenas 117.733.000,00 dólares no ano passado. Em 2005, a diferença entre importações e exportações gerou um saldo positivo bem mais significativo: 142.626.000,00 dólares.

A Bahia produziu 137 mil toneladas de cacau em amêndoas e exportou 89 mil toneladas do produto e seus derivados (preparações), dentre eles a manteiga, óleo, pasta e cacau em pó. A retração nos negócios foi sentida na economia regional, ainda grande dependente da monocultura cacaueira. A tabela abaixo mostra o avanço das importações neste item:

Para acessar os dados do agronegócio baiano em 2006, clique aqui.

Depois da webcam, que tal a "webTV"?

DO VALOR ECONÔMICO

Os manda-chuvas da indústria da televisão vêm acompanhando com nervosismo dois escandinavos que têm a reputação de provocar confusões. Nos últimos anos, o sueco Niklas Zennström e o dinamarquês Janus Friis abalaram a indústria da música com a invenção do KaZaA, programa de compartilhamento de arquivos "peer-to-peer" (P2P, ou par-a-par) amplamente usado por internautas do mundo todo para baixar música da internet sem pagar por ela.

Depois, assustaram a poderosa indústria das telecomunicações ao inventar o Skype, outro programa P2P, que permite aos usuários da internet fazer ligações telefônicas grátis entre computadores, e chamadas muito baratas para telefones comuns. (A dupla vendeu o Skype para o eBay, o gigante dos leilões pela internet, por US$ 2,6 bilhões em 2005).

O passo seguinte da dupla foi fundar outra companhia - dessa vez uma que ameaçou devastar a indústria da televisão.

Mas ela acabará fazendo o oposto. O novo serviço, chamado de Joost e que se encontra em fase avançada de testes, é baseado num software P2P que roda nos computadores pessoais, assim como o Skype e o KaZaA. E ele promete transformar a experiência de assistir à televisão ao combinar aquilo de que as pessoas gostam na velha TV com as possibilidades da internet.

Se você for assinante do jornal Valor Econômico, clique aqui para ler a reportagem completa.

Mais sobre o "carnaval violento"

O comentarista político Samuel Celestino comentou a postura da rede Globo em reportagens sobre a violência no carnaval de Salvador e a atitude de enfrentamento adotada pelo governador baiano Jaques Wagner.

Clique aqui e confira o comentário, exibido hoje no programa Balanço Geral, apresentado por Raimundo Varela, na TV Itapoan.

Viação Itabuna tem novo dono

Está confirmada uma forte transação empresarial na cidade. A empresa Viação Itabuna, que divide o serviço de transporte coletivo com a Expresso Rio Cachoeira, foi vendida pelo empresário Valderico Reis.

Os envolvidos no negócio não falam de valores, mas o certo é que os ônibus amarelinhos da VI agora serão controlados pela empresa São Miguel, que detém 75% das linhas do transporte coletivo em Ilhéus.

Comenta-se que o negócio seria uma compensação à São Miguel, que em breve deverá perder parte das linhas que possui em Ilhéus, em favor da Viametro.

21 fevereiro 2007

Praia cheia, garçom esperto

Quem visitou o litoral sul de Ilhéus no feriadão se espantou com o grande número de turistas e cabanas lotadíssimas. Mas uma coisa não muda: o atendimento. Demorado e, na hora da conta, o garçom sempre dá um jeito de acrescentar algo mais que não foi consumido.

Uma cidade que explora o turista - e não o turismo - nunca deixará de ser o que é. Promessa, apenas promessa.

Amantes*

Ariston Caldas

Chegou em casa de Dulce no início da noite. A casa estava fechada e tinha uma lâmpada acesa refletindo claridade por um vidro amarelo da porta da frente, realçando pequenas manchas cor de ferrugem. A rua estava escura e deserta, sem um pé de pessoa.

– Dulce! Dulce! – ele chamou assim. Instante depois a luz se apagou mas tudo continuou em silêncio.

Quando era menino, acordou assustado altas horas da noite sentindo os olhos como se estivessem grudados de goma, com sensação de quem não sabe onde está. O telhado era preto, as paredes eram pretas e nem uma réstia aparecia pela cumeeira, provavelmente era noite de escuro. O jeito foi gritar, assustando o pai e a mãe que dormiam num quarto ao lado.

Mas Dulce não sentia medo. Ela teria apagado a lâmpada, indo sozinha deitar-se na cama, pensando coisas a esmo, no escuro.

– Será que ela esta sozinha? – Indagou-se de súbito com o pensamento vadio. Sentiu ciúme e voltou a chamá-la. Numa casa em frente um sujeito barbudo abriu uma janela e tornou a fecha-la. Estaria curioso ou incomodado.

Lembrou de um vizinho da cara redonda e esparrada que morava parede-meia e se aprecia com um ajudante de caminhão que conhecera na infância. Já o vira conversando com Dulce no passeio e na conversa o sujeito apalpava um braço dela, a momentos. Lembrou que os quintais das duas casas eram separados por um muro baixo que tinha ao lado um pé de pitanga e, em cima, uns jarros com flores amarelas.

Teria ouvido pisadas dentro da casa que continuava escura como breu. Nem podia entrar para a varanda, toda lacrada a cadeado. Impaciente, afastou-se até uma esquina próxima e ficou de olho para um lado, para outro, confuso e nervoso. Voltou e chamou novamente, quase gritando. Ai ouviu ruídos na fechadura. Era Dulce destrancando a porta:

– Ô, gente! – Ela falou meio-assustada.

– Está surda! – Exclamou ele.

– Tava tomando banho – acrescentou Dulce.

– Por que apagou a luz?

– Fui me deitar – concluiu ela, contrafeita, trancando a porta que rangeu sutilmente.

A cabeça dele perturbava-se a cada instante cheia de interrogações. Pensou novamente no sujeito da cara redonda que residia ao lado. O muro que separava os dois quintais passou-lhe outra vez pelo juízo, queimando-lhe o miolo. Entrou para o quarto. Na cama, um cobertor desordenado, dois travesseiros desalinhados e uma toalha de rosto pendurada na cabeceira. “Alguém teria escapulido pela porta dos fundos” – maldou, rebuscando imagens criadas por sua imaginação embaralhada, cheia de cismas. Observou a posição dos objetos, dos móveis. Tudo no lugar de costume. Pensou farejar os panos da cama, mas passou um rabo-de-olho para Dulce e acanhou-se. Apalpou um braço dela – estava quente e enxuto. “Ela não tomou banho agora coisa nenhuma. Está mentindo”. Admitiu, já irritado.

O vizinho da cara redonda voltou a infernizá-lo pulando o muro baixo, cheio de flores, sustentando com uma mão o cós da calça despencando. Foi ao sanitário e viu bem que o piso do banheiro estava enxuto. “Ninguém tomou banho agora por aqui. Mulher é bicho do capeta!” – resmungou. Ao sair do sanitário, cravou um olhar duro para Dulce, mirando-lhe de cima a baixo. Ai o telefone tocou. Dulce atendeu dando-lhe as costas e falando muito baixo, não lhe permitindo ouvir coisa nenhuma. Depois, mordeu o lábio inferior, apertou o olho e desligou o aparelho.

Sem mais questionar nada com ela nem inquiri-la sobre coisa alguma, voltou para o quarto e deitou-se de papo para cima, jogando um braço encolhido sobre a testa.
Passou o resto da noite sem pregar um olho, virando-se de um lado para o outro, cheio de maldade e de dúvidas. Ao amanhecer tirou uma madorna e sonhou com o sujeito da cara redonda pulando o muro do quintal.

– Pilantra! – gritou, atordoado, já sentado no meio da cama. Dulce, de sono solto, mexeu-se de leve e ressonou profundamente, virando-se para a parede.

– Porra! – Acrescentou ele, já perfeitamente acordado.


Trecho do livro Linhas Intercaladas, de Ariston Caldas, que faleceu ontem, em Salvador. O escritor e jornalista nasceu em Ihambupe, norte da Bahia, em 15 de dezembro de 1923. Ainda menino, veio para o sul do estado, primeiro Uruçuca, depois Itabuna. Em 1970 se mudou para Salvador onde residiu por 12 anos.

Jornalista de profissão, Ariston trabalhou nos jornais A Tarde, Tribuna da Bahia e Jornal da Bahia e fundou o periódico Terra Nossa, da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado da Bahia; em Itabuna, foi redator da Folha do Cacau, Tribuna do Cacau. Diário de Itabuna, entre outros. Foi também diretor da Rádio Jornal
. Dedicou os últimos anos de sua vida à produção literária.

A dor de cotovelo do chefe

A Rede Globo conseguiu ser mais violenta do que o crime no carnaval de Salvador. No Jornal Nacional, a festa na capital baiana se destacou, segundo a reportagem, pela violência. Abordou as mortes, ocorrências policiais e arrastões em ônibus.

Para "comprovar" o que dizia, a TV selecionou uma briga (das corriqueiras em carnavais) e a exibiu durante doze segundos no jornal de maior audiência do País. O Correio da Bahia completou o serviço na edição de hoje.

Em tempo: o número de ocorrências policiais aumentou cerca de 30%, mas a realidade está longe, muito longe daquilo que tentou "mostrar" a rede Globo, via TV Bahia, emissora do senador que ama a nossa terra, Antônio Carlos Magalhães. Quanto ao carnaval do Rio de Janeiro e do Recife...

Confira o vídeo aqui.

E, neste outro vídeo, confira uma reportagem exibida logo após o "carnaval violento".

Morre Ariston Caldas

A edição on line do jornal A REGIÃO traz uma notícia triste nesta quarta-feira de cinzas. Morreu na noite de ontem, em Salvador, vítima de complicações decorrentes de um enfisema pulmonar, o jornalista, poeta e escritor Ariston Caldas.

Ariston nasceu no norte da Bahia, em Inhambupe, mas construiu carreira em Itabuna, além de ter trbalhado em jornais da capital (A Tarde, Tribuna da Bahia e Jornal da Bahia) na década de 70.

Há alguns anos, Ariston Caldas abandonou o jornalismo e vinha se dedicando à poesia. Sua última obra, porém, foi em prosa, com o livro Linhas Intercaladas, publicado em 2004 pela editora Via Literarum. O escritor tinha 83 anos.

"Eu leio o Pimenta"

O jornalista Eduardo Lins aportou em Itabuna neste Carnaval chuvoso. Ele, que já foi repórter das TVs Cabrália e Subaé, realiza no momento um bom trabalho na TV Sudoeste, afiliada da Globo em Vitória da Conquista.

Eduardo é de Itabuna e revelou que costuma matar as saudades da terrinha lendo diariamente o blog Pimenta na Muqueca.

Campanha da Fraternidade

A CNBB lança hoje a Campanha da Fraternidade 2007, que tem como tema a Amazônia. Discutir com a sociedade questões como desmatamento e conflitos fundiários na região é o objetivo da Igreja Católica.

No documento que apresenta a campanha, a CNBB critica os governos pela negligência em questões como a grilagem de terras e condena a concessão de liminares em favor do latifúndio.

Vai pegar fogo.

19 fevereiro 2007

Ivete de calundu

Toda estrela balzaquiana tem seus dias de calundu e as popstars baianas não poderiam fugir a essa regra. Ivete Sangalo tenta disfarçar os seus ataques com um jeito brincalhão, mas nem sempre consegue deixar de revelar o que é, pura e simplesmente, desrespeito mesmo.

Não obstante todo o sucesso, Ivete mantém um preconceituoso provincianismo com relação aos profissionais de imprensa da terrinha. Vejam como a musa se comporta nas entrevistas concedidas a jornalistas do eixo Rio-São Paulo e como ela trata os "focas" baianos. A diferença é gritante.

Andréa Silva, da TV Bahia, comprovou isso nesta segunda-feira de Carnaval. Enquanto a jornalista tentava entrevistar Dona Ivete no camarim do trio elétrico, a cantora abusava do desdém e fazia rir seus convidados globais, entre eles Gianechinni e Cléo Pires. O Júnior (irmão da Sandy) gargalhava das respostas atravessadas da musa. Mas Andréa Silva, com um domínio extraordinário, mantinha o bom humor e seguia com as perguntas.

Logo no começo da entrevista, Ivete constrangeu Andréa, criticando o cabelo da repórter. Depois, quando perguntada sobre como mantinha o corpo bem cuidado, Ivete respondeu, cheia de veneno: "Filhinha, corpo não é só questão de trato, é também de destino". Modéstia e humildade passaram longe.

Teve mais. Andréa perguntou se Ivete participava da elaboração do seu figurino. Mais uma vez a resposta veio de mau jeito: "É, a gente tem que se arrumar, pois se fosse pra cantar com qualquer roupa, eu cantava de dentro do camarim".

Não faltarão defensores para dizer que esse é o jeitão doido de Ivete. O cacete! Se a entrevistadora fosse Fátima Bernardes ou até mesmo João Dória Júnior, o tratamento seria inteiramente outro. Ivete demonstrou absoluta falta de respeito com uma profissional de imprensa baiana, que enfrentou com extrema paciência o deboche da cantora.

Pelo jeito, na próxima oportunidade a TV Bahia terá que procurar um entrevistador global para uma artista que às vezes parece se esquecer de onde veio.

18 fevereiro 2007

Uesc divulga 2ª chamada do Vestibular 2007

A Universidade Estadual de Santa Cruz divulgou neste final de semana a relação dos aprovados em segunda chamada do vestibular 2007. Os convocados devem efetivar a matrícula no dia 26, no colegiado do curso, entre 8h e 12h e 13h e 16h.

SEGUNDA CHAMADA UESC 2007

ADMINISTRAÇÃO – MATUTINO
ALINA SILVA DE CARVALHO 1349747947 SSP/BA
DEVID S. PINHEIRO NASCIMENTO 1269161954 SSP/BA
EDÉSIO M. CAVALCANTI FILHO 1301317411 SSP/BA
ILUSCA MARIA OINHEIRO SILVA 0956255345 SSP/BA (Insc. 72594)
LUIZ WAGNER SILVA DOS SANTOS 1149340290 SSP/BA
RODRIGO SANTOS DA SILVA 1271195313 SSP/BA

ADMINISTRAÇÃO – NOTURNO
FABIANE LOUISE BITTENCOURT PINTO 595581137 SSP/BA

AGRONOMIA – 1º SEMESTRE
CARLOS RAFAEL MOREIRA FONSECA 1149275375 SSP/BA
GLAUCIO DIAS GONÇALVES MG-13741395 SSP/MG
IVY G. COUTO SETTE DE ALMEIDA 1201463556 SSP/BA
MATHEUS REIS LOPES 1176793993 SSP/BA
PRISCILA BARBOSA RIGAUD 990325032 SSP/BA
RAFAEL ARLLEY BOMFIM CARVALHO 1398729060 SSP/BA

AGRONOMIA – 2º SEMESTRE
ALEXANDRE NOGUEIRA DE C. BRITO 1210916355 SSP/BA
CLECIO DA SILVA SOUZA 0998715050 SSP/BA
MICHELLE DA SILVA PINTO 09254461 69 SSP/BA
MURILLO CALAZANS THOMAZ 12668524 09 SSP/BA
RAMON DA SILVA ARGOLO 1302399330 SSP/BA
THAIS R SILVA VASCONCELOS 1009285793 SSP/BA

CIÊNCIAS BIOLÓGICAS – LICENCIATURA – 1º SEMESTRE
ALEZANIA SILVA PEREIRA 784526605 SSP/BA
DANIELLE GIGANTE TRANCOSO 1178244539 SSP/BA
GEISA OLIVEIRA ALVES 1324167351 DPF/BA
MARIA FRAGASSI LAGO 1167143108 SSP/BA
MILENA PASSOS DE SOUZA 1340812851 SSP/BA

CIÊNCIAS BIOLÓGICAS – LICENCIATURA – 2º SEMESTRE
DIEGO ENDRADE DE OLIVEIRA 1347669035 SSP/BA
FRANCISCA G. C. DE OLIVEIRA 1151933325 SSP/BA
JAMILLE DO VALLE FERREIRA 1367333520 SSP/BA
KATIANE SOUZA GOES 1173725873 SSP/BA
MARÍLIA BISPO DE SANTANA 1266100962 SSP/BA

CIÊNCIAS BIOLÓGICAS – BACHARELADO
CAMILA PARANHOS AZEVEDO 980631033 SSP/BA
CARLOS AUGUSTO SOUZA COSTA 250807335 SSP/BA
JOAB DE SANTANA SANTOS 885436504 DPF/BA
LEONARDO RODRIGUES PALMA 1296084086 SSP/BA
LUÍZA REIS DE SOUZA 959384782 SSP/BA
RAQUEL MACIEL PAULO DOS ANJOS 1115812068 SSP/BA

BIOMEDICINA
ALEXANDRA GALVÃO GOMES 886027888 SSP/BA
AMANDA DOS SANTOS TELES 1168771200 DPF/BA
EDUARDO VITA ARAGÃO 0968971121 SSP/BA
JAIRO DA SILVA MUNIZ SOBRINHO 1261900545 SSP/BA
LARISSA XIMENES FEDULO 936197749 SSP/BA
MARCELLE SOUSA LACERDA 1253373299 SSP/BA
NILTON NASCIMENTO DOS S. JÚNIOR 1204703493 SSP/BA
PEDRO WENDEL SILVA PEREIRA DIAS 1298490901 SSP/BA

CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO – 1º SEMESTRE
CARLOS MATHEUS SANTANA JANUÁRIO 1173681213 SSP/BA
FÁBIO GASPARI M. M. BARRETO 912269880 SSP/BA
MAGNO AGUIAR CARVALHO 939878119 SSP/BA
OLDAC TAVARES DE ARAÚJO 995299390 SSP/BA
UESLEI SANTOS LIMA 11587641 38 SSP/BA

CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO – 2º SEMESTRE
CARLOS HENRIQUE ALMEIDA DOS SANTOS 1126223565 SSP/BA
DANIEL SOARES SANTOS 1137225599 SSP/BA
GABRIEL KAJIYA GOMES FERREIRA 5188416 SSP/GO
IGOR DE SOUSA LIMA COUTINHO 0871706806 SSP/BA
THELLES DE OLIVEIRA SILVA 1465738460 SSP/BA

COMUNICAÇÃO SOCIAL – 1º SEMESTRE
ANA PAULA NEVES DOS SANTOS 1298385008 SSP/BA
ARIOMAR J. FIGUEIREDO DA SILVA 271061103 SSP/BA
LÍVIA SILVA GOUVEIA 1196113416 SSP/BA
LUANA LAGO ALMEIDA 1350125202 SSP/BA
THALLINE NASCIMENTO GONÇALVES 821409018 SSP/BA
THIAGO SANTOS FERREIRA 1299006213 SSAP/BA

COMUNICAÇÃO SOCIAL – 2º SEMESTRE
DÉBORA MONIQUE BENTO DOS SANTOS 1148394176 SSP/BA
JEREMIAS BARRETO SOUZA 1203412711 SSP/BA
LÍVIA SOUZA DOS SANTOS 1200285220 SSP/BA
MARCELLA B. C. N. DE MENEZES 09308847-79 SSP/BA
MILENA MARA REIS DOS SANTOS 1208141457 SSP/BA
WILSON SANTOS E. SILVA JÚNIOR 11625413 DPF/BA

CIÊNCIAS CONTÁBEIS
VICTÓRIA FONSECA CARVALHO 1383084629 SSP/BA

DIREITO – MATUTINO
ALANA DIAS SANTANA 1016382723 SSP/BA
ANNA CARLA MATOS DE MENEZES 1116670704 SSP/BA
DANILO SOUSA ARAÚJO 1410697169 SSP/BA
EVERTON PINHEIRO ANDRADE 1168523990 SSP/BA
FERNANDA NUNES MORAIS DA SILVA 1000787370 SSP/BA
ILLANA LARISSA P. M. ANDRADE 1142802159 SSP/BA
RAFAEL NEYRA DE ARAÚJO 970932898 SSP/BA
SAMILY MACEDO ROCHA 947047409 SSP/BA
SHIRLEY ANTUNES N. DOS SANTOS 513975608 SSP/BA
SINÉSIO BOMFIM SOUZA TERCEIRO 1308973454 SSP/BA
TAINA DA CUNHA LUZ 1118797442 SSP/BA
YURI BACELAR MATOS 1317188608 SSP/BA

DIREITO – NOTURNO
ALAN LOPES BITTENCOURT 1001524810 SSP/BA
BRUNO ROBERTO BAGDEDE P. LIMA 0859706540 SSP/BA
HENRIQUE AMORIM DOS SANTOS 1352209128 SSP/BA
INGRID EMANNUELE VIEIRA SANTOS 1166868800 SSP/BA
JESSE DA COSTA SILVA 1912804 53 SSP/BA
JOÃO PEDRO P. ALVES DE SOUZA 0921543280 SSP/BA
MÁRCIO MAGNO GOMES DE SOUZA 351329900 SSP/BA
MATHEUS SANTOS NUNES DE SOUZA 1116640473 SSP/BA
PEDRO VIEIRA NETO 1131582209 SSP/BA

CIÊNCIAS ECONÔMICAS – MATUTINO – 1º SEMESTRE
ADRIANA DOS SANTOS SANTANA 439103355 SSP/BA
LILIAN NUNES LIMA 1255893796 DPF/BA
MARIANA MASSENA 1444555014 SSP/BA
RENATA RIBEIRO BORBA 1355823692 SSP/BA

CIÊNCIAS ECONÔMICAS – MATUTINO – 2º SEMESTRE
IVANILDO ANDRADE SILVA 915246520 DPF/BA
LAIS GANTOIS PALLADINO 943737281 SSP/BA
RENATA VIEIRA DE ABREU 1298137292 SSP/BA
ROBERT MACEDO DOS S. COSTA 1118362802 SSP/BA

EDUCAÇÃO FÍSICA
EMILIO LUCAS FERREIRA LIMA 14466082270 SSP/BA
HADONIS GOMES DA SILVA GALLY 1343500907 SSP/BA
LAIS NOVAES DA SILVA 1114434159 SSP/BA

ENFERMAGEM – 1º SEMESTRE
IASMIM LIMA AGUIAR 958532940 SSP/BA
ISABELLA BATISTA PIRES 960141561 SSP/BA
KARLA THAYSE MENDES SOARES 02614941557 SSP/BA
MARCELO ARAÚJO DE SOUSA 1207879037 SSP/BA
MARIANA GOMES CRUZ 1276704674 SSP/BA
RIZIA DE MELO MENDES 1138882445 SSP/BA
SAULO OLIVEIRA NASCIMENTO 0962857106 SSP/BA

ENFERMAGEM – 2º SEMESTRE
CAIO VENAS FIGUEIREDO ROCHA 1139614134 SSP/BA
CHRISTIAN DOMANY NERY NEVES MG-14292470 SSP/MG
DANIELA DA SILVA BARBOSA 11421533-20 SSP/BA
ISABELA SANTANA NASCIMENTO 1296201066 SSP/BA
LAIO MAGNO SANTOS DE SOUSA 1141456958 SSP/BA
MARIANA ACTES BITTENCOURT 769093523 SSP/BA
NATALIA FERREIRA S. RODRIGUES 901140945 SSP/BA

ENG. DE PRODUÇÃO E SISTEMAS – 1º SEMESTRE
GABRIELLE HARUMI YAMASHITA 1197697861 SSP/BA
MAGNO DE ARAÚJO SANTANA JÚNIOR 998639877 SSP/BA
LUCAS DIAS VELOSO 1295135043 SSP/BA

ENG. DE PRODUÇÃO E SISTEMAS – 2º SEMESTRE
ILANA MOTA DE ALMEIDA 1006880712 SSP/BA
MARCUS VINÍCIUS RODRIGUES MOTA MG-8543798 SSP/MG
MARÍLIA RIBEIRO SANTOS 8081448642 SSP/RS

FILOSOFIA – VESPERTINO – 2º SEMESTRE
LUCIANA SANTOS OLIVEIRA 1210170795 SSP/BA

FILOSOFIA – NOTURNO
ADRIANA MARIA OLIVEIRA SANTOS 593500830 SSP/BA

FÍSICA – BACHARELADO
DANIEL PEDREIRA RODRIGUES 970238258 SSP/BA
DANIEL SANTIAGO DE SOUSA 1329368363 SSP/BA
RAFAEL CARVALHO PADILHA 09289300 76 SSP/BA
RÉGIS GOMES AMORIM 1401487106 SSP/BA
RUY TORES DORIA NETO 1207301540 SSP/BA

GEOGRAFIA
WILLIAN MORAIS ANTUNES SOUSA 2001097077673 SSP/CE

HISTÓRIA – 1º SEMESTRE
ISMAEL GALO DA CRUZ 86215515 SSP/BA
MICHELLE LIMA PALAFOZ 1152533355 SSP/BA

HISTÓRIA – 2º SEMESTRE
BERENALDO NETO SILVA 569726280 SSP/BA
BRUNO ALESSANDRO G. MOREIRA 1304010805 SSP/BA

LÍNGUAS ESTRANGEIRAS APLICADAS
ALEXANDRE BAHIA SANTOS 844389919 SSP/BA
ALEXANDRE DO NASCIMENTO CHAGAS 18272339-2 SSP/SP
AROLDO JOSÉ DIAS JUNIOR 1085896734 SSP/RS
KAIO OLIVEIRA PEIXOTO 1119329205 SSP/BA
KALINE BRANDÃO RIBEIRO 1205900420 SSP/BA

LETRAS – DIURNO
DANIELLE ALVES DE OLIVEIRA 1302647768 DPF/BA
JONATAS SANTOS PEREIRA 1457113317 SSP/BA
LAISE APARECIDA N. BARACHO 1450448828 SSP/BA
RAFAEL SIMÕES MENDES OLIVEIRA 1149146648 SSP/BA

MATEMÁTICA – BACHARELADO
JOSÉ ULIAN CARDOSO ALMEIDA 13485254 01 SSP/BA
MARIA LUIZA TRIPODI CALUMBY 1260367991 SSP/BA
MEIZON DE SOUZA RIGAUD 1013513568 SSP/BA

MEDICINA
ARGUS FERNANDES CUNHA SANTOS 09620520 27 SSP/BA
CAROLINE SANCHO SILVA SANTOS 1115674323 SSP/BA
CIBELLE TEIXEIRA DA S. BORGES 12932798 03 SSP/BA
DIOGO MARCOS LOPES DE ALMEIDA 1119371830 SSP/BA
EVA CAROLINA ANDRADE ROCHA 1361429585 SSP/BA
FERNANDO MORBECK ALMEIDA COELHO 1124865764 SSP/BA
JAMERSON DE ALMEIDA SAMPAIO 1200805755 SSP/BA
KARLA ORSINE MURTA MG 13941997 SSP/MG
LEONARDO FREITAS LOPES 977546764 SSP/BA
LILIA MATOS SARAIVA 1173390162 SSP/BA
RAFAELLE CRISTINE O. CORDEIRO 1260460266 SSP/BA
THAIS MELLO RODRIGUES 970642628 SSP/BA
VANESSA CRUZ AFONSO 1286672813 SSP/BA
VICTOR RODRIGUES DONATO 1214098800 SSP/BA

MEDICINA VETERINÁRIA
BRUNA ARGOLO CAMARGO 915387859 SSP/BA
DAVI SILVA MELLO 1315332400 SSP/BA
GLAUBER BRAUER B. DE SOUZA 1142034909 SSP/BA
IGOR BOULHOSA RODAMILANS 1154438198 SSP/BA
JOÃO GABRIEL MASCARENHAS 912242175 SSP/BA
JORGE LUIZ DA C. VIANA JUNIOR 1363285718 SSP/BA
LEONARDO RIBEIRO DE OLIVEIRA 1430016558 SSP/BA
LORENA PAULA FIGUEIREDO 2527817 SSP/DF
THAMARA DA SILVA LAGO 1436306361 SSP/BA

PEDAGOGIA – MATUTINO
NEIVA SORAIA D. ARAÚJO MOREIRA 511061919 SSP/BA

PEDAGOGIA – NOTURNO
LUCILEIDE DE SANTANA CHAVES 1167901991 SSP/BA
RITA DE CÁSSIA A. S. SILVA 535043643 SSP/BA

QUÍMICA - LICENCIATURA
ACACIO SANTANA FERREIRA 731548817 SSP/BA
JOSÉ RODRIGO SODRÉ DE SOUSA 1163991554 SSP/BA
JOSEANE MARIA DE A. D. BATISTA 07240180 00 SSP/BA

Baiano quer 'camisinha' maior

O Ministério da Saúde fará pesquisa para saber se há demanda para 'camisinhas' maiores do que as distribuídas em todo o País. ONGs da Bahia, Pernambuco e Tocantins que trabalham em ações de prevenção a doenças sexualmente transmissíveis e aids defendem que o Ministério compre preservativos de 55 milímetros de largura.

Atualmente, o Ministério distribui camisinhas em tamanhos que variam entre 49 a 53 milímetros de largura. As camisinhas maiores "comportariam bem" o 'bilau' dos machos baianos e dos outros dois estados, argumentam as ONGs. Os especialistas dizem que há três tamanhos de 'bilau': o pequeno, o médio e o mentiroso.

Descarbonizando o Carnaval da Bahia

EDUARDO ATHAYDE

----------------
Cada trio elétrico precisa plantar cerca de cem árvores para
neutralizar o carbono emitido no circuito da folia. O exemplo serve para todos

----------------

REGISTRADO no livro dos recordes, "Guinness Book", como a maior festa popular de rua do planeta, o Carnaval da Bahia, ponto de encontro da mídia internacional, envia sinais de descarbonização para o mundo. Quem tem visibilidade e responsabilidade internacional está dando a sua contribuição para minorar a crise climática que afeta o planeta. Cada trio elétrico precisa plantar cerca de cem árvores para neutralizar o carbono emitido no circuito da folia.

A bromélia barba-de-velho ("Tillandsia usneoides"), que retém partículas de poluentes maléficos à saúde humana, está sendo usada pela Secretaria de Meio Ambiente no biomonitoramento do ar de Salvador. O exemplo da maior festa popular do planeta serve para todos. Trios elétricos, hotéis, aerolinhas, telefonia móvel e cervejarias fazem inventários para neutralizar suas emissões. A partir de agora, festivais, congressos, seminários e mesmo a Fórmula 1 terão de ser descarbonizados.

No ultimo meio século, a população urbana mundial foi de 732 milhões, em 1950, para mais de 3,2 bilhões, em 2006. Embora as cidades cubram só 0,4% da superfície terrestre, elas são a maior fonte de emissões mundiais de carbono, o que as torna cruciais para amenizar a crise climática. A contabilização dos prejuízos das mudanças climáticas empurra o mundo para a era da descarbonização.

Prefeito reeleito de Nova York, o empresário milionário Michael Bloomberg, sabendo que parte das emissões de carbono resulta das atividades domésticas e que famílias emitem, em média, 45 toneladas de carbono/ano, anunciou planos para sua cidade ocupar a liderança na redução de emissão de gases de efeito estufa como uma das formas de melhorar a economia e atrair turistas.

A Bahia, de olho no fluxo de turistas, está oferecendo para Bloomberg trios elétricos descarbonizados, únicos no mundo, para ajudar nos seus objetivos.
Corporações sediadas no mundo industrializado aumentam as suas receitas com projetos de redução de emissões: "Carbon down, profits up". Apenas quatro delas, a Norske Canada, Bayer, Dupont e BT (algumas enviando executivos para o Carnaval baiano), reduziram a emissão em 60%, economizando US$ 4 bilhões.

Para ler a íntegra, clique aqui se for assinante da Folha de São Paulo ou Uol.

ACM de saias

"Fátima Mendonça, mulher de Jaques Wagner, governador da Bahia, tem personalidade forte e fama de durona. Em menos de dois meses como primeira-dama, já ganhou apelido: a nova ACM da Bahia.

Com todo o respeito."

Ancelmo Gois

17 fevereiro 2007

Enquete dá apenas nove votos a Fernando

Os comunistas não sossegam nem mesmo no carnaval. O vereador Luís Sena disparou de vez na liderança da enquete a prefeito de Itabuna. Ele detém, no momento, quase 50% dos votos. Dos 918 votos, Sena levou 453.

O mais próximo é o ex-vice-prefeito e ex-deputado estadual, Renato Costa, com 177 votos, seguido à distância pelo ex-prefeito Geraldo Simões, com 104. O atual prefeito, Fernando Gomes, tem apenas 9 votos, e o seu vice, Capitão Azevedo, 3. Acompanhe abaixo o resultado parcial até às 22h deste sábado:

Fernando Gomes 0,98% (9 votos)
Capitão Azevedo 0,33% (3 votos)
Luís Sena 49,35% (453 votos)
Édson Dantas 2,18% (20 votos)
Roberto de Souza 1,42% (13 votos)
Geraldo Simões 11,33% (104 votos)
Renato Costa 19,28% (177 votos)
Ubaldo Dantas 0,65% (6 votos)
Edmon Lucas 1,20% (11 votos)
Geraldo Briglia 0,65% (6 votos)
José Adervan 2,72% (25 votos)
Marcel Leal 9,91% (91 votos)
Total: 918 votos

Os sons dos 15 últimos carnavais (de Salvador)

Você lembra quais foram as músicas vencedoras dos 15 últimos carnavais baianos?

Afora as divergências quanto à qualidade das composições, todos sabem que a axé music é ditada pelo 'remelexo', batida e aês, aês. Então, vamos relembrar os sons dos últimos carnavais de Salvador.

Por mais que tampemos os "ouvidos", há alguma coisa boa em parte das letras. O A Tarde selecionou as vencedoras do Troféu Dodô&Osmar de 1992 a 2006.

Clique aqui e confira a relação das músicas e aqui para ouvir trechos delas.

Aos saudosistas, vamos colocar no ar uma relação de marchinhas dos antigos carnavais.

16 fevereiro 2007

Nudez permitida

No carnaval de Salvador tem mulher fazendo sucesso ao mostrar o corpo despido da mais elementar pecinha de roupa. VejaAqui.

Músicas do carnaval 2007

O Jornal A Tarde selecionou 15 músicas candidatas a serem as mais tocadas do carnaval 2007 de Salvador.

Entre as mais executadas estão Berimbau Metalizado (Ivete Sangalo), Problemática (Parangolé), Quebraê (Asa de Águia), Quero a Felicidade (Daniela Mercury), Chicleteiro eu, chicleteira ela (Chiclete com Banana) e Tá Bom (Netinho).

Clique aqui e conheça a lista das mais tocadas, além de ouvir trechos das "canções".

15 fevereiro 2007

Itabuna sem merenda escolar

Irregularidades na prestação de contas podem levar o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) a não liberar os recursos para a merenda escolar da rede municipal de ensino em Itabuna. A decisão afeta, diretamente, vinte e três mil alunos da rede. O início do ano letivo está previsto para o dia 26.

E o que dirá o prefeito Fernando Gomes?

Sem pano pra manga

Mal assessorado, o prefeito Fernando Gomes inicia caminhada solitária na briga que tenta travar com os atores emergentes da política regional.

Com as dificuldades financeiras de suas gestões, os prefeitos entenderam que Fernando quer apenas briga e factóide para ocupar espaço na mídia.

Briguinha somente faz bem a Fernando. E isso não garante o salário do funcionalismo, os recursos e as obras que rendem votos na eleição que se avizinha.

Valderico no PDT

O prefeito de Ilhéus, Valderico Reis, deve finalizar em poucos dias o processo de filiação ao PDT. A operação visa aproximá-lo do novo governador baiano, Jaques Wagner. O prefeito ilheense está sem partido após brigar com o presidente estadual do PMDB, Geddel Vieira Lima, em 2005.

PMDB de Renato conversa com o PT

O PMDB itabunense começou a discutir com o governo estadual a ocupação de cargos. Quem lidera o diálogo é o médico e ex-deputado Renato Costa. Ricardo Xavier fica à espreita, mas também será atendido. Ibametro, Derba e Ciretran são os postos almejados, acertados.

Exposição ganha destaque no El País

A exposição fotográfia ao ar livre do publicitário Sérgio Guerra ganha o mundo. O jornal espanhol El País fez reportagem sobre Salvador Negro Amor, a exposição que dividiu opiniões entre antropólogos e ganhou o soteropolitano por revelar aquilo que sempre tentam esconder, os seus mais genuínos, verdadeiros habitantes.

Para ler a reportagem, clique aqui.

Inundação no presídio

O presídio de Itabuna, que demorou de ser inaugurado por problemas de abastecimento de água, está neste momento, ironicamente, com o seu andar térreo submerso. A situação é conseqüência das fortes chuvas que caíram ontem à noite e durante a madrugada.

A direção do presídio transferiu para o primeiro andar todos os presos que ocupavam o térreo.

Lojas Maia amplia rede na BA

Patrick Cruz

"Terceira maior varejista do Nordeste, depois de Insinuante e da mineira Ricardo Eletro, a Lojas Maia vai reforçar sua presença na região nos próximos dois anos. Num claro movimento de defesa contra a possibilidade de chegada de concorrentes como Ponto Frio e Casas Bahia, a empresa vai inaugurar mais 25 unidades em 2007, dez delas na Bahia. O investimento na expansão não foi revelado.

Fundada na Paraíba há 47 anos, a Lojas Maia, que faturou quase R$ 500 milhões no ano passado, atua exclusivamente no Nordeste. Com três mil funcionários, a rede possui 120 lojas. O maior interesse da concorrência pela região, diz Anelisa, explica-se pela expansão do crédito e pela disseminação de programas oficiais de complementação de renda, como o Bolsa Família.

A Lojas Maia é especializada na venda de eletrodomésticos e móveis. O valor médio de suas vendas é de R$ 280,00. O foco da expansão será dado a Pernambuco e Bahia. A decisão explica o fato de a Lojas Maia fazer neste ano seu primeiro grande investimento em ações de marketing relacionadas ao carnaval. O aporte na festa será de R$ 1 milhão, com R$ 800 mil reservados para o carnaval de Salvador e R$ 200 mil para o de Recife.

Valor Econômico, hoje. (assinantes podem ler a reportagem na íntegra clicando no link ao lado)

Um dos focos da ampliação é a região sul da Bahia. Há menos de um mês, a rede Lojas Maia adquiriu o prédio do antigo Hiper Messias, em Itabuna. O local funcionará como loja e grande central de distribuição para as demais regiões do estado e parte do Nordeste.

Cachoeira


O feriadão que começa neste fim de semana será propício a filmes, pipoca, um bom livro ou uma boa... De acordo com a meteorologia, chove pelo menos até domingo, com direito a relâmpagos e trovoadas.

Em tempos assim, muitos itabunenses têm o hábito de ficar olhando a força súbita do Rio Cachoeira. É como se o rio dissesse que está vivo, apesar de todo o mal que lhe fazem.

O último que sair, feche a torneira

Em 20 anos, faltará água para 60% do mundo, diz ONU

da BBC, em Londres


Dentro de 20 anos, uma proporção de dois terços da população do mundo deve enfrentar escassez de água, de acordo com a FAO, agência das Nações Unidas para agricultura e alimentação, sediada em Roma.

Segundo a FAO, o consumo de água dobrou em relação ao crescimento populacional no último século.

Pouco mais de um bilhão de pessoas em todo o mundo já não têm acesso a água limpa suficiente para suprir suas necessidades básicas diárias, disse Pasquale Steduto, diretor da unidade de gerenciamento dos recursos hídricos da FAO.

Segundo ele, mais de 2,5 bilhões não têm saneamento básico adequado.

Steduto pediu maior esforços nacionais e internacionais para proteger os recursos hídricos do planeta.

PARA LER (E SE ESPANTAR) MAIS, CLIQUE AQUI.

A bandinha da Tonet!

Após tirar o cheiro de morfo do colunismo social sul-baiano, a jornalista Maria Antonieta (Tonet) será homenageada pela Banda do Vesúvio, em Ilhéus, nesta quinta.

Antonieta é das que preferem boates a chiques salões de festa, está sempre antenada e nas baladas. Suas colunas não têm aquele ar démodé das dondocas, batido, batido...

Independente de suas posições, sabe cativar o leitor e viu primeiro do que os outros que os mais novos também gostam de estar nas colunas sociais.

Bom dia, Vietnã; Bom dia, Brasil!



A voz de Louis Armstrong é inconfundível, cantando What a wonderful world então... Difícil ouvir a música e não lembrar do filme Bom Dia, Vietnã. Com interpretação de fôlego de Robin Williams, um cronista procurava sempre denunciar o absurdo da guerra armada pelos Estados Unidos no país asiático. Por aqui, a guerra é outra, também absurda, mas que não pode nos impedir de imaginar um mundo melhor (ou maravilhoso).

14 fevereiro 2007

Atlético canta de galo na toca do Tigre

São Pedro não ajudou. Choveu torrencialmente no início da noite e durante a 'peleja'. Para completar um quadro adverso, a equipe ainda se desfigurou em campo com duas expulsões logo no primeiro tempo. Na etapa final, baile do adversário num estádio impróprio para o futebol... E o juiz...

Assim, não durou mais que uma partida o sonho do Colo Colo na Copa do Brasil. O time perdeu por 3x1, em casa, mas mostrou-se valente e recebeu os aplausos da torcida no encerramento do jogo. A diferença de dois gols favorável ao Atlético Mineiro impedia a partida de volta, em Belo Horizonte. Fazer o quê? Regulamento é para ser cumprido...

O sonho de continuar na competição permanecia vivo. Aos 18 minutos, o Tigre ilheense, apenas com nove jogadores em campo, levou a segunda esporada do Galo. Vanderlei (isso lá é nome de jogador?) foi o autor da obra. A chance se esvaiu com o terceiro e último gol do adversário. Éder Luís não deu sopa para o azar e decretou Colo Colo 1x3 Atlético.

O time ilheense até mostrou força no primeiro tempo, mas sofreu com o desequilíbrio dos jogadores Marcus Vinícius e Rodrigo e a arbitragem considerada duvidosa do juiz Fernando Assunção. Com vantagem no número de jogadores, a equipe mineira soube construir o placar que o liberou de um segundo confronto com o Colo Colo.

Torcida ilheense chama juiz de "ladrão"

Irritada com as marcações do árbitro de Colo Colo e Atlético-MG, a torcida já apelidou o juiz Fernando Assunção: 'Edílson, Edílson'...

Outros preferem ir na jugular e, sem rodeios, gritam: "ladrão, ladrão". Os ilheenses não acreditam nas boas intenções do árbitro e estão zangados com as expulsões de Marcus Vinícius e Rodrigo. Os torcedores acham que o senhor Assunção tá dando uma mãozinha pro Atlético.

Esses torcedores...

Juiz expulsa dois do Colo Colo

Precisando vencer, o Tigre ilhense está em campo com apenas nove jogadores. O lateral Marcus Vinícius e o zagueiro Rodrigo foram expulsos pelo árbitro Fernando de Assunção após faltas consideradas "duras".

Tigre empata com o Galo

Após sofrer um gol aos sete minutos de jogo, o Colo Colo foi para cima do Atlético e empatou a partida. O gol do time mineiro surgiu de forte pancada de Marcinho, de fora da área. O goleiro Marcelo falhou e o Galo abriu o placar, aos 7 minutos.

O gol de empate do Colo Colo surgiu em bela jogada. Juca recebeu de Belo e tocou para Marlon, que chutou no meio do gol para empatar, aos 23 minutos. A partida está sendo disputada debaixo de forte chuva, no estádio Mário Pessoa, em Ilhéus.

Vote na nossa enquete para prefeito de Itabuna


Hoje, em quem você votaria para prefeito de Itabuna?

Fernando Gomes

Capitão Azevedo

Luís Sena

Édson Dantas

Roberto de Souza

Geraldo Simões

Renato Costa

Ubaldo Dantas

Edmon Lucas

Geraldo Briglia

José Adervan

Marcel Leal










Sena e Costa continuam liderando enquete

Resultado parcial da enquete para prefeito de Itabuna.

Luís Sena 48,04% (356 votos)
Renato Costa 20,92% (155 votos)
Geraldo Simões 12,69% (94 votos)
Marcel Leal 9,04% (67 votos)
Édson Dantas 2,16% (16 votos)
Roberto de Souza 1,75% (13 votos)
José Adervan 1,62% (12 votos)
Fernando Gomes 1,21% (9 votos)
Edmon Lucas 0,81% (6 votos)
Ubaldo Dantas 0,67% (5 votos)
Geraldo Briglia 0,67% (5 votos)
Capitão Azevedo 0,40% (3 votos)

Total: 741 votos

Esperteza pura

Pais de alunos matriculados em escolas particulares estão perplexos com a esperteza desses estabelecimentos. Eles estão recebendo o aviso de que as aulas serão interrompidas nesta sexta-feira, dia 16, para só reiniciarem no dia 26. Ou seja, dez dias de pura folga.

O que os pais não conseguem entender é o porquê das aulas terem começado no dia 5 de fevereiro e não depois do Carnaval, passada a gandaia de momo. Claro que teria mais lógica, pois não há justificativa para um recesso desse logo após um longo período de férias. Mas a razão das escolas é simples e segue outra lógica, a financeira.

A mensalidade de fevereiro é igual a dos outros meses, mas aula que é bom, só durante 12 dias.

Fora do ar

Duas das principais publicações impressas do sul da Bahia, os jornais Agora e Diário do Sul estão fora da internet desde ontem. Quem acessa o endereço do Diário está sendo direcionado para a página de buscas do Google.

O Agora já retornou, mas a página ainda não foi atualizada.

Nota atualizada às 17h03min.

Os acordos entre petistas e tucanos

"O PT paulista deve hoje referendar seu apoio ao candidato tucano à presidência da Assembléia Legislativa de São Paulo, Vaz de Lima, que foi oficializado ontem, sem disputa, como o postulante do partido. "A tendência é seguir o critério da proporcionalidade, onde o PSDB é a maior bancada e o PT vem logo a seguir. Dentro deste critério, o partido quer a primeira secretaria da Casa. Aqui não tem crise existencial", disse o deputado estadual Fausto Figueira, atual representante do PT na mesa diretora.

O mesmo argumento da proporcionalidade foi usado pelo então líder do PSDB na Câmara, Jutahy Júnior (BA), para apoiar a candidatura de Arlindo Chinaglia (PT-SP) à presidência da Casa. O apoio do PSDB aos petistas gerou uma crise entre os tucanos. Foi lançada então a candidatura própria de Gustavo Fruet (PR) e o partido entregou votos para a eleição de Chinaglia apenas no segundo turno."

Clique aqui se for assinante do jornal Valor Econômico e leia a matéria completa.

MP investigará compra suspeita de medicamentos

Os ministérios públicos Federal e Estadual serão acionados para investigar a suspeita de desvio de R$ 650 mil em Itabuna. O valor foi utilizado pela prefeitura em suposta aquisição de medicamento para abastecer as unidades de saúde do município.

A administração do prefeito Fernando Gomes, que está licenciado, gastou mais de meio milhão de reais na compra entre o final de dezembro e o início de fevereiro. Detalhe: quem procurou as unidades de saúde neste período não encontrou medicamento.

As suspeitas de desvio aumentaram pela "pressa" do prefeito na efetivação da suposta "compra". Fernando optou pela dispensa de licitação, abriu crédito suplementar para a aquisição do remédio "salvador" e pagou à empresa antes mesmo de receber o produto...

Bem, a prefeitura se manterá em silêncio até depois do carnaval, quando Gomes volta das suas merecidas férias.

Eu me amo!!!

Painho. ACM foi destaque ontem no "Correio da Bahia", jornal de sua família. Caderno especial lembrou que há 40 anos o pefelista assumia Salvador para implantar uma "revolucionária administração". Título do material: "40 anos do prefeito do século". Coluna Painel, FSP, hoje.

AeroSerra

"Sabe aquele bordão da campanha presidencial de Geraldo Alckmin - "Vou vender o AeroLula"? Terá que sair do dicionário tucano por um bom tempo. É que o avião do governo paulista, que Alckmin se orgulhava de ter vendido, um HS, foi recomprado pelo governo de SP e está sendo usado pelo atual governador, José Serra.

A aeronave foi comprada pela Cesp, a companhia energética de SP, em 1985, e desde então era usada pelos governadores. Alckmin tentou vendê-la quatro vezes, até que o sucessor, Cláudio Lembo, se desfez dela quando parte da Cesp foi privatizada -e o avião foi vendido junto, por US$ 4 milhões."MB, FSP, hoje.

Governador baiano na "folia itinerante"

"A turma de governadores galãs deve mesmo arrebentar no Carnaval: vão para o Galo da Madrugada, em Recife, além do anfitrião Eduardo Campos, os já anunciados Jacques Wagner, da Bahia, Aécio Neves, de Minas Gerais, Sérgio Cabral, do Rio de Janeiro -e Cassio Cunha Lima, da Paraíba. Depois parte da turma segue para Salvador e Rio de Janeiro."

Mônica Bergamo, Folha de São Paulo, hoje.

13 fevereiro 2007

Wagner diz que Souto "se omitia"

Numa entrevista ao programa Balanço Geral, de Raimundo Varela, o governador Jaques Wagner respondeu às críticas do ex-governador Paulo Souto ao Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). O ex-governador fez o contraponto político e administrativo em artigo publicado no jornal A Tarde.

"A crítica (de Souto) é repetida, mas quero registrar que o governo da Bahia se omitia na negociação com o governo federal e, agora, não se omite mais", replicou Wagner, também atacando o "líder' de Souto, sem citar o nome.

Clique aqui e confira em vídeo a resposta do atual governador baiano, na íntegra.

Tigre quer depenar o Galo

O Colo Colo estréia na Copa do Brasil nesta quarta-feira. A participação inédita terá como primeiro desafio o Atlético Mineiro, em partida marcada para as 21h, no estádio Mário Pessoa. O ingresso custa R$ 25,00 a arquibancada e R$ 15,00 a geral. A procura por ingressos começou desde a sexta-feira passada.

O Tigre ilheense entra em campo tendo como exemplo a Catuense, time baiano que fez sua estréia na Copa do Brasil enfiando 4x2 no Atlético Mineiro. A partida foi disputada em Catu. Apesar do bom resultado, o time 'abriu' as pernas na partida de volta e deu a classificação ao Galo. Que o Colo Colo faça diferente!

Você é a favor da redução da maioridade penal?

Uma nova enquete já está disponível para o leitor. Queremos saber a sua opinião sobre a maioridade penal. No lado direito, superior, da tela do computador, você pode opinar: é favorável à redução da maioridade penal, está indeciso ou tem opinião contrária? Não deixe de votar. Escolha uma das três opções (sim, não ou indeciso) e clique em votar.

Argumentos contra e a favor da redução serão publicados para ajudar o leitor a entender este assunto complexo. Você também pode colaborar votando aí ao lado e, ainda, nos enviando artigos pelos e-mails pimentanamuqueca@gmail.com ou blogpimentanamuqueca@gmail.com.

P.S: Enquanto isso, continua no blog a enquete sobre quem deveria ser o futuro prefeito de Itabuna. Não deixe de participar.

Vítimas indefesas

O vídeo acima, reportagem da TV Cabrália, leva à reflexão sobre os direitos da criança e do adolescente - e de que nem sempre o criminoso está do lado de fora, mas dentro da própria casa. Mais abaixo, leia opiniões da OAB e um artigo - bem escrito - do jornalista Domingos Matos, sobre redução da maioridade penal, violência contra a criança e pena de morte.

OAB é contra redução da maioridade

Reduzir a idade penal é fugir do problema social, diz OAB

O presidente nacional da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), Cezar Britto, afirmou nesta segunda-feira (12/2) que o episódio ocorrido no Rio de Janeiro —em que João Hélio, de seis anos, foi morto arrastado por um veículo durante assalto— é uma clara demonstração de que a redução da idade penal não significa a diminuição do crime.

"Reduzir a idade penal é fugir do problema social da violência e da desorganização do Estado. Esse triste episódio nos mostrou o despreparo do Estado com relação à questão da segurança pública. O momento não é de acomodação, mas de ação", afirmou.

PARA LER MAIS, CLIQUE AQUI.

BA-VI

Palavra de especialista:

- O ex-governador Paulo Souto joga para a torcida quando fala em novo aeroporto em Ilhéus. O projeto do governo dele discutia um novo aeroporto apenas para 2011, mesmo se fosse reeleito.

Sobre o assunto, leia críticas do ex-governador ao Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

Irremediável

É ensurdecedor, espantoso o silêncio que a prefeitura de Itabuna mantém em relação à suspeita de desvio de R$ 650 mil, gastos em supostas compras de medicamento na empresa soteropolitana Medicil, em dezembro e fevereiro.

Para aumentar a dor dos pobres usuários do SUS, o dinheiro foi gasto mas, pelo que se sabe, o medicamento não chegou aos postos. Autoridades em saúde dizem que o valor daria para abastecer as unidades básicas do município por cinco meses...

Blog na educação

Iniciativa pioneira de uma professora grapiúna, eis que surge na terrinha o blog Letras que Constroem o Mundo. A coordenação é de Mariela Souza, graduada em Comunicação Social, com especialização em Leitura, Interpretação e Produção de Texto.

Mariela leciona a disciplina Redação para alunos da 5ª série do ensino fundamental à 3ª do ensino médio, no Colégio Adventista de Itabuna. A idéia de construir o blog surgiu com o objetivo de oferecer um espaço de estímulo à produção de textos pelos estudantes.

Funciona assim: a professora apresenta temas para redação e os melhores textos são publicados na internet. Os alunos estão empolgados com a idéia e já começaram a queimar os neurônios.

Reginaldo Holyfield x Todo Duro

Confira essa troca de afagos entre os pugilistas Reginaldo Holyfield e Luciana Todo Duro. O papo é agressivo e rola até promessa de "traição". Holyfield pede mais respeito aos baianos. O pernambucano Luciana "Todo Duro" tá nem aí... Confira e dê muita risada. No meio da briga por telefone, o apresentador Zé Eduardo, o Bocão.

Hermanos?

Pena injusta

Nota do jornal A REGIÃO trouxe informação nova no caso do assassinato do vaqueiro Alexsandro Honorato. Segundo o semanário, o selim furtado pela vítima - suposto motivo de sua morte - foi comprado pelo empresário Marcos Gomes de um pernambucano chamado Zé Magro. Detalhe: Gomes deu calote no pernambucano.

Quer dizer: ao invés de uma sumária execução, o pobre do vaqueiro merecia mesmo era cem anos de perdão.

Paulo Souto critica o PAC

Em artigo publicado hoje no jornal A TARDE, o ex-governador Paulo Souto critica o espaço destinado pelo PAC à Bahia. Centra fogo na Nova Transnordestina, ferrovia que excluiu o Estado de sua rota, e no projeto de duplicação da BR-101, que contempla apenas o trecho a partir da ligação com a BR-324 em sentido norte.

Souto também demonstra dúvidas sobre a execução das obras, lembrando que algumas delas deverão seguir o modelo das Parcerias Público-Privadas, uma roupa que o governo ainda não conseguiu vestir em nenhum projeto.

Uma obra que o ex-governador vuduza é a do novo aeroporto de Ilhéus. Para ele, não vai passar de uma idéia.

Por trás das críticas, fica evidente a intenção de desmistificar o discurso de que a amizade entre o governador Jaques Wagner e o presidente Lula resolverá todos os nossos problemas. Aliás, a própria ministra Dilma Roussef já havia sinalizado isso, ao deixar claro que a Bahia não terá grandes privilégios.

A foto de Wagner e Lula de rostinho colado, publicada no A TARDE, ficou bonitinha. Mas a Bahia quer mais.

Briga de cachorro grande

A briga entre o Shopping Salvador - que será inaugurado no final de abril - e o Iguatemi ocupa as páginas dos jornais. Na verdade, a pendenga é entre o Iguatemi e seus lojistas que desejam abrir estabelecimentos no shopping concorrente.

A superintendente do Iguatemi, Marta De Vitto Rabello, enviou carta aos lojistas, alertando para uma cláusula que impede a abertura de estabelecimentos da mesma empresa num raio de 2,5 quilômetros. A carta tem endereço certo: o Shopping Salvador.

O problema é que a ameaça pode deixar o Iguatemi em situação difícil. O Bom Preço, por exemplo, já avisou que pretende se mudar de mala e cuia para o Shopping Salvador. Outras 15 empresas também manifestam interesse de abrir suas portas no novo centro de compras.

A queda-de-braço promete.