31 dezembro 2007

Porto Seguro na Copa

O prefeito de Porto Seguro, Jânio Natal (PR), enviou carta ao governador Jaques Wagner colocando o município à disposição do Estado para sediar jogos da Copa do Mundo de 2014.

Na missiva, o próprio diz: “Para alguns, a idéia pode parecer loucura, presunção, mas não é”. E lista os motivos que, no entender dele, tornam justo o pleito: é a terra mater do Brasil, tem aeroporto internacional, a segunda maior rede hoteleira do País, com 42 mil leitos, e recebe mais de um milhão de turistas por ano, de todos os cantos do mundo.

Pela proposta, o governo construiria um moderno parque esportivo que seria uma vitrine regional, e em compensação Porto Seguro colocaria uma equipe na divisão profissional. Finaliza dizendo: “Aguardamos esperançosos sua resposta”.

Wagner não (ou nem) respondeu.

Tempo Presente, A Tarde

30 dezembro 2007

Troféu Pinóquio ilheense


"Eu sou o primeiro colocado em
todas as pesquisas (
para prefeito)"...

*Jabes em entrevista ao jornal A Região (clique aqui para ler)


Fez escola

Depois de Itabuna, a prefeitura petista de Itamaraju optou pela Fauf Concursos para a realizar exame que visa admitir 470 funcionários em todos os níveis de escolaridade. As inscrições começam dia 2 e custam entre R$ 30 e R$ 100.

O mais intrigante é que a tal Fauf Concurso realizará apenas o seu sexto concurso, sendo que um deles foi de presépio para a cidade de Sao João del-Rey, cidade da Fauf.

"O PAC do Cacau e a CPMF"

O desânimo generalizou-se na região cacaueira. Os cacauicultures estão com o sentimento (latente) de que o PAC do Cacau desceu pelo ralo junto com a CPMF. O governo prometeu que até o fim deste ano anunciaria o plano.

Não o fez. Diz que será em março. Quem duvidava antes já não acredita e quem acreditava duvida.

O secretário da Agricultura, Geraldo Simões, pré-candidato a prefeito de Itabuna pelo PT, esteve dias atrás com a ministra Dilma Roussef, da Casa Civil. Ouviu dela que o compromisso feito pelo presidente Lula está mantido.

Um integrante do governo deu em “off” a explicação para o atraso do anúncio: “Foi um acidente de acomodação tetectônica depois do abalo da CPMF”. Traduzindo: houve um terremoto com epicentro no governo (a der rubada da CPMF) que gerou a necessidade de rearrumação do Orçamento da União. Mas o projeto está de pé.

O PAC do Cacau prevê o desembolso de R$ 2,3 bi, R$ 800 milhões para bancar a dívida dos produtores e R$ 1,5 bi para a implantação de novas alternativas agrícolas, à base de R$ 300 milhões por ano, nos próximos cinco anos. Sem a CPMF o governo perde R$ 120 bi em três anos.

Tempo Presente, Levi Vasconcelos, A Tarde

29 dezembro 2007

78% rejeitam candidato de Fernando

Exclusivo

Levantamento fresquinho feito pela Sócio-Estatística aponta que exatamente 78% dos eleitores itabunenses não votariam - de jeito nenhum- num candidato a prefeito apoiado por Fernando Gomes.

Apenas 9,3% votariam com certeza. Outros 9,8% disseram que talvez votariam no candidato apoiado pelo atual prefeito. 2,9% não souberam responder. O levantamento foi concluído no dia 18 e foram ouvidas 1.012 pessoas.

Qual a chance de votar num candidato apoiado por Fernando Gomes?
Não votaria de jeito nenhum - 78%
Talvez vote - 9,8%
Votaria com certeza - 9,3%
Não sabe - 2,9%

Adervan rejeitaria apoios de Geraldo e Fernando

José Adervan continua sua entrevista e diz que não aceitaria o apoio de Fernando Gomes e Geraldo Simões.

E atacou Geraldo: "é uma pessoa insidiosa. Se der apoio, pode esperar uma rasteira por trás"...

Adervan afirmou, ainda, que não considera Capitão Fábio preparado para o cargo de prefeito de Itabuna.

0,7% é normal, diz Adervan

O jornalista e empresáro José Adervan dá entrevista, neste momento, ao radialista Roberto de Souza, no programa Resenha da Cidade.

Por enquanto, ele fala de alianças e disse que é normal ter, até agora, 0,7% nas pesquisas. E espera deslanchar a partir de janeiro.

Ao lado de Adervan, está a também prefeiturável Acácia Pinho, que concederá entrevista daqui a pouco.

E por falar em Acácia, um geraldista disse que ela é a candidata do blog. Bom, o Pimenta não tem candidato, mas não deixa de anotar que ela, por enquanto, é a boa surpresa da pré-campanha eleitoral.

28 dezembro 2007

PSOL rejeita Geraldo "Brilha"

Bom candidato, mas sem força para vencer as eleições de 2004, Geraldo Briglia viu ser enterrado o sonho de tornar-se prefeito de Itabuna.

Segundo o jornal O Besteirol, o PSOL rejeitou Briglia.

O caso ainda não terminou e deve parar nas barras da justiça.

Eu copio, nós copiamos...

Você liga na TV Santa Cruz e lá estão desempregados (e desaparecidos) a suplicar uma vaguinha no mercado de trabalho.

Não se sabe se o quadro é sucesso na emissora carlista, mas a TV Cabrália resolveu copiar a iniciativa.

Todas as quartas, quase no mesmo horário da concorrente, basta sintonizar na emissora da Igreja Universal e lá está uma legião de desempregados à procura de trabalho.

Eles "se" amam, e nóis se f...!!!

José Sarney (PMDB) e Ideli Salvatti (PT) trocaram afagos e beijos enlouquecedores no plenário do Senado Federal. A cena chamou a atenção de todos, inclusive do "bem-amado" Heráclito Fortes (DEMo).

Heráclito quer porque quer entrar com processo de falta de decoro parlamentar contra os dois senadores tarados, que trocaram beijos pra lá de românticos no plenário da Casa. Santa inveja!


Zé Maria "ensovaca" o Colo-Colo

O presidente do Colo-Colo de Ilhéus, José Maria de Santana, promoveu mudanças que lhe asseguram controle total do clube, e com mão de ferro.

Zé Maria agora manda no Conselho Administrativo e no Conselho Deliberativo, principalmente depois que chamou os conselheiros Tadeu Gonçalves e Maurício Maron e apresentou a porta da rua como serventia da casa.

Para defenestrar Maurício, a desculpa foi hilária. Segundo Zé Maria, o velho colaborador, que ajudou a trazer o Colo Colo de volta ao futebol profissional, não pode mais integrar o Conselho, por morar em Salvador.

Interessante que, enquanto pertenceu ao Conselho, Maurício Maron residiu em lugares bem "próximos" de Ilhéus. Tipo Macapá, no Amapá, e Luanda, em Angola, África.

A incoerência geográfica de Zé Maria tem uma explicação. Segundo o Blog Tempero da Bahia, o presidente detonou o Conselho atendendo a pedidos do Palácio Paranaguá.

Detalhe: o novo vice-presidente do Conselho Deliberativo será Marcelo dos Anjos, amigo do presidente Zé Maria.


Acima do peso e morando longe,
Maurício perde a vaga no Colo Colo

Fernando oferece "aquilo" aos vereadores

Os vereadores da base governista foram ao prefeito Fernando Gomes, cobrar o repasse integral de recursos à Câmara e mais "carinho".

O representante do grupo foi o vereador Edivaldo Fonseca, o "Didi do INPS".

Fernando olhou para a cara de todos e saiu-se com essa:

- Vocês ganharam peru de natal e querem mais peru pro ano novo, é? Então tome esse peru aqui, ó!!! - disse, apontando para as partes baixas.

Ninguém teve mais coragem de pedir nada, nem o líder Milton Gramacho, nem Mílton Cerqueira.

E todos saíram sem din-din e retados da vida.

Gasene será concluído em 2009

O BNDES já anunciou a liberação de financiamento para a construção da terceira etapa do Gasene, sistema que interligará as redes de gás natural das regiões Nordeste e Sudeste.

A terceira etapa fará a ligação entre Cacimbas (ES) e Catu (BA), passando por importantes municípios sul-baianos, a exemplo de Eunápolis e Itabuna.

Segundo o anúncio do banco oficial, serão investidos R$ 4,5 bilhões na obra, sendo R$ 750 milhões em investimentos chineses. A execução do projeto também ficará a cargo de uma empresa chinesa.

O Gasene estará pronto em dezembro de 2009.

27 dezembro 2007

O vídeo da "extorsão" do Bocão!!!

Sucessor de Bocão

O apresentador Ricardo Bacelar, da TV Cabrália, é realmente objeto de sondagens da TV Aratu, que precisa de um substituto para José Eduardo no programa Se Liga Bocão.

José Eduardo deve estrear na Record em janeiro, no lugar de Raimundo Varela. Em meio à dança das cadeiras, o âncora do Se Liga Bocão é acusado de extorquir empresários de Salvador (na linha do "ou você paga ou eu bato"). Uma gravação comprovaria todo o esquema.

Mas voltando ao Bacelar, sua ida para a Aratu, caso ocorra, acabará com o plano do apresentador de se candidatar a uma vaga no legislativo itabunense em 2008. Bacelar filiou-se em setembro ao PSB.

Geraldo teria 32% contra 16,2% de Fábio

Exclusivo

Pesquisa da Sócio-Estatística que circula nos meios políticos mostra como está o cenário da sucessão municipal a pouco mais de nove meses da eleição de 2008. Foram ouvidas 1.012 pessoas e o campo da pesquisa foi encerrado no dia 18.

Na estimulada, o ex-prefeito e secretário estadual de agricultura, Geraldo Simões (PT), lidera a sucessão com 32% das intenções de voto. O segundo colocado é o Capitão Fábio (PMDB), com 16,2%.

Acácia Pinho (PRB) vem em terceiro lugar, com 10,4%, seguida por Capitão Azevedo (DEM), com 7,8%. Neste mesmo cenário, foi incluído o nome do prefeito Fernando Gomes (DEM), que atingiu 5,3%.

O presidente da Câmara de Vereadores, Edson Dantas (PSB), aparece na pesquisa com 3,1%, seguido de Luís Sena (PCdoB), com 2,7%. Geraldo Briglia (PSOL) tem com 2,6%.

Na 'rabeira', aparecem Roberto Barbosa (PP) com 1,4%. Adervan Oliveira (PSDB) atinge 0,7%. O advogado, ex-presidente da OAB-BA e sobrinho de Fernando Gomes, Dinailton Oliveira, soma 0,4%.

12,2% não sabem ou não apontaram candidato, ante 5,3% de nulos e brancos.

Geraldo x Fábio x "Candidato de FG"
Num segundo cenário, foram apresentadas ao eleitor três opções de pré-candidatos: Geraldo, Capitão Fábio e um terceiro, "candidato de Fernando Gomes".

O ex-prefeito marcou 37% contra 27,7% do peemedebista. O "candidato de Fernando Gomes" figura com 6,4% das intenções de voto.

Não sabe ou não apontou atingiu 17%, contra 11,9% de brancos e nulos.

O sururu no Procon-BA

Os motivos que levaram à saída do advogado Sérgio São Bernardo da superintendência do Procon-BA são assunto de matéria publicada hoje no jornal A TARDE.

São Bernardo afirma ter sido vítima de racismo e assédio moral e acusa a secretária de Justiça e Direitos Humanos, Marília Murici, de persegui-lo.

Uma das razões da perseguição seria o interesse em favorecer Cristina Santos, filha do ex-governador Roberto Santos.

Leia a carta em que o advogado conta tudo o que viveu no Procon.

PMDB e PP juntos em Itabuna

Os acordos fechados em Salvador podem ter reflexos em Itabuna e os pré-candidatos do PMDB e PP se juntarem nas eleições de 2008.

No município, o pré-candidato peemedebista é o deputado estadual Capitão Fábio. Pelo PP, o empresário Roberto Barbosa.

Feito o acordo, um seria vice do outro, sendo mais provável Capitão na cabeça de chapa e Barbosa na vice. Isso, se o acordo vingar.

Wagner reduz investimentos no social, diz Valor

"Ao contrário do que se esperava de um governador de um partido de esquerda e ex-sindicalista, Wagner investiu menos em áreas sociais do que a administração anterior. Foram gastos só 16,9% do Orçamento destinados a investimentos na Segurança Pública.

Na Saúde, o percentual foi de 42% e, na Educação, de 32,7%. São números inferiores aos do último ano da gestão Paulo Souto (DEM), que gastou 23% do orçado para investimentos com Segurança, 69,9% com Saúde e 77,7%, em Educação. "


Apesar do menor investimento em Educação, Saúde e Segurança, o governo colecionou bons resultados no campo econômico. O PIB deverá crescer 4,5% em 2007, acima dos 4% do ano passado.

O petista preferiu focar seus esforços para mudar o modo de gerir o Estado. Criou uma mesa de negociação permanente, na qual o governo se reúne com servidores públicos para debater, entre outros temas, reajustes salariais e planos de carreira.

Lançou o site "Transparência Bahia", que detalha as contas estaduais, e tem promovido fóruns para debater com a sociedade, por exemplo, políticas para Educação e Turismo na região.

A maior ajuda para esse resultado vem da agropecuária, que deve avançar 4,8% contra 3,2% do ano passado. A indústria, porém, decepciona. Sua produção cresceu apenas 1,3% até outubro, o segundo pior resultado dos 13 Estados pesquisados pelo IBGE."

Valor Econômico, hoje.

26 dezembro 2007

Lula se perde na conta

A turma do Kibe Loco, que não perde viagem, mostra como o fim da CPMF bagunçou as contas do governo... CONFIRA!

O nome

Atende pelo nome de Rubenval de Souza Alves o servidor comissionado da Seduma que foi demitido pelo prefeito Fernando Gomes após o rumoroso episódio do "empréstimo" de máquinas para operações tapa-buracos em Ilhéus e Coaraci.

Rubenval dirigia o chamado "canteiro de obras", instalado na sede da antiga Adei (Administração dos Estádios de Itabuna).

Ao que tudo indica, o homem foi o grande bode expiatório de toda a maracutaia.

Gestão Wagner é regular para 41% dos itabunenses

Exclusivo

Tende ao regular a avaliação que os itabunenses fazem do governo Jaques Wagner.

A pesquisa mais recente apurou que 5,4% dos itabunenses avaliam como ótima a gestão do petista. Outros 20,9% a consideram boa. O percentual de regular atinge exatos 41%.

Para 7,3%, a gestão de Wagner é ruim. Outros 17,2% dos itabunenses dizem que o governo petista é péssimo.

Feita há menos de dez dias, a pesquisa atribuida à Sócio-Estatística ouviu 1.012 pessoas acima de 16 anos.

Quando somados, os conceitos ótimo e bom (26,3%) praticamente são iguais aos de ruim e péssimo (24,5%). Não sabe somou 8,1%.

A avaliação regular, talvez, seja reflexo da falta de presença efetiva do governo estadual no município, da rejeição histórica de parte do eleitorado itabunense ao PT e da falta de publicidade das ações governamentais por quase todo o ano.

Já o governo do presidente Lula é considerado bom ou ótimo por 42,2% dos eleitores. 16,7% acham a gestão do presidente ruim ou péssima, ante 38,7% de regular.

Dívidas prorrogadas

O Conselho Monetário Nacional (CMN) prorrogou por mais seis meses o pagamento das dívidas dos produtores de cacau. Elas venceriam no dia 31 de janeiro, segundo informa a assessoria de comunicação da Ceplac.

A data foi prorrogada porque o governo não conseguiu apresentar, em tempo hábil, medidas para a renegociação das dívidas dos produtores de cacau e de outras culturas agrícolas.

A renegociação atinge um montante de R$ 40 bilhões, segundo o Ministério da Fazenda.

Sem oxigênio

A Rede Bahia espera ansiosamente caírem os primeiros reais dos contratos de mídia com o governo do estado para aliviar a fase sem oxigênio.

A situação chegou a ponto tão extremo que o substituto de César Mazoni na TV Santa Cruz, Frank Alcântara, foi também demitido em tempo recorde e tiveram que apelar para uma solução bastante caseira.

Frank, que seria substituto temporário foi demitido e em seu lugar, na Santa Cruz, entrou Andréa Garrido, como diretora interina.

Não chega a ser estranho, mas esses termos provisório e interino, de tão repetidos por lá, levaram os funcionários a imaginar que a rede teria virado repartição pública.

Além dos contratos com o governo estadual, espera-se uma virada na forma de gerir a rede Bahia. O grupo apresentou, oficialmente, ao mercado o novo diretor-superintendente, Guilherme Laager, ex-presidente da Varig, Ambev e da Vale.

Nos bastidores, se diz que a gerência política deve perder (um pouco de) terreno para a empresarial. Guilherme saiu da Vale para a nova Varig e é reconhecido por cobrar resultados...

Agente comunitário sofre perseguição

É criminosa a forma como o prefeito Fernando Gomes e o secretário de Saúde Jesuíno Oliveira estão perseguindo o agente comunitário de saúde Josivaldo Gonçalves.

Por sua ligação com o PCdoB e pela atuação como representante da categoria dos agentes, Josivaldo foi afastado de suas funções por ordem do prefeito, executada prontamente pelo seu secretário.

Como a medida foi totalmente arbitrária, o agente exigiu na Justiça sua reintegração ao cargo, o que acabou conseguindo via liminar.

Ocorre que o prefeito e seu fiel escudeiro se negam a cumprir a determinação judicial, como se estivessem acima da lei e do direito.

Vale lembrar que a recusa em acatar uma ordem emitida pelo Poder Judiciário pode resultar na prisão do desobediente.

Telecentro...

A história é cabeluda e vinha sendo mantida em segredo, mas ganhou a boca do povo.

Ex-diretor de escola estadual em Itabuna montou lan house com computadores retirados da escola que "dirigia".

Uma sindicância foi aberta para apurar o caso, mas o 'cidadão' contratou excelente advogado e a investigação avança timidamente.

Junto com este diretor, outros casos cabeludos vêm sendo investigados por uma comissão montada pela Secretaria Estadual de Educação (SEC).

Diante das ameaças sofridas por funcionários de carreira na Direc de Itabuna, técnicos da SEC em Salvador teriam sido destacados para fazer a investigação.

À venda

Redes de porte médio estão interessadas na compra dos Supermercados Família.

A informação de bastidores é que o namoro estaria bem engatilhado com o grupo Rondelli, que tem lojas no extremo-sul e Ilhéus, mas ainda não entrou em Itabuna.

Os Supermercados Família contam com quatro lojas em Itabuna.

Vitória estréia em casa na Série A

Depois de amargar até a terceira divisão do Brasileiro, o Vitória teve confirmada a sua reestréia na Série A, ano que vem, contra o Cruzeiro (MG).

A partida está marcada para o dia 10 de maio do próximo ano, no Barradão.

A tabela simplificada da Série A foi divulgada hoje pela CBF, assim como da Série B.

Na segundona do Brasileiro, o Bahia estréia no dia 7 de maio, enfrentando o Fortaleza (CE). O tircolor-de-aço, frise-se, ainda não sabe em que estádio deverá disputar o Brasileiro, depois da interdição da Fonte Nova.

Clique aqui para conferir todos os jogos do seu time (séries A e B).

"Demiti o engenheirozinho ladrão"

Uma semana depois da notícia de demissão do secretário de desenvolvimento urbano, Marcos Alan Farias, o prefeito Fernando Gomes foi ao rádio para afirmar que 'demitiu o engenheirozinho ladrão".

Não se sabe se o prefeito se referia ao secretário, mas pelo menos o prefeito deixou pistas: demitiu porque o engenheirozinho ladrão pegou asfalto e trator da prefeitura para atender o município de Coaraci. E também a prefeitura de Ilhéus.

A história ficou ainda mais nebulosa porque, oficialmente, Marcos Alan não foi demitido.

Então, quem teria sido o "engenheirozinho ladrão"?

Made in USA

Véspera de natal e os colegas Vily Modesto e Luiz Conceição se encontram, casualmente, na avenida do Cinqüentenário.

Vily se aproxima de Luiz, observa a calvície e o excesso de cabelos brancos do colega e solta aquele vozeirão:

- Tá ficando velhinho, Lula.

Na lata, o jornalista responde a Vily, que, anualmente, faz propaganda de suas viagens aos Estados Unidos.

- Também, não uso tintura de cabelo americana, né Vily?

Ao lado, o analista político Marco Wense não conseguiu conter o riso.

O mandato de volta

O Capitão Fábio poderá virar o ano deputado estadual, mas perder o mandato em 2008.

Existem dúvidas jurídicas quanto a data em que ele pediu desligamento do seu antigo partido, o PRP.

Este blog entrou em contato com o presidente estadual do PRP, Jorge Aleluia. Segundo ele, o deputado deveria apresentar carta de desligamento ao diretório municipal, em Itabuna, o que não fez.

Jorge observou, entretanto, que Fábio teria informado o seu desligamento à executiva estadual no dia 23 de março, quatro dias antes do prazo fatal para julgamento de casos de infelidade partidária.

O suplente de deputado Antônio Fernando estaria propenso a entrar com pedido para que o PRP tenha o mandato de volta. "Eu não sei se ele entrou, depois que nós conversamos. Foi uma conversa no shopping Iguatemi", lembra Jorge.

O Pimenta tentou manter contato com o suplente Antônio Fernando, mas não conseguiu.

25 dezembro 2007

A insônia de Capitão Fábio

O deputado estadual e prefeiturável Capitão Fábio anda meio insone, ultimamente.

Este blog andou sabendo de umas coisinhas do passado que muito afetarão o presente e futuro do capitão.

E vai contar a história toda, todinha.

Por conta dessa história, ele pode até perder o mandato de deputado estadual.

Seis por meia dúzia

A TV Aratu está propensa a trocar o apresentador do programa Se Liga Bocão.

Após o episódio nebuloso envolvendo José Eduardo, o novo apresentador do horário das 13h poderá ser o sul-baiano Gerdan Rosário.

Nos bastidores, dizem que a substituição é do tipo "seis por meia dúzia"...

Wagner fala sobre saída de Geraldo do governo

O governador Jaques Wagner concedeu entrevista exclusiva ao jornal Correio da Bahia, desta terça. Ele avaliou a sua gestão, reconheceu que a segurança é mesmo um problema e, também, falou sobre uma possível saída de Geraldo Simões do Governo. Abaixo, confira trecho da entrevista.


CB - E há previsão de algum dos secretários sair para assumir uma campanha nas eleições municipais do próximo ano?
JW -
O único que sinalizou até agora foi o Geraldo (Simões, secretário de Agricultura). Ele é o único que disse que pretende ser candidato em Itabuna. Mas isso vai ser conduzido de forma tranqüila. Até porque, quando eu convidei as pessoas para fazer parte do governo não fiz nenhuma exigência.

O governador ainda falou das disputas entre PMDB e PT nas eleições do ano que vem e meteu chumbo nos adversários internos do PT:

- Sei que a riqueza do PT é essa diversidade, essa pluralidade. Mas a pobreza do partido é não saber tratar com ela.

Onde está a sensibilidade de Cuma?

O prefeito Fernando Gomes deve enfrentar uma carga de protesto dos idosos e portadores de necessidades especiais.

Fernando usou cadeia de rádio para fazer o tradicional pronunciamento de natal, ontem pela manhã, e disse que idosos e portadores de deficiência apenas dão prejuízo ao sistema de transporte coletivo, pois não pagam passagem.

Ele fez essa declaração para tentar justificar o reajuste de 12,5% na tarifa de transporte coletivo.

A passagem sairá de R$ 1,60 para R$ 1,80, a partir do dia 1º de janeiro.

A decisão de contestar o prefeito partiu de associação de idosos, já que o conselho estaria nas mãos do prefeito...

24 dezembro 2007

Acácia surpreende em nova pesquisa

Uma pesquisa que repousa sobre a mesa de "vermelhinhos" mostra a candidata "rosinha" crescendo de forma surpreendente, e sólida.

Traduzindo para o português: o mais importante instituto de pesquisa do sul da Bahia, sediado na torre negra da Beira-Rio, foi às ruas saber a opinião do povo sobre as eleições e os pré-candidatos a prefeito de Itabuna.

Acácia Pinho, do PRB e da Igreja Universal do Reino de Deus, cravou 10,4%. Na frente dela, apenas Capitão Fábio (16,2%) e Geraldo Simões (32%).

E, para mostrar que quer surfar nessa onda, Acácia vai participar do reveilon popular no Itabuna Esporte Clube, com direito a citações etc e tal.

A mulher não está prosa!!!

Abre o olho, MP!

Tem pré-candidato a prefeito de Itabuna que se aproveita do cochilo do Ministério Público e abusa da propaganda eleitoral fora de época.


A prática de abuso do poder econômico é evidente por parte de um pré-candidato, empresário, que, segundo se comenta, está disposto a investir R$ 10 milhões para se tornar o sucessor de Cuma.

A pretexto de fazer comercial de sua empresa, o cidadão enche os ouvidos do telespectador-eleitor-cidadão-contribuinte com mensagens de candidato.

E sem a menor sutileza!

Bocão extorquia empresários


"Peixe morre pela boca"
O apresentador José Eduardo, o popular Bocão, da TV Aratu, foi denunciado pela prática de extorsão contra diversos empresários de Salvador. Em português claro, nesse caso, extorquir significava exigir dinheiro para não atacar os empresários no programa Se Liga Bocão, um dos líderes de audiência na TV baiana.

Bocão se deu mal, quando uma "vítima" decidiu gravar uma conversa que teve com o apresentador. A gravação teria ido parar na direção da TV Aratu, que rescindiu o contrato com o guloso na última sexta-feira, dia 21.

23 dezembro 2007

PP assumirá a Sedur

Exclusivo

Avançadas as negociações entre o governador Jaques Wagner e o Partido Progressista (PP), já estão praticamente definidos o nome do titular e a secretaria que o partido ocupará no governo estadual.

Apesar da conversa ser mantida a sete chaves, este blog apurou que a pasta definida em conversas com o governador foi a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Urbano (Sedur). Quem assume a secretaria é o deputado estadual reeleito Luiz Argolo, em fevereiro.

Argolo, assim, abriria vaga na Assembléia Legislativa para a suplente Eliane Boaventura, de Feira de Santana.

Fuzuê na Santa

Todo mês de dezembro funcionários da TV Santa Cruz se mobilizam para o concurso "Mala do ano". A "vítima" escolhida é, sempre, um colega de trabalho.

Mas em 2007 o bicho pegou. A disputa foi acirradíssima entre a diretora-interina da tevê, Andréa Garrido, e o supervisor da área técnica, Marcos Silva.

A chefe não gostou da brincadeira, o tempo fechou geral e a história caiu na boca do povo.

Farra de diárias e viagens na Uesc

Joaquim Bastos

As contas de passagens e diárias da Uesc em novembro, mês de eleição do reitor, mostram um total maior que o de todo o ano de 2006 e todo o resto deste ano. O jornal A Região mostra como funcionou parte do esquema para reeleger Joaquim Bastos.

É Natal: passagem vai a R$ 1,80 em Itabuna


O itabunense entrará 2008 com a segunda tarifa de transporte coletivo mais cara da Bahia.

O prefeito Fernando Gomes autorizou o reajuste da passagem de ônibus urbano de R$ 1,60 para R$ 1,80.

O aumento é de 12,5% e passa a vigorar nas primeiras horas do Ano Novo. O último reajuste aconteceu no dia 2 de janeiro deste ano.

Hamilton é afastado da Defensoria Estadual

Acusado de roubar caixas de maçã de um feirante do centro comercial de Itabuna, o advogado e ex-vereador Hamilton Gomes está afastado da Defensoria Pública Estadual.

O roubo teria acontecido no dia 22 de novembro, tendo como vítima o feirante Antôno Meireles Magalhães.

Ainda não há previsão sobre quando Hamilton deverá voltar ao cargo. A informação é de que a Defensoria Estadual também estaria investigando o advogado por outras condutas impróprias para o cargo.

22 dezembro 2007

Demitido

Jesuíno não reconheceu bom trabalho
de Joilson no CCZ e o demitiu


Prestes a completar oito meses no cargo, Joilson Rosa foi demitido da coordenação do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) pelo secretário de saúde, Jesuíno Oliveira.

Indicado ao cargo pelo vereador Adílson José, Joilson achou de cobrar satisfações de Jesuíno sobre corte de verbas e outros bichos...

Como resposta, o secretário de saúde respondeu que ele e Fernando "mandavam na prefeitura" e Joílson estava demitido.

Não deu outra.

Maria Alice cutuca; Marcel responde

Maria Alice deu nota zero a Marcel, no programa Resenha da Cidade, de Roberto de Souza:

- Nunca me senti tão honrado na vida quanto levar nota zero de Maria Alice Pereira e ver um jornalista vendido levar nota 10 da mesma senhora. Nada diz mais sobre meu caráter e o dele. O dela, a cidade conhece. Para quem acha que o caráter dele é bom, recomendo ler a edição de 17 de janeiro de 1998 do jornal Agora

Cadáver insepulto

A administração do prefeito Fernando Gomes parece cada vez mais chafurdar na lama e no fundo do poço da popularidade.

Uma pesquisa feita pelo mais respeitado instituto do sul da Bahia apontou que nada menos que 72,4% (58% de péssimo + 14,4% de ruim) dos itabunenses reprovam a gestão fernandista.

Concluído no último final de semana, o levantamento ouviu 1.012 pessoas. Os números ainda revelam que apenas 17,8 consideram o governo municipal regular, 6,6% avaliam como bom e 2,5% de ingênuos dizem ser "ótimo".

O Pimenta ainda teve acesso a números da disputa pela sucessão municipal. Este é assunto para outros posts.

Filho "desanimou" Fernando, diz assessora

A acusação de participação do filho Marcos Gomes no assassinato de um vaqueiro em Floresta Azul, causou desânimo em Fernando Gomes e o fez desistir de concorrer à reeleição.

Quem confirmou foi a assessora política de Fernando, Maria Alice Pereira, durante entrevista a Roberto de Souza.

"Por mais que ele tenha estrutura, maturidade, é muito difícil. Ninguém gostaria de ter uma situação dessas na familia. Nenhum pai gostaria de uma situação dessas".

Maria Alice daria nota 7 a Geraldo

Maria Alice participa do programa de Roberto de Souza e 'avalia' governos e pessoas. Veja as notas que ela deu a presidente da república, jornalistas e secretários estaduais:

Presidente Lula - "Eu daria cinco".
Jaques Wagner - "Ele está chegando".
Maria Rezadeira, da FICC - "inteligente, capaz, dou sete".
Marcel Leal - zero.. Observada que era natal, deu "um"
Adervan Oliveira, do Agora - "Pra ele, é DEZ".
Geraldo Simões - Sete
Capitão Azevedo - Dou 20...

Maria Alice fala do assassinato de Leal

Maria Alice afirmou no programa Roberto de Souza, na rádio Jornal, que teve bom relacionamento com o jornalista Manoel Leal e, assim, não tinha interesse em matá-lo, em 14 de janeiro de 1998.

Segundo ela, quando reclamava a Leal das notas e charges em jornal, o jornalista dise que "ela vendia jornal" e por isso as notas.

Maria Alice ainda detonou o filho do jornalista assassinado. Segundo ela, o empresário e jornalista Marcel Leal tem comportamento constrangedor.

- O comportamento de Marcel Leal é constrangedor. A gente fica recebendo esse tipo de acusação (de ter mandado matar Manoel Leal). Em nenhum momento provaram nada, nem fui indiciada. Esse rapaz fica especulando a morte do pai.

Na época do assassinato, Leal publicava denúncias comprovadas contra a gestão de Fernando Gomes, que se encontrava em seu terceiro mandato. As denúncias atingiam Fernando, Maria Alice e, também, o delegado especial Gilson Prata.

Maria Alice tenta seduzir Roberto de Souza

A presidente do Democratas de Itabuna, Maria Alice Pereira, tentou seduzir o radialista e vereador Roberto de Souza, colocando-o no arco de alianças para a sucessão municipal de 2008.

Roberto matou a conversa no nascedouro:

- Não gosto de revelar no microfone, mas já tenho compromisso.

Maria Alice ficou sem graça, mas insistiu que o arco de alianças inclui os candidatos Fábio Santana (PMDB), Roberto Barbosa (PP), Acácia Pinho (PRB) e Dinaílton Oliveira (PDT).

Ela confirmou que Azevedo terá que se viabilizar eleitoralmente até maio deste ano para ser o candidato do prefeito Fernando Gomes.

Ela foi!

Finalmente, a articuladora do defunto político Fernando Gomes, a ex-toda-poderosa Maria Alice, compareceu ao programa de Roberto de Souza.

Presidente do Democratas de Itabuna, será que Maria Alice vai falar sobre o assassinato do jornalista e fundador de A Região, Manoel Leal?

Vamos ver...

Saulo confirma negociações de secretaria

O presidente do PR em Itabuna, Saulo Pontes, confirmou que estão avançadas as negociações com o governo baiano para que o partido assuma uma secretaria estadual.

Ele desconversou se a pasta pode ser ou não a de Geraldo Simões que, segundo o governador, sai em março para cuidar da campanha a prefeito de Itabuna.

- Existe essa possibilidade. O PR está alinhado ao governo de Jaques Wagner. Está em fase de negociação, mas até fevereiro será definido.

Há pouco, ele participou do programa Resenha da Cidade, apresentado pelo vereador e radialista Roberto de Souza.

16 anos de roubo

O governador Jaques Wagner resolveu ir para o confronto.

Na mesma entrevista que anunciou a saída de Geraldo Simões da Agricultura, em março, também acusou os ex-governadores Paulo Souto, César Borges, ACM de ter "roubado nos últimos 16 anos".

Geraldo sai

Em entrevista concedida ontem, o governador Jaques Wagner afirmou que a Secretaria de Agricultura deverá mudar de comando em março, quando o titular Geraldo Simões se afasta para disputar as eleições municipais.

O novo secretário será indicado pelo PP ou pelo PR, duas legendas que integram a base aliada, mas ainda não ocupam espaço no primeiro escalão.

A Sala Secreta

O jornal A Tarde destaca na edição deste sábado os dois processos instaurados na justiça baiana contra a ex-secretária de Segurança Pública, Kátia Alves.

A delegada responde às acusações de ocultação e sonegação de documentos públicos, além do crime de improbidade administrativa. Durante sua gestão, a SSP manteve uma sala secreta, onde dormitavam 500 inquéritos, a maioria contra prefeitos ligados ao velho esquema carlista.

Kátia Alves já foi ouvida, mas negou que tivesse conhecimento sobre a tal sala. Mas existe um documento oficial, demonstrando que a delegada sabia de tudo.

Agora ela alega que podia saber, mas não teve tempo de se dedicar ao assunto.

21 dezembro 2007

Agora, vai?

A peso-pesado articuladora do defunto político Fernando Gomes, Maria Alice Pereira, confirmou ao radialista e vereador Roberto de Souza presença no programa Resenha da Cidade, neste sábado.

Maria Alice somente não explicou porque faltou no sábado passado, dando gelo em toda a produção.

Roberto, homem precavido, também mudou a produção do programa. Ederivaldo Benedito foi substituído pelo jornalista Gilvan Rodrigues.

Apesar de semana natalina, o Resenha da Cidade promete pegar fogo neste sábado.

Além de Maria Alice, outra entrevista programada será com o prefeiturável do PV, Barbosa.

É neste sábado, na rádio Jornal, a partir das 10h da manhã.

Gustavo, o “salvador da Pátria”

Marco Wense

A sabedoria popular costuma dizer que uma andorinha só não faz o verão.

Mas parece que o secretário municipal de Educação, Gustavo Lisboa, vem fazendo o “verão” do governo Fernando Gomes.

Todo vez que um prefeiturável de oposição é entrevistado e questionado sobre a administração fernandista, tendo que avaliar o governo por uma nota de zero a dez, diz que a nota seria menor se não fosse o trabalho do secretário.

O vereador Edson Dantas, pré-candidato pelo PSB, em recente entrevista no programa Alerta Total, TV Cabrália, deu nota 2 ao governo FG.

O presidente da Casa Legislativa fez questão de dizer que só estava dando nota 2 devido ao empenho de Gustavo Lisboa – o “salvador da Pátria”.

Coro de Natal

Quando chega o final do ano, o Pimenta também entra no espírito de Natal. É saudável para o espírito refletir sobre o verdadeiro significado dessa data.


A reflexão fica bem melhor com um fundo musical da qualidade. Por isso, o blog recomenda a apresentação do Coro Jovem da Igreja Batista Teosópolis.

Neste domingo, dia 23, a partir das 19 horas, na sede da igreja.

Acácia e a IURD

A prefeiturável Acácia Pinho está esperançosa com a possível vinda de várias lideranças políticas para a inauguração do novo templo da Igreja Universal do Reino de Deus em Itabuna.

Não está descartada a possibilidade da presença do vice-presidente da República José Alencar, que é filiado ao PRB, legenda comandada pelos membros da IURD.

Se Acácia conseguir cair nas graças dos bispos, sua campanha poderá surpreender. Aliás, a pré-candidata se encontra na frente de muitos prefeituráveis que se auto-intitulam como o bam-bam-bans da política. (Marco Wense)

Geraldo, sucessão e secretaria

Marco Wense

Mais cedo ou mais tarde, dentro do prazo estabelecido por lei, Geraldo Simões vai ter que decidir se continua como secretário de Agricultura ou se candidata à sucessão do prefeito Fernando Gomes (DEM).

Não sei – acho que poucas pessoas sabem – qual a posição do governador Jaques Wagner diante do dilema, digamos, geraldiano.

Acredito que Wagner vai deixar que o destino político de Geraldo Simões seja por ele mesmo traçado. O governador não quer nenhuma co-responsabilidade com um possível erro na decisão do companheiro.

É bom lembrar que a nomeação de Geraldo foi da cota pessoal do governador. O Partido dos Trabalhadores, caso o ex-prefeito deixe a secretaria, não terá força para colocar um outro petista no importante cargo.

Com a saída de Geraldo, em obediência ao instituto da desincompatibilização, a secretaria deve se transformar em um meio para fortalecer a base de apoio do governo na Assembléia Legislativa.

O governador Jaques Wagner, ex-ministro das Relações Institucionais, não quer correr o risco de ter um parlamento arredio como o Senado Federal é em relação ao governo Lula.

O PP é o partido mais cotado para indicar o substituto de Geraldo Simões. Segundo informações que chegam de correligionários do ex-prefeito Jabes Ribeiro, secretário estadual da legenda, a secretaria só seria aceita de forma verticalizada.

É evidente que a gulosa pretensão do PP, de assumir tudo de cima para baixo, não tem o aval do governador. Aliás, é bom lembrar que Geraldo Simões, deixando o cargo, volta a ser deputado federal. Não vai ficar como um “João ninguém”.

O melhor caminho para Geraldo Simões é, sem dúvida, enfrentar a sucessão municipal de Itabuna. Seu cativo eleitorado não perdoaria uma outra opção que não fosse à de candidato a prefeito na eleição de 2008.

Os milhares de geraldistas, espalhados por todos os cantos da cidade, com a desistência de Geraldo, ficariam, no mínimo, decepcionados.


Tábua de graxa

O prefeito Fernando Gomes decidiu acelerar as demissões dos 257 ocupantes de cargos comissionados da prefeitura.

Depois dos 83 apadrinhados que ocupavam cargos de administrador e supervisor de bairro, serão demitidos outros 174 comissionados entre o final deste ano e o início de janeiro.

Até um termo foi assinado para acelerar as demissões, em encontro no gabinete

Uma das vítimas da fúria demissionária de Fernando é o radialista e fiel seguidor Osvaldo Bispo, da rádio Difusora.

Os comissionados estão uma arara. Mais raivosos, ainda, estão os vereadores da base.

"Não devo"


Acossado por denúncia da Procuradoria Geral da República (PRG), o prefeito Fernando Gomes é destaque da editoria de política do jornal A Tarde, edição de hoje, que repercute matéria de A Região, desta semana.

Fernando é acusado de sonegar R$ 860 mil à Receita Federal, entre 1997 e 2000, e pode ser condenado a sete anos e meio de prisão.
Ocupando o quarto mandato, Fernando tentou se explicar em A Tarde, afirmando que a sonegação se refere a dívida contraída em empréstimo na Credicoograp, no valor de R$ 300 mil.
O valor seria para pagar o Carnavéillon, festa realizada pela prefeitura entre 30 de dezembro de 1999 e 2 de janeiro de 2000, no terceiro mandato do prefeito.

Engraçado foi o desafio de Fernando para alegar inocência no processo:

- Vendo uma de minhas fazendas, adquiridas há 12 e 30 anos, se eles provarem que eu devo alguma coisa.

Se fosse este blogueiro, estando certo da inocência no caso, não venderia a fazenda. Doaria!

Ainda de acordo com a reportagem de A Tarde, assinada pela competente Ana Cristina Oliveira, o contador do prefeito, Jesuino Oliveira, diz que a questão com o fisco é porque o prefeito não lançou esse empréstimo de R$ 300 mil na declaração anual do Imposto de Renda, de 1999.

Ainda segundo Jesuíno Oliveira, 75% do débito alegada pela procuradoria se refere a multas e juros, resultando em R$ 860 mil sonegados.

Bom, ficamos aqui a pensar: se o cidadão deixa de incluir um empréstimo no Imposto de Renda, ele está fazendo o que, amigo leitor? É desleixo ou sonegação?
Esse carnavéilon deu foi dor de cabeça ao prefeito. Por conta dele, há um processo no Tribunal de Justiça da Bahia que determina o afastamento de Fernando do cargo, por 180 dias.

Desculpas

Gostaria de me desculpar com o amigo Carlos Mascarenhas, pelo grande mal entendido ocorrido neste blogger.

Já entrei em contato com ele para me desculpar, mas quero também deixar aqui, registrado. Tudo não passou de um mal entendido e nós, da familia Rabat, respeitamos todos os envolvidos neste pequeno incidente.

O nome do dr. Antonio Carlos Rabat está à disposição da comunidade ilheense para o engrandecimento e como opção de uma nova roupagem político-social em nosso município o momento da política aqui em nossa terra é de união não de vaidades,por tanto vamos parar de fazer intriga.

Danillo Rabat!

Para entender, clique aqui.

Nas cabeças

Uns estão rindo à toa, outros ficaram preocupados.

A pouco mais de nove meses da eleição municipal de 2008, uma pesquisa espontânea levantou quais os nomes mais lembrados na corrida por uma das vagas na Câmara de Vereadores.

O vereador Luís Sena lidera em citações, seguido por Milton Cerqueira, Roberto de Souza, Frankvaldo, Edson Dantas, Acilino e "Paulinho do INPS".

Num segundo grupo, aparecem Adílson José, Cesar Brandão, Wenceslau Júnior.

No item avaliação de mandato, os melhores, segundo a mesma pesquisa, são Milton Cerqueira, Luís Sena, Edson Dantas e Didi do INPS.

Foram ouvidas 600 pessoas acima de 16 anos.

Barreto e a mediocridade grapiúna

Fernando Barreto, ex-prefeito de carona daqui de Itabuna, vice-prefeito, vereador, além de outras credenciais de desportista, em clubes de serviços, morreu na quarta-feira, 20. Os Barretos que família extraordinária.


Fernando Barreto morto, acima dos 80 anos, vai ser homenageado pelas instituições, pelas autoridades de Itabuna inteira. É muita artificialidade, é muita mediocridade, é muita hipocrisia. Assim é a humanidade.

Fernando Barreto quando me encontrava, comovidamente agradecia. Há anos Fernando Barreto estava sobrevivendo sem credenciais, sem títulos, sem troféus do Poder. Estava marginalizado. Por quase todos esquecido.

Fernando Barreto irmão de Carlito, Alberto, Valter Barreto, filhos do patriarca Nicodemos Barreto. Eis família generosa, humana, digna. Fernando Barreto morreu insatisfeito com as oligarquias deste chão.

Insatisfação e quizumba na agricultura

Aliados de Geraldo Simões, "que comeram poeira e sal", não estão nada satisfeitos com o tratamento recebido na secretaria de agricultura, em Salvador.

As maiores queixas são direcionadas ao assessor especial Girolando Lima, que, segundo as vítimas, atenderia mal, não dá respostas aos projetos encaminhados à secretaria de 'minha pedinha' e pouco conhece as pessoas.

O assessor, dizem, sente-se o secretário de agricultura em pessoa.

Quem ficou comendo poeira, sal e "banco", já enxergou, também, que existem conflitos internos de Girolando, o chefe de gabinete, Carlos Sodré, e o diretor-geral da secretaria, Itazil Benício.

Meu filho, meu herói

Ricardo Ribeiro*

Fico emocionado ao ver meu filho demonstrar consciência sobre a necessidade de se preservar o meio ambiente. Ele só tem cinco anos, mas acumula uma sabedoria que nem todo adulto conseguiu alcançar. Não por incapacidade, mas por resistência a mudar de hábitos e absoluta falta de preocupação com o destino das próximas gerações.

Pedrinho, que nasceu ontem, não sabe o que é “aquecimento global” nem entende o significado do Protocolo de Kioto, mas, em sua intuição, percebe que alguma coisa está fora da ordem. O destino do lixo que produzimos diariamente em nossa casa é um dos motivos de maior preocupação para ele.

Na verdade, esse mini-ativista do Greenpeace administra a nossa coleta seletiva de resíduos sólidos. Organiza a separação de plásticos, lata, papel e aguarda com ansiedade a visita dos coletores, sempre às segundas-feiras.

Articulado, o meu ambientalista mirim fez grande amizade com a turma que recolhe o “lixo”. Um dos integrantes do grupo – uma senhora – o admira muito, tanto que batem altos papos todas as segundas. E o cara quer saber de tudo: para onde vocês levam isso? Reciclagem? O que é isso? Como? Por que? Etc,etc,etc...

Depois de saber como funciona todo o processo de reaproveitamento, ele agora quer ver tudo “in loco”. Está fascinado com a nobreza do trabalho e, no fundo do seu pequeno coração, sente estar desempenhando um papel importante.

* Ricardo Ribeiro é advogado e jornalista

Carta ao Bispo

Reverendíssimo Senhor Bispo da Diocese de Barra
D. Luiz Flávio Cappio


Tenho acompanhado daqui a vossa luta e o vosso sacrifício contra a insensatez dos nossos governantes. Não o vejo na condição de mártir ou de santo. Vejo-o, sobretudo, como um homem que, arrependido, sente na alma a dor da traição daqueles que ajudou a chegar ao poder.

Não sei se justa é a vossa luta. Não conheço bem o projeto de transposição das águas do Rio São Francisco. Acredito que, sendo o senhor um pastor do rebanho do Cristo, propugna legitimamente pela defesa dos direitos do povo, notadamente os mais humildes crentes do vosso rebanho.

Lamento, no entanto, reverendíssimo que o Senhor e os demais membros da teoria da “igreja dos pobres” tenham criado a serpente contra a qual agora lutam, sem conseguir esmagar a cabeça.

Vi ao longo dos anos a igreja que propugnava pela cartilha da “teoria da libertação”, franquear os altares das igrejas para nos sermões induzirem os crentes da salvação que só viria através do “socialismo petista”.

Rogo-lhe humildemente que desista desse vosso sacrifício corporal, já que ele não sensibilizou o coração dos nossos governantes. Mantenha-se vivo para que possa conduzir o vosso rebanho sedento de justiça na busca das novas águas da esperança.

A vossa luta justa tem que se manter viva. A sua voz de condutor se fará necessária para que todo o rebanho não padeça de sede – sede de justiça que hoje está sendo negada.

Gerson Menezes
publixcriativo@hotmail.com

20 dezembro 2007

Cabra safado!

Mesmo legal, é imoral e... fede!

Zelão, o arauto das esquinas
Ao se confirmar que a prefeitura de Ilhéus, sob o governo de Newton Lima, mantém o contrato do prédio denominado pelo povo de “Carandiru”, feito no malfadado governo de “Valderico”, para beneficiar a sua família, acende a luz amarela da suspeição ética do atual governo.

Se necessário ou não, o contrato em foco foi repudiado pela sociedade ilheense quase em uníssono e representou a gota d´água que fez transbordar toda a indignação contra o descalabro cometido por Valderico.

Então, se Newton Lima manteve o referido contrato, estará dando ampla margem às desconfianças que aqui e ali, e no calçadão da Paranaguá, já começam a pulular.

Logo no início do seu governo, o prefeito Newton Lima, comunicou à sociedade ilheense a contratação de uma auditoria privada, que no prazo máximo de 60 (sessenta) dias, apresentaria o resultado das irregularidades praticadas pelo governo de “Valderico”, enviando-as ao Ministério Público para as devidas providências legais.

O prazo acabou e, salvo engano, nada foi dito a respeito da tal auditoria e nem mesmo se teve o seu prazo final prorrogado.

Se Newton não tomar urgentes, por certo os comentários de que “Newton tem rabo preso e compromissos com o desgoverno de Valderico do qual foi vice” ganharão as praças, ruas e os gabinetes de Ilhéus. E vai por fim a uma inesperada, mas promissora carreira política.

Zelão, metendo... o dedo na ferida!

Acácia sobe

A última pesquisa de um instituto itabunense, feita para consumo interno de um grupo político, mostrou crescimento sólido da candidata do PRB e da Igreja Universal do Reino de Deus, Acácia Pinho.


Foram ouvidas 600 pessoas. No principal cenário, ela aparece com 9,3% dos votos, contra 26,8 de Geraldo Simões e 14,5 de Capitão Fábio.

Mas há um porém. E sempre há: Capitão Azevedo atravessou a pré-candidata e teria, segundo esta pesquisa, 9,8%.

Edson Dantas tem 4,7%, contra 4,5% de Luís Sena. O tucano Adervan Oliveira apareceu com 2% e Roberto Barbosa, 1,7%.

Os dados mostram crescimento de todos os candidatos que pontuam abaixo de dois dígitos. Capitão Fábio e Geraldo Simões apresentam queda nas intenções de voto.
Foi com a leitura desse cenário, que os capas-pretas da Igreja Universal se empolgaram e abriram espaço para Acácia na programação da TV Cabrália.

Famoso quem?

Uma pesquisa feita pelo principal instituto de Itabuna descobriu uma dessas pérolas.

Segundo o levantamento concluído no final da semana passada, 94% dos itabunenses afirmam desconhecer quem é o ministro da integração nacional, Geddel Vieira Lima, líder do PMDB baiano.

E os mesmos 94% disseram que não estariam dispostos a votar num candidato indicado por Geddel.

Estes dados indicam mais pedras no caminho de Capitão Fábio, o pré-candidato do PMDB em Itabuna à sucessão municipal.

Fábio esperava que Geddel - e sua força - alavancassem a sua candidatura.

Pior: passado o efeito da divulgação da convenção do PMDB e do nome de Fábio, as intenções de voto no peemedebista desceram tanto que Acácia Pinho e Capitão Azevedo já lhe são ameaça futura.

CARTAS DE ESTOCOLMO

Ser católico na Suécia


Sandra Paulsen

A gente está tão acostumada, no Brasil, a pensar a vida em termos católicos, que nem pensa nas diferenças entre religiões. Mesmo aqueles que professam outras religiões, estão "acostumados" à vida em um país ainda de maioria católica.

Agora vire tudo de cabeça para baixo! Pois é, a Suécia é um país luterano, se é que se pode dizer isso de uma sociedade tão secularizada. Mas as tradições, os costumes, são protestantes. O que quer dizer que eu sou parte de uma minoria!

Somos cerca de 85.000 fiéis no país todo (compare com os 7 milhões de luteranos), freqüentando 42 paróquias. Temos um bispo. Isto mesmo, unzinho!

Imagino que, dado o pequeno número de fiéis, não deve haver razão para o Papa nomear mais bispos.

O fato é que toda a Suécia é uma só diocese, e isto a partir de 1953! Antes, a partir de 1783, estamos falando apenas de um Vicariato Apostólico, com um vigário, e não um bispo, como líder.

Nosso bispo, Anders Arborelius, é o primeiro bispo sueco na Suécia! Os onze anteriores vinham de outros países, e só os últimos cinco residiam em Estocolmo.

Outra das curiosidades do ser católico aqui é que a participação na igreja é oficial, ou seja, requer uma inscrição individual e formal.

Individual, porque a liberdade de culto na Suécia exige que cada um possa optar por ter ou não uma religião. Ou seja, em princípio, é ilegal "forçar" a adoção de uma religião pelas crianças. A educação religiosa é praticamente proibida nas escolas e, para muitos, batizar os filhos numa igreja é um desrespeito à liberdade da criança. Assim, não há famílias católicas, mas indivíduos católicos...

Formal, porque inscrever-se em uma paróquia implica aceitar o pagamento mensal do dízimo. A inscrição na Igreja Católica local significa que, mensalmente, 1% da sua renda bruta será automaticamente descontado pelas autoridades fiscais, da mesma forma que se coleta o imposto de renda, e destinado à Igreja. Funciona da mesma forma para os inscritos na Igreja Sueca. Só assim, em princípio, uma pessoa tem direito a receber os sacramentos.

Essa foi das coisas mais difíceis para mim. Acostumada à nossa informalidade e a participar da coleta nas missas, ou de contribuir voluntariamente para a Igreja de acordo com minha consciência, o desconto do dízimo no salário foi uma surpresa agora já digerida.

Ocorre que a solidariedade cristã exige a contribuição de todos. Custa caro realizar uma missa aqui, principalmente durante o inverno com a necessidade de aquecimento! E estes custos têm que ser cobertos de alguma forma. Assim, o princípio é que, em benefício dos serviços prestados e das obras da Igreja, todo mundo deve contribuir.

As missas são realizadas em várias línguas e muitos preferem as rezadas em polonês, espanhol, inglês, ou algum outro idioma de origem.

Recentemente, tem-se observado um crescente número de conversões entre os suecos. Muitos se convertem ao islamismo, mas a cada ano são 100 os que se convertem ao catolicismo. É interessante descobrir "novos católicos" entre autoridades e pessoas famosas. O atual Ministro do Meio Ambiente, por exemplo, é católico!

Segundo um recente artigo de jornal, o que leva os suecos a mudarem ou adotarem uma religião é, quase sempre, o amor, o encontro com uma pessoa que professa outra crença. Mas alguns reconhecem que a Igreja Sueca vem perdendo a força e que outras religiões atraem ao oferecer uma imagem mais forte da presença divina.

Parece que, modernos ou não, secularizados ou não, nós seres humanos buscamos sempre algo mais. E alguns, principalmente quando desprovidos da família e dos amigos, da cultura, do clima e das paisagens do país de origem, encontramos consolo no Pai Nosso, mesmo quando rezado em outro idioma...

Leitora do blog (do Noblat), Sandra Paulsen, casada, mãe de dois filhos, é baiana de Itabuna. Fez mestrado em Economia na UnB. Morou em Santiago do Chile nos anos 90. Vive há oito anos em Estocolmo, onde concluiu doutorado em Economia Ambiental.

Relaxe e goze!

"O instituto Ibope divulgou ontem pesquisa segundo a qual a ministra do Turismo, Marta Suplicy (PT), e o ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB) lideram, empatados, a disputa pela Prefeitura de São Paulo. Segundo a pesquisa, Marta conta com 27% das intenções de voto. Alckmin, com 24%."

Folha de São Paulo.

Competente!

Um leitor do Pimenta na Muqueca assinalou aqui, no espaço de comentários, que o advogado Bruno Adry, que garantiu a vitória de Dai da Caixa no STJ e o retorno à prefeitura de Ubatã, é o mesmo de Valderico Reis.

De fato, trata-se do mesmo advogado. No caso de Valderico, Bruno não foi tão vitorioso. E, nesse particular, Ilhéus agradece!

Mas o advogado coleciona outra vitória. Na justiça, conseguiu fazer com que o prefeito de Itabuna, Fernando Gomes, trabalhasse com o orçamento de 2007 votado pela Câmara.

Antes, Fernando havia promulgado a lei orçamentária que ele mesmo mandou para o legislativo, sem nenhuma alteração e com uma margem de remanejamento de recursos (crédito suplementar) da ordem de 100%. Uma vergonha!

Aviso aos fraudadores

A enquete sobre os nomes para a prefeitura de Ilhéus continuará até o fim.

E, ao fim, revelaremos em quais candidatos os donos de IPs dinâmicos estão votando.

Para evitar mais surpresas desagradáveis como a que aconteceu agora com a enquete sobre a sucessão municipal na terra de Gabriela, voltaremos a utilizar o sistema do Enquetes.com, já que o Google se mostrou mais "falível".

Ataques

O leitor Carlos Mascarenhas está sendo execrado por um integrante da família Rabat, apenas porque levantou suspeitas quanto à enquete para prefeito de Ilhéus.

A postura deselegante do rapaz não combina com o histórico e o exemplo de vida dos Rabats, como o querido jornalista Roberto Rabat e o Dr. Antônio Rabat.

Quanto à enquete, o sistema de computação de votos é do Google.

Dai da Caixa retorna em Ubatã

Dai da Caixa chegou a ser preso, em
junho deste ano
, mas retorna ao cargo


O prefeito de Ubatã, Adailton Magalhães, o Dai da Caixa, retornou ao cargo hoje de manhã. Acusado de esquemas em licitações e desvios superiores a R$ 4 milhões, ele estava afastado da prefeitura desde agosto deste ano.

O retorno foi garantido pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), na última terça-feira. Dai havia entrado com um habeas corpus para responder ao processo no cargo, mas perdeu.

Ele, então, mudou de advogado e entrou com recurso. O pedido foi deferido em caráter liminar. O mérito deve ser julgado só após o recesso do judiciário, que termina no dia 7 de janeiro.

O afastamento do prefeito havia sido pedido pelo Ministério Público Estadual. Dai até foi preso em junho deste ano (foto) e retornou ao cargo nove dias depois.

Nos quatro meses de afastamento de Dai, a prefeitura estava sendo administrada pelo vice, Agilson Muniz, de quem se tornou adversário.

Enquete gera debate!

Pimenta:

Venho acompanhando a enquete para Prefeito de Ilhéus, desde o seu início e com alguma constância.

Surpreende-me a excelente votação que vem obtendo Antonio Carlos Rabat, apesar de saber que Ruy é muito mais forte entre o eleitorado de baixa renda, que logicamente não participa de enquetes feitas através da internet.

Outra característica da votação também me surpreende. Os votos de Rabat aparecem por espasmos, ou seja, toda vez que Ruy se aproxima dele aparecem alguns

Votos que o deixam entre 3 e 5 votos na frente.

Estou muito curioso para saber o resultado final desta enquete.

Aproveito a oportunidade para parabenizá-los pelo excelente trabalho que vêm fazendo no BLOG.

Carlos Mascarenhas
mascarenhas@bitway.com.br

Genética

É petista o DNA da pesquisa que causou maior furdunço nos bastidores da política itabunense.

No levantamento, a esposa de Geraldo Simões e ex-secretária de desenvolvimento social, Juçara Feitosa, herdaria até 72% dos votos do secretáro de agricultura.

Antes, o PMDB já havia negado qualquer contratação de sondagem eleitoral.

Segura essa, Joaquim

O professor 171 do curso de direito foi aprovado em concurso público e contratado sem que a Uesc checasse a vida pregressa do "meliante".

O caso é grave.

A instituição somente se deu conta do pepino grosso quando o professor sumiu de sala de aula por quase um mês e uma legião de vítimas procurou o departamento de direito da instituição.

Para que Joaquim Bastos e Lício Fontes estivessem livres desse embróglio, bastava pedir uma certidão de antecedentes do professor.

Lício, tentando consertar o erro - que não é (só) dele - procurou o professor 171 na avenida Canavieiras, em Ilhéus. Este, correu de diálogo com as vítimas e ficou de segredinhos com o diretor do departamento de direito da Uesc.

A coisa vai ficar feia...

19 dezembro 2007

A tampa e o balaio

Gerson Menezes


Era assim que minha avó costumava definir os iguais de forma jocosa. Era como que dizendo que, mesmo estando separados, ao se juntarem se completavam. Na sabedoria popular que a minha avó tão bem sintetizava, busco a inspiração para tecer o comentário de hoje.

Busco, ainda como complemento, a linguagem escrita do analista político Eduardo Anunciação, que diria: “De bem longe me vêm as lembranças, fatos que se transportados para os dias de hoje, de tão semelhantes, dariam para nos confundir no tempo e no espaço”.

Vi e vivi governos e desgovernos; construtores e aproveitadores, na nossa Itabuna. Vi idealistas outros que nem mesmo chegaram lá e morreram com os seus sonhos frustrados de bem governar a terra onde nasceram ou que por ela foram adotados.

O fato concreto é a candidatura do deputado-capitão Fábio Santana, na sua busca indisfarçável do apoio do prefeito Fernando Gomes. Filhos do mesmo pai político que lhes deu projeção, são assemelhados em quase tudo – digo assemelhado, pelas diferenças que colocam Fernando, pela experiência acumulada, alguns anos luz à frente de Fábio - mas, no sentido estrito.

"Fábio é um blefe"
Desde o começo da sua carreira política que o capitão Fábio tenta imitar os passos de Fernando. E, na sua visão, ser o seu legítimo herdeiro político. Nesse período de espera até “receber a herança”, Fábio fez de tudo para agradar Fernando.
.
E se insinuou, desistiu, caminhou junto e apoiou, na vã tentativa de agradar e se fazer notar, na mais deslavada subserviência. Deputado de duas legislaturas, Fábio nunca definiu a sua personalidade política.
.
Fábio nunca formou grupo político, justo pela falta de credibilidade das suas ações e propostas. Poderia se afirmar no mais puro jargão político: Fábio é um blefe! E, por ser, nunca mereceu da parte de Fernando Gomes, velha raposa, a menor consideração e respeito.

Fernando não criou filhos políticos e nem permitirá que “cópias mal-feitas” herdem o seu patrimônio político.


Gerson Menezes é publicitário

Estrada liberada

Polícia Rodoviária auxiliou tráfego em frente à Ceplac.


O nível do rio Cachoeira baixou um pouco mais e os veículos 'leves' começaram a transitar pela estrada Ilhéus-Itabuna sem dificuldades.



Até o meio-dia de hoje a pista chegou a ser interditada para veículos de pequeno porte.



Abaixo, foto de Luiz Fernandes mostra o estado da pista com as chuvas da noite de ontem e madrugada de hoje.

Morre ex-prefeito Fernando Barreto

Hoje, no final da tarde, morreu Fernando Barreto. Ele estava internado há dias no hospital de Base, vítima de pneumonia. Há algum tempo, Fernando apresentava saúde debilitada.

Vice-prefeito, prefeito, vereador de Itabuna e um dos homens mais ricos do sul da Bahia, Fernando morreu pobre, mas dono de um caráter que conquistava a todos.

Desiludido, faz bom tempo que Fernando Barreto havia se afastado da política partidária. E exercia apenas a sua função como funcionário público municipal.

Arerê petista continua...

1 - Comissão analisará recursos pendentes;
2 - No DF e na BA, posse só ocorre após julgamento

A Comissão Executiva Nacional (CEN) do PT, reunida nesta quarta-feira (19) em Brasília, decidiu que, por ocasião da posse do novo Diretório Nacional , será formada uma comissão para julgar os 135 recursos pendentes do PED 2007.

O DN toma posse nos dias 25 e 26 de janeiro, em Brasília.

Na mesma resolução, a CEN também decidiu que os novos Diretórios Regionais do Distrito Federal e da Bahia, bem como os respectivos presidentes eleitos, só tomarão posse após o julgamento dos recursos. Isso porque não é possível determinar quem venceu as eleições antes do parecer da comissão.

Os demais Diretórios Regionais eleitos, com os respectivos presidentes, tomam posse normalmente, mas só poderão fazer o registro na justiça após a definição dos recursos - já que os julgamentos não interferem na eleição presidencial, mas podem provocar pequenas alterações na composição das instâncias estaduais.

A resolução completa da executiva nacional pode ser conferida no site do PT Nacional (clique aqui).

Muito gogó

O curso de marketing político do professor José Carlos Silva decepcionou.

Muita gente saiu reclamando da falta de novidades nos ensinamentos do professor, que também demonstrou pouca tolerância para opiniões contrárias.

Em sua palestra, Silva criticou uma nota deste blog. Segundo ele, o blog fez apologia da "falta de ética" na política.

Tudo isso porque o Pimenta discordou de uma afirmação do professor, segundo a qual os éticos vencerão as próximas eleições. Para o blog, o professor expressou um desejo (que também é nosso) e não uma verdade.

Silva demonstrou que está mais para profeta sonhador do que para cientista político. Precisa separar melhor análise de vontade e entender que, em política, ainda vale mais o ensinamento de Maquiavel: "não minta, mas também não fale toda a verdade".

Quem "ama" essa terra faz assim...

O prefeito Fernando Gomes está prestes a dar mais uma grande demonstração do "amor" que tem por Itabuna.

Caso a prefeitura não envie para a Câmara, até o dia 31 de dezembro, o projeto de lei instituindo o Fundo Municipal de Habitação de Interesse Social, a cidade não terá acesso a recursos federais para obras na habitação popular e investimentos em saneamento básico.

Existem R$ 146 bilhões destinados a esses projetos no Ministério das Cidades. Mas, ao que tudo indica, Itabuna vai ficar de fora.

Ou o prefeito pensa em fazer uma convocação extraordinária da Câmara?

Só vai de caminhão

Trecho da rodovia Itabuna-Ilhéus, altura da Ceplac, às 11 horas de hoje

Pane na OI

Sabe aquele seu revolucionário celular Oi? Se você mora no sul da Bahia, tente utilizá-lo?

Tentou? Funcionou? Não, né?

Desde o final da manhã, boa parte das cidades cobertas pelo serviço OI Celular enfrenta problemas.

Em Itabuna, os usuários não estão conseguindo fazer ligação. Só dá a tal "rede ocupada".

Quem mandou você acreditar em propaganda? Os blogueiros do Pimenta também acreditaram...

E... sifu.

Peemedebista nega pesquisa em Itabuna

Exclusivo

O comando da pré-campanha do deputado estadual Capitão Fábio (PMDB) nega que tenha encomendado alguma pesquisa de consumo interno para saber o poderio eleitoral da ex-primeira-dama de Itabuna, Juçara Feitosa (foto).

"Isso é coisa do PT", disse, ironizando um dos antigos slogans do petismo, que depois foi aproveitado pela oposição em rosários de denúncias contra nomes do partido.

A negativa decorre de nota publicada neste blog dando conta de que um "escritório situado no Costa Azul" havia encomendado o levantamento incluindo o nome de Juçara, no caso do esposo, Geraldo Simões, não ser candidato a prefeito do município.

Apesar de afirmar não ter contratado nenhuma pesquisa, um peemedebista afirma que o percentual obtido por Juçara Feitosa é "nada" num momento em que a campanha nem começou.
"Tudo muda quando a campanha começa", disse, questionando até a capacidade de liderança da ex-primeira-dama.

No levantamento, que já está na boca do povo, Geraldo Simões teria, hoje, capacidade de transferir 72% dos seus votos para a esposa.

Este blog está tentando manter contato com o gabinete do secretário estadual de agricultura.

Asfixiando a viúva

De acordo com o Código Penal, matar por asfixia é uma das formas como se configura o homicídio qualificado.

Pois é dessa forma cruel que a Secretaria de Saúde de Itabuna está "matando" as verbas do setor, que deveriam servir para desenvolver uma política eficiente de proteção à vida.

O vereador Emanoel Acilino apurou que a Secretaria compra oxigênio medicinal ao preço de R$ 150,00 o metro cúbico, em uma empresa instalada no município de Simões Filho.

Segundo o mesmo vereador, igual quantidade do produto é encontrada no mercado a R$ 10, 00. Ou seja, até mesmo oxigênio estão superfaturando em Itabuna. E multiplicando o valor por quinze.

É ou não de dar falta de ar?

Cachoeira subiu 3,5 metros

Segundo o 4º Grupamento do Corpo de Bombeiros, o nível do Rio Cachoeira subiu entre 3 metros e 3,5 metros no período de 12 horas.

As equipes têm trabalhado no auxílio às famílias das áreas atingidas, mas muitos moradores se recusam a deixar as casas, apesar da situação de risco.

A meteorologia indica menos chuva para amanhã na região de Itaju do Colônia, que tem contribuído fortemente para a cheia do Cachoeira.

Família vive drama das fortes chuvas em Itapé

Uma passarela sobre o rio Colônia e uma casa ribeirinha foram destruídas pelas chuvas de ontem e madrugada de hoje, em Itapé.

Maria Creuza de Oliveira Santos, 4 filhos, foi surpreendida pelas águas do Colônia nas primeiras horas de hoje. "Quando acordei, a água já tava entrando". A água destruiu a casa de Maria Creuza.

Ela estava assustada e chorando a perda. Quando percebeu a 'chegada' da água, não teve tempo para nada. Ela e os filhos estão apenas com a roupa do corpo.

Maria Creuza não pôde contar com o auxílio do marido, que está no Espírito Santo, trabalhando na colheita de café.

A casa destruída pela chuva ficava situada na parte central do município de Itapé. Segundo a assessoria de comunicação da prefeitura, o município dá assistência à família.

Chuvas: 600 famílias desabrigadas em Itabuna

Além das famílias dos bairros Nova Itabuna, Bananeira, Vital Teixeira e Banco Raso, Itabuna contabiliza novos desa-
brigados pela cheia do rio Cachoeira.

Já passa de 100 o número de famílias desabrigadas na região conhecida como Uruba, situada entre Ferradas e Nova Ferradas. A população ribeirinha foi atingida pela cheia do rio que corta o trecho urbano do município.

Logo no início da manhã, os desabrigados em Ferradas e Nova Ferradas reclamavam da falta de assistência da prefeitura. Eles foram socorridos pela comunidade. Até há pouco, a assistência social não havia chegado por lá.
Ibicaraí também sofre com as chuvas. A última informação dava conta de 250 famílias desabrigadas pelo rio Salgado.

Confira mais sobre a enchente em post abaixo.

Jeito petista de comemorar

O PT baiano inaugurou um novo jeito de comemorar resultado eleitoral.

Enquanto Marcelino Galo fez a festa na madrugada e concede coletiva às 14h como reeleito, antes da reunião da Executiva Estadual do partido, o adversário Jonas Paulo já está em Brasília para tomar posse como novo presidente do partido.

O clima é de tensão.

Oficialmente, Marcelino está reeleito

Finalmente, o PT liberou a votação dos candidatos a presidente do diretório estadual baiano. Marcelino Galo foi reeleito com 8.474 votos contra 6.916 de Jonas Paulo.

Até o final da noite de ontem, a comissão eleitoral não havia liberado o resultado oficial, o que aconteceu apenas na madrugada.

Jonas Paulo vencia a eleição antes de serem analisados os recursos. A frente imposta pelo diretor da Codevasf sobre Marcelino era de 294 votos.

Tanto Jonas como o presidente reeleito entraram com recursos contra resultados em vários diretórios e zonas eleitorais.

Sacramentada a vitória, Marcelino concede entrevista coletiva às 14h desta quarta, na sede do partido, no Tororó, segundo a assessoria de imprensa do candidato.

Cachoeira deixa 750 famílias desabrigadas em Itabuna e Ibicaraí

A elevação do nível do Rio Cachoeira já deixou mais de 500 famílias desabrigadas em Itabuna e 250 em Ibicaraí. Há também pontos de alagamento na BR-415, o que provocou a interdição parcial dos trechos entre Itabuna e Ilhéus (altura da Ceplac) e Itabuna e Ibicaraí (quilômetro 41).

Em Itabuna, há ruas alagadas nos bairros da Bananeira, Vila Vital Teixeira, Banco Raso e Nova Itabuna. As famílias desalojadas estão sendo recolhidas ao Parque de Exposições Antônio Setenta, Vila Olímpica e escolas da rede pública.

No centro de Itabuna, a cheia provocou a interdição da Ponte do Marabá. Nas praias de Ilhéus, um grande volume de baronesas se amontoa nas praias, o que constribui para afugentar os turistas.

Jangadas bem presas para não seguir rio abaixo


Barragem no centro de Itabuna totalmente encoberta


Uns cliques no lado bonito da cheia

18 dezembro 2007

E porque água e óleo não se misturam...

"O senador César Borges deve perder a presidência do PR baiano. Numa reunião em Brasília com as bancadas do partido na Câmara Federal e no Senado, foi pedida, inicialmente, a expulsão de Borges, por ele ter votado contra a prorrogação da CPMF, mesmo fazendo parte de um partido aliado ao governo federal.

Fonte republicana falou a este site que o pedido de expulsão teria partido do deputado federal Sandro Mabel (GO). Mas, a turma do "deixa disse" entrou em cena e tratou de demovê-lo da idéia.

Foi então que, em consenso, os parlamentares optaram por destituí-lo da presidência do partido. A presidência da legenda na Bahia deverá voltar às mãos do deputado federal José Carlos Araújo."

Bahia Notícias

Ela, não!

Algumas figuras danaram a tentar incluir a jornalista Tonet na lista dos "Malas 2007".

Este blog discorda, pois gosta da veia sarcástica da colunista e especula que os comentaristas estejam temendo ser votados ou apontados como os malas do ano... e partiram pra 'vingança'.

A propósito, aproveitemos o momento para que os leitores dêem dicas de quem seria o "Mala do Ano".

Basta enviar sugestões ou comentar logo abaixo.

Mistério em Ilhéus

Prefeitura não encerrou contrato e continua
usando estrutura do macabro "Carandiru".


O antigo prédio do "Carandiru" pertence à Viação Águia Azul, da família Carletto e do prefeito cassado Valderico Reis.

Apesar de condenar o "mineirinho", o prefeito Newton Lima paga religiosamente o aluguel das instalações, na avenida Itabuna, e não pensa em encerrar o contrato.

Lá, ainda funcionam secretarias como Serviços Urbanos e Engenharia e Obras.

Quando Valderico transferiu gabinete e secretarias para o "Carandiru", houve uma grande reação da sociedade ilheense. Mas, pasmem, pouca coisa mudou por lá!

Acorda, Newton!!!

Quebrando os mistérios da redação no vestiba!

A redação no vestibular Uesc/2008 é o tema de uma aula mágica do mestre Gustavo Atalah Haun, no próximo sábado, 22, na Ação Fraternal de Itabuna.

Ele dará dicas, falará sobre temas anteriores e fará uma revisão para o povo chegar tinindo no 'vestiba'. E mandar ver na redação. A aula vai das 9h30min às 11h30min.

Tudo isso investindo apenas R$ 10,00.

Dúvidas ou mais informações é só ligar (73) 9974-7411. Ou enviar um email ( g_a_haun@hotmail.com ).

Professor 171

O departamento de direito da Uesc insiste em negar que pertença aos seus quadros o professor Cláudio Macêdo Cruzeiro, o "Dado Dolabella" (foto).

Apesar da negativa, o professor dá aulas na instituição há três semestres, pelo menos, desde quando foi aprovado em concurso para professor substituto de legislação tributária.

Pior, a Uesc teria contratado "Dado Dolabella" sem consultar os seus antecedentes criminais.

Ele é acusado de dar golpe numa pousada de Ilhéus, a Píer do Pontal, além de clientes do seu escritório de advocacia, taxitas e mototaxistas.

"Dado Dolabella", segundo o jornal A Região, é apelido que o professor ganhou quando lecionava na FTC-Itabuna. "Ele dava em cima das meninas", diz um ex-aluno.

Marcelino é reeleito; mas cabe recurso

Sem a contagem final disponibilizada para os leitores, o site do PT da Bahia informa que o atual presidente, Marcelino Galo, foi reeleito para o biênio 2008/2009 do diretório estadual do partido.

De acordo com informações apuradas por este blog, partidários de Marcelino e de Jonas Paulo não se entenderam durante a análise dos 60 recursos apresentados contra resultados em diversos diretórios municipais.

Jonas, que havia programado a festa da eleição para as 19h, em Salvador, retirou-se da mesa de análise dos recursos e foi embora.

Por enquanto, Marcelino é dado como reeleito, mas o caso será julgado, definitivamente, apenas pela Executiva Nacional da sigla, desde que Jonas recorra.

A briga petista deve perdurar até depois do natal, segundo fontes consultadas pelo Pimenta na Muqueca.

Espólio eleitoral

Mais uma pesquisa saindo do forno em Itabuna. Desta vez, o contratante também quis saber qual seria o nome alternativo ao de Geraldo Simões, no PT.

A pergunta era se o eleitor "votaria em Geraldo Simões, para prefeito?"

Quando o eleitor dizia sim, outra pergunta era feita: "E se Geraldo não for candidato, votaria no nome que ele indicasse?"

A pesquisa ainda quis medir o poderio eleitoral de GS ao querer saber se o voto seria mantido se a esposa do petista, Juçara Feitosa, fosse a indicada.

O tipo de questionário não é o primeiro a ser aplicado em Itabuna. Ele foi encomendado, agora, por um importante escritório no Costa Azul.

A 'encomenda' foi feita após informações de que a ex-primeira-dama e ex-secretária de desenvolvimento social poderia "garantir a eleição para o PT" em Itabuna.

Para surpresa dos interessados, Juçara apareceria bem na pesquisa em fase final de tabulação.

A informação vazou e, aí, foi um Deus nos acuda. Alguns atribuem o levantamento ao PT.

Apressada

A professora Miralva Moitinho quer que Geraldo Simões faça uma chapa puro sangue, segundo o comentarista político Eduardo Anunciação.

E sabem qual o sonho de Miralva?

Ser a vice de Geraldo.

Arerê petista

Os eleitores de Jonas Paulo comemoram. Dizem que já ganharam a parada.

A Executiva Nacional diz que a apuração não terminou e quem lidera é Marcelino Galo.

Tá uma coisa de louco essa eleição do diretório estadual do PT.

Juntando as ações de cada lado, são cerca de 60 recursos para serem julgados.

Qualquer resultado anunciado poderá ser alterado em função dos recursos.

Em tempo: Os recursos começam a ser analisados agora à tarde, a partir das 14h30min, na sede do PT.

Na saúde, salário pela metade

O Hospital de Base de Itabuna está revolucionando as relações trabalhistas. Agora, o funcionário trabalha 30 dias e, ao final do mês, recebe apenas metade do salário.

Pelo menos, foi o que aconteceu agora com o salário de novembro.

Pior: ninguém sabe informar quando - e se será - pago o décimo terceiro.

Contrariados, funcionários e o sindicato da categoria fazem protesto amanhã, na porta do hospital.

A 'paralisia' não é novidade. O hospital deixou de receber mais de R$ 6 milhões, enviados pelo governo federal e desviado pela prefeitura, segundo auditoria da Secretaria Estadual de Saúde (Sesab).

Polícia prende sonegadores; Fernando se assusta

Dias após a Procuradoria-Geral da República pedir a prisão do prefeito Fernando Gomes por sonegação fiscal, a Polícia Federal procura suspeitos de envolvimento em uma quadrilha especializada em fraudar impostos.

A Operação Celeiro começou na madrugada desta terça-feira (18), em Minas Gerais, São Paulo, Goiás, Tocantins, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, além do Distrito Federal.

Parece que o Brasil, finalmente, resolveu colocar os sonegadores atrás das grades. Ou, pelo menos, tentar...

Leia mais sobre sonegadores no portal G1.

TCM rejeita contas de 2006 de Fernando

Exclusivo

O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) rejeitou as contas do prefeito Fernando Gomes (DEM), relativas ao exercício de 2006.

O relatório pela rejeição das contas do prefeito ainda aguarda publicação.

Os conselheiros do TCM apontaram contratações e compras em grande volume sem licitação, fragmentação de despesas e irregularidades com o quadro de pessoal.

É a segunda pior notícia da semana para o prefeito. Além da rejeição de suas contas pelo TCM, Fernando teve um pedido de prisão apresentado pela Procuradoria Geral da República (PGR), por cometer crime de sonegação fiscal.

Recontagem

Exclusivo

Não é só na eleição para o diretório municipal do PT em Salvador que deverá haver recontagem.

Talvez reconhecendo derrota de forma antecipada, o grupo de Jonas Paulo diz existir evidência de que estão "parindo" votos em favor da chapa adversária, liderada pelo atual presidente e candidato à reeleição do diretório estadual, Marcelino Galo.

A eleição está quente e pode deixar seqüelas no partido.

O resultado deveria sair no início da madrugada. Na terceira parcial da eleição, Galo liderava com diferença de apenas 59 votos. Jonas rodou a baiana e não admite outro resultado que não seja vitória. Por isso, pode pedir recontagem.