31 janeiro 2007

Times sul-baianos empatam

O Colo Colo empatou em 1x1 com o Fluminense e perdeu a chance de avançar na tabela e descolar de vez dos 'lanterninhas' do campeonato, mesmo jogando em casa. O Itabuna também não teve melhor sorte e acabou num empate sem gols com o Poções, no estádio Luiz Viana Filho. Os dois jogos começaram às 20h30min.

Nos cinco jogos de hoje à noite, chamou atenção a 'pontaria' dos times (foram apenas oito gols) e os quatro empates. Apenas o Vitória conseguiu somar três pontos. A sexta rodada terá complemento nesta quinta, às 15h30min, com a partida entre Atlético de Alagoinhas e Ipitanga. Se o Atlético vencer, retoma a liderança do campeonato, perdida para o Vitória, que venceu o Conquista por 2x0, agora à noite.

Os resultados desta quinta

Catuense 0x0 Camaçari
Colo-Colo 1x1 Fluminense
V.Conquista 0x2 Vitória
Bahia 2x2 Juazeiro
Itabuna 0x0 Poções

Pefelista 'leva' eleição da UPB

O candidato pefelista Orlando Santiago venceu o petista Carlos Brasileiro na disputa pela presidência da União dos Municípios da Bahia (UPB). Santiago somou 179 votos, contra 163 de Brasileiro. O resultado pode não ser definitivo, pois a disputa ameaça terminar nos tribunais.

Ufa!!!

Ao deputado Paulo Magalhães e seus assessores, este blog informa que o processo judicial citado na postagem abaixo se refere a uma suposta agressão física contra o ex-assessor do parlamentar.

Nada mais além disso...

Investigados

Cinco deputados federais baianos que tomam posse amanhã, dia 1º, respondem a algum tipo de processo judicial. É o que mostra um levantamento do portal G1. Os réus são os pefelistas Fernando de Fabinho e Paulo Magalhães, os petistas Nelson Pellegrino e Guilherme Menezes, e Alice Portugal do PCdoB. Os processos vão de agressão física a supostos crimes de imprensa.

Sarampo

Autoridades em saúde acreditam que o Sul da Bahia estaria bastante vulnerável ao sarampo, apesar dos esforços desenvolvidos por diversos municípios.

Traição dupla

Raymundo Veloso, eleito deputado federal em outubro, fez escola. O deputado federal reeleito Colbert Martins o seguirá no PMDB. Colbert é, até hoje, presidente estadual do PPS, sigla de oposição a Lula... como o foi desde o segundo ano do mandato do presidente da República. Colbert, assim como Veloso, sonha com as eleições municipais de 2008. Ele quer ser prefeito de Feira de Santana. Veloso sonha com o Palácio Paranaguá, ali em Ilhéus.

BLOG DO JOSIAS

PMDB decide indicar Geddel para ministro de Lula

"O deputado Geddel Vieira Lima (BA) consolidou-se como o preferido da bancada de deputados do PMDB para tonificar a presença do partido na Esplanada dos Ministérios. O nome dele será levado formalmente ao Planalto assim que Lula declarar aberta a temporada de negociação ministerial. Algo que o presidente promete fazer depois da eleição dos presidentes da Câmara e do Senado, nesta quinta-feira.

Em público, os líderes do PMDB desconversam. Em privado, confirmam a intenção de indicar Geddel para integrar a equipe de Lula. Há uma preferência pela pasta dos Transportes. Mas o partido se diz aberto a aceitar outro ministério, desde que seja considerado compatível com o poderio do PMDB, maior partido do consórcio governista".

PARA LER MAIS, CLIQUE AQUI.

FG: segura na mão de Deus... E vai!!!

As indicações de que o prefeito de Itabuna, Fernando Gomes, tenta aproximar-se do meio evangélico já são percebidas por fiéis de várias denominações religiosas. Esta semana, uma freqüentadora da Assembéia de Deus comentava que o alcaide está mesmo mudado. Não se sabe se pelas traumáticas experiências familiares ou por uma reflexão que normalmente as pessoas fazem em determinado momento de suas vidas.

A evangélica justificava seu pensamento, com um dado em tudo e por tudo sintomático, segundo a sua lógica teocrática. Eis o raciocínio: "Fernando sempre foi apaixonado por festas, todo mundo sabe disso, mas este ano ele não vai fazer Carnaval. É uma revelação".

O que parece uma idéia ingênua é, na verdade, uma semente que está sendo plantada nas igrejas, uma forma de tornar mais palatável a conversão do ex-devoto de Nossa Senhora das Graças, que também é (ou era, sei lá) chegado a uma macumbazinha.

O irmão FG estaria realmente preocupado em lavar sua alma no sangue de Jesus, redimindo-se dos pecados e abrindo mão dos prazeres mundanos? Ou, assim como centenas (ou milhares) de políticos brasileiros, está de olho no enorme patrimônio eleitoral fornecido pelas igrejas evangélicas?

Não é pelo hábito do ceticismo, peculiar aos jornalistas, que desconfiamos dessa mudança. Também não radicalizamos a ponto de achar que ninguém muda depois dos 40, dos 50 ou dos 60, mas em se tratando de políticos cheios de manhas e artimanhas é sempre bom desconfiar.

30 janeiro 2007

Bar da Boa pode fechar


O Conselho Nacional de Auto-Regulamentação Publicitária (Conar) foi pra cima das cervejarias, alegando abusos com o apelo sexual em comerciais. Um dos alvos é o "Bar da Boa", em que a atriz Juliana Paes exibe os seus dotes, pra alegria da galera.

Além da Ambev, a Femsa - empresa mexicana que produz a Kaiser - também é alvo de denúncias de abuso. De acordo com o Conar, as cervejarias descumprem acordo firmado há três anos, segundo o qual as propagandas deveriam evitar o recurso ao sexo.

Sociólogas feministas dizem que os comerciais fazem uma associação entre o consumo de álcool e o sucesso com as mulheres. Outros argumentam que as peças publicitárias incitam à ingestão excessiva de bebidas.

E O PIMENTA DA MUQUECA, O QUE DIZ?
- FECHAR O BAR DA BOA, NEM A PAU!!!!!

EXTRA! ITABUNA TERÁ CARNAVAL


Está confirmado. Os foliões itabunenses podem ficar tranqüilos, que a festa de Momo deste ano será das mais animadas. Entre as atrações, os blocos Casados I... Responsáveis e As Leoninas.

Ah, só um detalhe: este carnaval grapiúna acontecerá na PONTA DA TULHA.

Assédio

Os integrantes da MCC (Máfia do Crédito Consignado) agiram com voracidade em diversas prefeituras sul-baianas. Ao secretário de Finanças de uma delas, foi oferecido R$ 1 milhão para viabilizar o esquema.

Festa de cachorros e urubus


Diversas ruas de Itabuna ficaram sem coleta de lixo ontem e os moradores tiveram a ingrata surpresa de ver pilhas de lixo na via pública logo no início da manhã. Quem fazia a festa eram cachorros e urubus, contentes com o banquete. Se esses bichos votassem, certamente escolheriam o nosso prefeito...

A foto que ilustra essa postagem foi tirada no bairro da Conceição. O curioso é que em ruas como a Bela Vista e a Hercília Teixeira, bem como suas transversais, um funcionário da limpeza pública passou ontem empilhando os sacos de lixo, procedimento que antecede a coleta pelos veículos compactadores. Ocorre que o tal veículo não apareceu depois.

O quadro se assemelha ao de melancólicos fins de governo.

Namoro à vista?

Em notas quase cifradas, publicadas hoje no Diário do Sul, Eduardo Anunciação deixa entrever a possibilidade de um "namoro" entre os inimigos íntimos Geraldo Simões, Ubaldo Dantas e Renato Costa. Ou eu não entendi direito?

Leia e tire as suas próprias conclusões:

"Geraldo Simões, do PT do Presidente Lula, do governador Jacques Wagner & Jussara Feitosa e filhos, têm acampamento agradabilíssimo, residência, casa ali em Ilhéus-Zona-Norte. No próximo parágrafo, com o máximo de precisão.
*
Renato Costa, do PMDB do deputado Geddel Vieira & Gardênia Costa e filhas, têm acampamento de sossego, residência, casa ali em Ilhéus-Zona-Norte, onde curtem a ressaca do mar. No próximo parágrafo, com exatidão.
*
Ubaldo Dantas, do PSDB do governador José Serra & Ritinha Dantas e filhos, têm acampamento, residência, casa ali em Ilhéus-Zona-Sul, onde compartilham moqueca de peixe. No próximo parágrafo, com pessimismo, otimismo vazio.
*
Geraldo Simões (PT), Renato Costa (PMDB), Ubaldo Dantas (PSDB). A quilometragem, distância entre Geraldo, Renato, Ubaldo é curtíssima, pouca, curta apesar do infinito dos oceanos, apesar do além dos mares. Concluindo com carícia.
*
Geraldo Simões, Renato Costa, Ubaldo Dantas, lembrai-vos. O rio é companheiro, finito, o rio é amigo, enquanto o mar é imponderável, traiçoeiro, o mar é infinito. Mas o mar não recusa presentes, oferendas, ofertas floridas".

HUM, "OFERTAS FLORIDAS"???? SEI NÃO...

29 janeiro 2007

MCC

O sul da Bahia imita São Paulo e cria o seu MCC, a Máfia do Crédito Consignado...

Religiosos

Uma fonte de dentro da prefeitura de Una contou para este blog. Os envolvidos na Máfia do Crédito Consignado são extremamente religiosos: levam um terço sempre que celebram novo contrato.

Máfia do Crédito agita meio político

Uma reportagem explosiva do jornal A Região desarticulou o esquema da 'Máfia do Crédito Consignado' e agitou o meio político baiano. A 'máfia' envolve uma instituição de crédito (Banco Matone), vários prefeitos sul-baianos, parentes do prefeito de Una, Zé Pretinho, e diversos funcionários públicos.

O que mais agitou o caso foram as especulações sobre o nome do deputado que integra o esquema. Este blog já deu pistas: o deputado é "pé-de-cana" - e acrescenta: todo mundo o conhece no município de Una. Leia mais aqui.

Alcyr na guilhotina

Inspira cuidados a situação do técnico do Itabuna, Alcyr Silva. Os jogadores ameaçam "rebelião" contra o comandante, principalmente depois que o técnico atribuiu aos atletas os maus resultados no campeonato deste ano.

- A gente arma o time, mas o técnico não entra em campo -, disse Alcyr.

O Itabuna é o lanterna do campeonato. O azulino perdeu quatro das cinco partidas disputadas e soma apenas três pontos no Baianão 2007, transformando esta na pior das campanhas do time no estadual em toda a história.

Ele entende...

POLÍTICA E AGÊNCIAS DE PUBLICIDADE!

César Maia

01. São inúmeros e repetitivos os casos de CPIs, escândalos, evidências e investigações que ocorrem em torno da execução dos contratos dos governos com as agências de publicidade.

Aliás, não cabe em tese às agências mais do que responder a seus clientes não tendo -em tese- responsabilidade sobre o cumprimento ou não dos governos da legislação que caiba. Claro que há exceções a esta regra, cujo caso explícito foi o da agência do seu Marcos Valério que cumpriu papel de intermediário politico-financeiro.

02. Os casos -conhecidos- são inúmeros e publicados, como os do Marcos Valério -em Minas e depois em Brasília, ou os que as CPIs -e o Estado do Rio de Janeiro, foi um exemplo- mostraram, ou o caso auto-reconhecido da agência do Duda Mendonça, ou mesmo agora este caso da agência que servia ao ministério da reforma agrária anos atrás (caso Raul Jungmann).

03. Como funciona esse processo. Começa com a escolha de um conjunto de agências pelos governos, de forma a incluir aquela que lhe serviu nas eleições ou que lhe servirá nas próximas eleições. A partir daí o diagrama se abre em dois vetores.

04. No primeiro vetor os governos usam as agências para fazer contratações sem licitação ou seleção. São casos diversos de pesquisas, clippings, produções desconectadas de veiculações, contratações de pessoal que na verdade serve a assessoria de comunicação dos governos e não a agência, etc... etc...

05. O segundo vetor é mais complexo, mas importante e menos fiscalizável. Exigiria uma auditoria técnica. E mais: poderia ser demonstrado -no caso da agência servir ao governo na eleição seguinte- comparando os valores de produção contabilizados na campanha e os mesmos valores de produção, contabilizados no contrato com o governo que serve ou serviu.

06. Dentro deste vetor os altos valores implicados vem do plano de mídia e da comissão para veiculação. Imaginemos que um plano de mídia para comunicar uma ação do governo seja de 80 inserções na TV. O governo acerta com a agência uma veiculação de 200 inserções e combina que o -digamos- extra, será para a campanha eleitoral.

De onde vem estes recursos? Esta é a segunda parte associada: as comissões. Estas em geral -e legalmente- variam entre 10% e 20%. Como há uma veiculação extra, toda esta, valorada pela comissão paga, deve reverter ao partido do governo na próxima campanha eleitoral ou mesmo nos programas partidários semestrais. Claro, descontado o imposto de renda relativo.

BLOG DO MÁRIO

Ensino é pago, mas é difícil de receber

O ensino superior privado pareceu ser um dos ramos mais promissores da economia. Em 2006, o número de alunos dessas instituições cresceu 9%. Desse total, 8 pontos porcentuais referem-se a vagas dos bolsistas do Prouni e só 1 ponto porcentual ao crescimento efetivo do mercado.

Para ler mais, clique AQUI.

Assim não dá

O governador Jaques Wagner 'inovou' ao manter o comando da PM que trabalhou com Paulo Souto. Mas o seu governo quase dá uma bela "bola fora" ao pensar em nomear o delegado Valdir Gomes Barbosa para o comando do Departamento de Polícia do Interior (Depin).

Valdir é, simplesmente, um dos envolvidos no caso dos grampos contra adversários do carlismo na Bahia. O governador suspendeu a nomeação a tempo...

Exposição de Sérgio Guerra


O fotógrafo e publicitário Sérgio Guerra expõe, na internet e nas ruas de Salvador, belas fotos que reafirmam a identidade entre a Bahia e a África. Para conhecer mais detalhes sobre o projeto, clique AQUI.

28 janeiro 2007

Partilha

Não são nada amistosas as relações do secretário de Saúde, Jesuíno Oliveira, e Welington Camelo, mais conhecido como Leléu.

Leléu é homem de confiança de Marcos Gomes na estrutura da Saúde. Pra complicar, Jesuíno ainda está de olho em Waldir Catarino, coordenador do administrativo e financeiro da saúde.

O secretário desconfia da dobradinha de Catarino e Leléu...

Anote e cobre

Os políticos sempre esquecem das suas promessas feitas no calor da campanha. Esquecem dentro de suas conveniências. A internet facilita o acesso a muitas dessas promessas, além de permitir que, a qualquer momento, você possa cobrar o seu representante pelo que foi dito e, principalmente, por aquilo que não está sendo realizado.

Para você não esquecer as promessas feitas pelo presidente Lula para este segundo mandato, nós disponibilizamos um link interessante com o programa de governo para este período 2007-2010. Ficou na dúvida sobre as promessas? Clique aqui e confira item por item.

Atlético lidera e o Itabuna segura "lanterna"

Após os resultados da quinta rodada do Baianão, o Itabuna voltou a segurar a lanterna e o Atlético assumiu a liderança isolada do certame. O azulino perdeu fora de casa para o Juazeiro, por 3x2, e o Atlético passou à primeira colocação depois de estar perdendo por 1x0 e virar o jogo para cima do Flu de Feira, por 2x1.

Os resultados da rodada fizeram o Colo Colo saltar da vice-lanterna para o sétimo lugar, ao vencer o Vitória da Conquista por 2x0. O destaque da rodada foi a goleada de 5x0 imposta pelo Vitória ao Catuense. Ocorreram empates nos jogos entre Ipitaga e Bahia (1x1), CamaçarixPoções (1x1)

Classificação Geral
1º Atlético: 11 pontos
2º Vitória: 10 pontos
3º Juazeiro: 10 pontos
4º V. Conquista: 8 pontos
5º Bahia: 8 pontos
6º Catuense: 7 pontos
7º Colo-Colo: 6 pontos
8º Camaçari: 6 pontos
9º Poções: 5 pontos
10º Ipitanga: 4 pontos
11º Fluminense: 3 pontos
12º Itabuna: 3 pontos

Tigre derruba o líder

O Colo Colo acaba de derrubar o líder do campeonato, o Vitória da Conquista, por 2x0, no estádio Mário Pessoa, em Ilhéus. O resultado deixa o Tigre ilheense em melhor situação na disputa. Em cinco jogos, soma três empates, uma derrota e uma vitória, total de seis pontos.

O time chega à primeira vitória depois de trocar de técnico. Dico Maradona pediu demissão e assumiu o comando do Tigre o ex-zagueiro Lennon. Esta é a primeira vez no campeonato que o time vence e, também, não sofre gols.

Itabuna sofre nova derrota

Sem força para superar o Juazeiro, o Itabuna acaba de perder a sua quarta partida em cinco jogos no campeonato baiano 2007. O time da carranca enfiou 3x2 no azulino. Com o resultado, o Itabuna continua com apenas três pontos e pode voltar a segurar a lanterninha do campeonato.

Neste momento, o Vitória acaba de fazer 2x0 na Catuense. O Bahia empata em 1x1 com o Ipitanga, fora de casa. O Fluminense vence o Atlético por 1x0, até aqui.

Leia no Pimenta:

- Raymundo Veloso trai o PPS e 'engorda' o PMDB

- Máfia do Crédito no sul da Bahia também envolve deputado

- Prefeito se beneficiou de esquema irregular com Banco Matone

- Banco tem convênio com o Governo do Estado

- Assinatura da Telemar é ilegal

- Troca-troca na imprensa local

- Animais geração 'Prozac'

- Sanguessugas: deputado pastor Germano é indiciado


Abaixo, confira todos esses destaques.

Briga de cachorro grande

Contra Dirceu, Tarso se alia a Jaques Wagner

Wilson Tosta

O ministro das Relações Institucionais, Tarso Genro, articula, com apoio do governador da Bahia, Jaques Wagner, uma nova maioria para enfrentar no 3º Congresso Nacional do PT, em julho, o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu e o setor tradicional do Campo Majoritário, grupo moderado que chefiou até a crise do mensalão, em 2005.

Com o conhecimento do Planalto, Tarso faz circular documento acusando o partido de “corrupção” e, embora sem citar Dirceu nem as tendências que ele liderava, responsabiliza-os veladamente pela crise de valores e práticas que quase tragou o petismo. O movimento, que tem simpatia da tendência Democracia Socialista, pede a “refundação” do PT e mudanças na política econômica.

ESTADÃO, HOJE.

Bichinhos geração 'Prozac'

Veterinários agora receitam antidepressivos humanos aos mascotes com problemas de comportamento

Ricardo Westin

De uma hora para outra, a cadela Mariana adquiriu um estranho hábito. “Em vez de passar o tempo no portão, vendo a rua, ela ficava deitada na cama, mordendo compulsivamente as próprias patas”, lembra Muneatsu Tako. “Ela estava sempre com as patas molhadinhas”, completa Joana Tako.

O casal decidiu levar a dachshund de 8 anos ao veterinário. E descobriu que o problema estava não nas patas, mas na cabeça de Mariana. Ela sofria de ansiedade - possivelmente algum resquício dos tempos em que vivia na rua, antes de ser adotada, há três anos. Bastaram 30 cápsulas de fluoxetina - uma por dia, sempre depois do almoço -, feitas numa farmácia de manipulação, para que a cachorra deixasse a mania de lado.

Fluoxetina é o princípio ativo do Prozac, o antidepressivo mundialmente famoso. A droga foi lançada no final dos anos 80, indicada para casos de ansiedade, transtorno obsessivo-compulsivo e bulimia nervosa, além de depressão.

ESTADÃO, HOJE.

Veloso e a "engorda' do PMDB

A filiação do deputado Raymundo Veloso ao PMDB faz parte de uma estratégia de engorda da sigla partidária. Os peemedebistas planejam chegar à marca de 100 deputados federais antes do dia primeiro, quando acontece a posse dos parlamentares eleitos em outubro passado. De acordo com o jornal Folha de São Paulo, a "engorda" do PMDB faria muito bem ao deputado federal e presidente do diretório baiano do partido, Geddel Vieira Lima, cotado para ocupar o Ministério da Integração Nacional.

Já Veloso é mais um para entrar na lista dos deputados infiéis. Eleito pelo PPS, troca de partido agora para entrar com força na eleição municipal de 2008, em Ilhéus. E deixa isso bem claro em notas enviadas às redações de jornais sul-baianos. Não há de se esperar muito. Ele é aquele mesmo que teria declarado à Folha de São Paulo que iria para a Câmara "fazer um pé de meia", pois já está velhinho... Clique aqui e confira a declaração de Veloso ao jornal dos Frias.

Agora vai

"Com uma bancada de 19 deputados federais , o PFL baiano e partidos aliados estão preparados para a missão de resgate da atuação do Congresso Nacional. Tradicionalmente, o PFL baiano ocupa posições importantes no Congresso, jã tendo presidido a Câmara e o Senado e as principais comissões da Casa, como a de Constituição, Justiça e Cidadania do Senado, que tem à frente o senador Antonio Carlos Magalhães". Informe, Correio da Bahia.

Itabuna e Colo Colo no desespero

O Itabuna enfrentará o Juazeiro logo mais à tarde, na casa do adversário. Depois de acumular três derrotas consecutivas, o azulino venceu o último confronto e somou os primeiros pontos no Estadual 2006. A vitória apenas quebrou uma sucessão de maus resultados. O time itabunense precisará vencer mais uma para não sofrer a ameaça de voltar à lanterna do Campeonato. Hoje, está na 10ª colocação no geral.

Com três empates e uma derrota, o Colo Colo não tem sido o mesmo que conquistou o título do campeonato baiano em 2006. A equipe do presidente José Maria Santana ocupa apenas a 11ª posição no certame e terá uma tarefa difícil hoje à tarde: vencer o embalado e líder Vitória da Conquista, que soma oito pontos.

Para os jogadores, a partida valerá seis pontos. Se ganhar, aproximam-se dos líderes. A derrota significará um distanciamento ainda maior - exatos oito pontos. O Tigre entrará em campo com um novo técnico, o ex-zagueiro Lennon, após Dico Maradona pedir demissão do cargo.

Classificação do Baianão 2007

V. da Conquista 8 pontos
Atlético 8 pontos
Vitória 7 pontos
Bahia 7 pontos
Catuense 7 pontos
Juazeiro 6 pontos
Camaçari 5 pontos
Poções 4 pontos
Fluminense 3 pontos
10º Itabuna 3 pontos
11º Colo Colo 3 pontos
12º Ipitanga 3 pontos

Só Deus

Falta água em diversos bairros de Itabuna. No Conceição, por exemplo, muitos moradores já estão com os tanques secos. Alguns sugerem a realização de um culto ecumênico, reunindo o Padre Calazans e o Pastor Hélio Lourenço.

"É para ver se Deus ilumina esse governo de trevas", explica um religioso e revoltado morador.

27 janeiro 2007

Vai-e-vem

Uma grande empresa regional está por trás de um megaprojeto na área de comunicação. O foco será a internet. Quem conheceu os detalhes da iniciativa está empolgado com o campo de trabalho a ser aberto.

O jornalista Ramiro Aquino estréia coluna no Diário do Sul na primeira semana de fevereiro. Sai do Agora após 25 anos de convivência pacífica com o proprietário e sócio, José Adervan.

Também na primeira semana de fevereiro quem estreará coluna no Agora será o jornalista Maurício Maron. Ele vai abordar a política e os fatos do sul da Bahia e, principalmente, Ilhéus.

Nos corredores da TV Santa Cruz, o clima é de choro por uma saída. Comenta-se da transferência da repórter Carolina Rosa para Salvador, onde trabalhará na TV Bahia. As duas emissoras fazem parte da Rede Bahia de Comunicação.

Já nos corredores da TV Cabrália, informações dão conta de nova mexida na parte de direção, afetando uma ex-poderosa funcionária, abrindo espaço para outra emergente. "Aqui é ninho de cobras", descreve uma fonte.

Ainda sobre o mercado de comunicação, destaque-se a posição ética do comunicador Villy Modesto. Convidado para assumir a Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Itabuna, Villy rejeitou a "honraria". Dentro das condições sugeridas pelo prefeito, ele preferiu continuar com a amizade da atual titular da pasta, Vera Rabêlo, a ser um "trator".

Wagner e Ana Júlia disputam o Incra

Para petistas, Incra vale mais que um ministério.
A demora do presidente Luiz Inácio Lula da Silva em promover a reforma ministerial esquentou briga por cargos dentro do PT, em que dois governadores do partido se chocam nos bastidores: o baiano Jaques Wagner e a paraense Ana Júlia Carepa.

A disputa passa pelo comando do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), mas o objeto de desejo é a presidência do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e seu polpudo Orçamento de R$ 2,53 bilhões, que representam 77% dos R$ 3,29 bilhões destinados ao MDA. (Estadão)

Rejeitados pelas urnas; indiciados pela PF

Os deputados federais Jonival Lucas (PTB) e Reginaldo Germano (PP) não sabem o que mais dói: ser rejeitado pelas urnas ou indiciado pela Polícia Federal. Abatidos em pleno período de campanha eleitoral pelas denúncias de rebebimento de propina da Máfia dos Sanguessugas, foram reprovados pelo eleitor.

A partir do dia 31 vão ter que procurar outro "emprego". Jonival Lucas perdeu a eleição com 49.382 votos. Germano ficou em situação ainda mais difícil ao obter "apenas e tão somente" 2.090 condolências. O pior de tudo será enfrentar o processo por corrupção sem o respaldo que o cargo de deputado federal confere.

Recapitulando

Jonival Lucas está sendo indiciado no esquema da Máfia dos Sanguessugas por ter recebido R$ 7,3 mil de propina, através do assessor Iomar Oliveira.

Já o Pastor Reginaldo Germano recebeu, diretamente na conta, R$ 15 mil. O comprovante de depósito foi entregue pelos Vedoins e a "negociação" mostrada em rede nacional de TV.

ASSINATURA DA TELEMAR É ILEGAL

A 12ª Câmara Cível do TJ-RJ (Tribunal de Justi�a do Rio), declarou, por unanimidade, a ilegalidade da cobrança da assinatura mensal da linha telefônica residencial da Telemar.

Segundo o relator, a Lei 9472/97, conhecida como a Lei das Telecomunicações, não prevê a cobrança de assinatura mensal como condição para a continuidade dos serviços. Foi determinado também que a Telemar, após o trânsito em julgado da decisão, interrompa imediatamente a cobrança dos valores nas contas do consumidor Gumersindo Rodriguez Garcia, que entrou com a ação na Justiça. A decisão, tomada na última terça-feira (23/1) é válida apenas para o autor do recurso.

De acordo com a assessoria do TJ fluminense, o desembargador Siro Darlan, relator do caso, rejeitou a alegação da Telemar de que a cobrança é autorizada pela Resolução 85/98, da Anatel, que estabelece a previsão de cobrança contínua de valores para a prestação de serviço. Segundo ele, uma resolução não pode estabelecer obrigação que a lei não autorizou. "Não se mostra possível aceitar que a Resolução 85/98 ou mesmo os contratos de concessão e de prestação de serviço telefônico fixo possam inovar estabelecendo obrigação que a lei não autorizou de forma expressa", afirmou o desembargador.

Ele enfatizou que, sendo a Telemar uma empresa de origem européia, em nenhum dos países europeus a cobrança dessa tarifa é autorizada. Portanto, somente seria possível cobrar o serviço que é efetivamente prestado. "Assim é na Espanha, Portugal, França e Itália, países cuja legislação em matéria de comunicação é semelhante à nossa e não é permitido esse abuso contra o consumidor", ressaltou Darlan.

PARA LER MAIS, CLIQUE AQUI

Curto-Circuito

Não convém reunir no mesmo boteco os jornalistas José Adervan e Eduardo Anunciação. Este proclamou anunciações que o diretor do Agora não digeriu bem.

Adervan vinha com a bola debaixo do braço, doido pra entrar no baba, e Dudu lhe aplicou um cartão vermelho antes do tempo regulamentar.

A gente não põe pimenta nesse tempero e torce para que os velhinhos deponham as armas. E aqui vai um recado pro Anunciação:

- DUDA, DEIXA O HOMEM SONHAR!!!

Banco tem contrato com Governo do Estado

Nascido no Rio Grande do Sul e prestes a completar 40 anos de atuação, o Banco Matone, envolvido em operações suspeitas de crédito com a prefeitura de Una, também possui contrato de empréstimos na modalidade consignação com o Governo da Bahia.

Os empréstimos são direcionados aos servidores públicos estaduais. A taxa cobrada pelo banco para estas operações está acima da média praticada por seus congêneres, 2,9%. Os contratos com o governo do estado foram assinados na gestão passada.

Operação irregular beneficiou prefeito

A sede por dinheiro fez a máfia do crédito desrespeitar uma das mais elementares regras da modalidade consignação (descontado diretamente na folha): a parcela não pode ser superior a 30% dos vencimentos de quem obtém empréstimo. Por esta norma, nem mesmo o prefeito de Una, José Bispo dos Santos, o Zé Pretinho (foto), poderia ter contraído empréstimo de R$ 95.058,75, divididos em 25 parcelas mensais de R$ 3.802,35.

O salário do prefeito é de R$ 9.800,00. Observadas as instruções do Banco Central do Brasil e a lei federal que regulamentou o empréstimo consignado, o prefeito poderia ter contraído, no máximo, R$ 73.500,00, incluídos os juros (pagos em parcelas de até R$ 2.940,00).

Máfia do Crédito também envolve deputado

A máfia do crédito consignado pode atingir um parlamentar "pé-de-cana" que teria auferido grandes lucros com o negócio junto a prefeituras do sul da Bahia. O nome dele é soletrado de trás pra frente e de frente pra trás por todos que atuam neste segmento de crédito.

Para azar do deputado, o caso estourou logo na cidade de "Zé Pretinho", Una. A denúncia promete agitar a política estadual neste fim de semana. Quem conhece toda a história diz que não há como o parlamentar escapar. Mas não duvidemos da habilidade do moço. Ele já se safou das apurações da máfia dos sanguessugas...

O esquema consistia em forjar empréstimos com parcelas mensais de R$ 3.757,51 mil, mesmo para servidor municipal que recebe pouco mais que o salário mínimo. A reportagem exclusiva da Máfia do Crédito Consignado está publicada no jornal A Região, neste final de semana - mas, por enquanto, apenas cita nomes de prefeitos e servidores públicos. A edição já está nas bancas.

Dos 29 contratos assinados, 11 são de parentes do prefeito de Una, conforme a reportagem. O esquema teria ramificações em diversas prefeituras regionais, adianta o jornal A Região. Todo o esquema de crédito consignado foi realizado entre a prefeitura e o Banco Matone.

E o deputado, o que ganhou com i$$o?

O mercado de trabalho em Itabuna

O balanço do emprego em Itabuna nos onze primeiros meses do ano passado mostra que o setor têxtil foi o que mais abriu novas vagas no mercado local. No total, foram abertos 278 postos de trabalho. Estes números levam em conta o saldo de admissões e demissões no período de janeiro a novembro do ano passado.

As empresas também contrataram mais para a função de auxiliar de escritório e faxineiro (saldos de 81 e 95 novas vagas). Os números, apurados junto ao Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), órgão do Ministério do Trabalho, também evidenciam que, no total, 660 vagas foram criadas, o que gerou uma diferença positiva de 2,29% entre admissões (7.259) e desligamentos (6.599).

Neste levantamento, são contabilizadas apenas as admissões registradas em carteira. Considerado o maior empregador do município, o setor de comércio arrefeceu: executou 706 demissões e apenas 733 contratações, gerando saldo positivo de apenas 27 novas vagas, com um salário médio de R$ 371,67.

26 janeiro 2007

De rabo preso com o candidato?

O Jornal Folha de São Paulo está envolvido num imbróglio. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a publicação doou R$ 42.354,30 ao deputado eleito Paulo Renato de Souza (PSDB-SP). A doação ocorreu no dia 27 de outubro.

A oposição à Folha está fazendo festa. O jornal diz apenas que não foi doação, mas devolução de "cobrança a maior", relativa à publicidade do candidato tucano no período eleitoral. Como erram, né?

Os dados da doação ao ex-ministro de FHC são os seguintes:

FOLHA DA MANHÃ S/A
CNPJ: 60579703000148
Data: 27/10/2006
Valor: R$ 42.354,30
Tipo de despesa: Recursos de pessoas jurídicas

As informações podem ser consultadas no site do TSE.

Rã no picolé

JUSCELINO DE SOUZA, DA SUCURSAL DE VITÓRIA DA CONQUISTA

Um homem, que preferiu não se identificar, disse ter encontrado uma rã dentro de um picolé, comprado em uma sorveteria em Guanambi, sudoeste baiano, a 798 km de Salvador. A denúncia foi encaminhada à Vigilância Sanitária, que notificou o estabelecimento e abriu prazo de 30 dias para a defesa.

O consumidor só notou a rã depois da primeira mordida. “Senti algo mais rígido na boca e até pensei por um instante que poderia ter sido um pedaço de coco”, declarou aos fiscais da vigilância.

Ao examinar o produto, o homem afirma ter percebido um corpo estranho em meio ao gelo. “Coloquei dentro de um saco plástico e esperei descongelar”. Só então veio a triste surpresa: ele havia dado uma mordida em uma pequena rã.

A fiscalização vistoriou as instalações do estabelecimento e garantiu ter encontrado irregularidades na produção de picolés.

De acordo com as informações da vigilância, o proprietário – cujo nome, nem o do estabelecimento foram revelados -, teria confirmado que nesta época do ano aparecem muitas rãs na região. Ele não soube explicar como o animal foi parar no congelador, mas descarta qualquer ato criminoso por parte dos funcionários".

MATÉRIA DO JORNAL A TARDE

Vejam que loucura: a perereca - ou rã, sei lá - foi parar no picolé e o sujeito tomou um susto ao sentir "algo mais rígido" na boca... A bagunça contagiou até o repórter, segundo o qual, a vítima descobriu que "havia dado" uma mordida em uma pequena rã.

Lá ele!!!

Muita calma nessa hora...



Veja que apresentador português mais desbocado...

Radicais em baixa

Um ex-filiado faz troça da velha turma do PT em Itabuna. Sem dar a mínima ao pouco tempo de gestão do governo Jaques Wagner, observa que poucos - ou quase nenhum - dos petistas históricos mais à esquerda do partido integram os quadros do Palácio de Ondina.

Eduardo revela sururu na Difusora

Fernando Gomes, prefeito de plantão daqui de Itabuna, não acreditava. Fernando Gomes, proprietário, dono da Rádio Difusora Sul da Bahia, RD, AM não esperava. Vamos às informações, anunciações perturbadoras com o máximo de essência, com o mínimo de palavras nos próximos parágrafos.
*
Rádio Difusora. Apresentadores, profissionais, funcionários, radialistas da RD, encorajados pelos seus direitos, ingressaram na Justiça exatamente por causa de obrigações trabalhistas atrasadíssimas, salários atrasados. Vem acontecendo há muitas primaveras, há muito tempo.
*
Rádio Difusora, no segmento AM aqui em Itabuna, tem estabilizada audiência. Promove comunicação coloquial, direta, local, solta, principalmente por causa de Orlando Cardoso, Valter Machado e companhia. Ora, o homem aprendeu a falar antes de escrever. Não há imagens no rádio.
*
Rádio Difusora, incluindo débitos acumulados, obrigações patronais, salários atrasados falam na importância estimada de 300, 400 mil reais. RD: administrativamente sempre foi muito complicada, muito complexa, muito difícil. Há muito tempo.

COLUNA DE EDUARDO ANUNCIAÇÃO, NO DIÁRIO DO SUL

Sine die

Todas as vezes que este blog cita a lentidão da reforma administrativa na prefeitura de Itabuna, um jornal local é acionado para justificar o atraso na montagem do novo secretariado do alcaide.

Desta vez, o Agora cita que o prefeito adiou entrevista coletiva programada para esta sexta-feira porque "vai esperar a conclusão da reforma administrativa".

O problema é que muita gente boa contactada recusa o convite para integrar o time de Fernando. E, pelo jeito, o prefeito corre o risco de formar uma equipe de "segunda divisão" para os seus últimos 23 meses da atual gestão.

Aproximação

O secretário de agricultura, Geraldo Simões, e os líderes do PSB itabunense vêm se reaproximando, gradualmente, desde o processo eleitoral de outubro. O longo namoro registrou estremecimentos há quatro anos. Do lado do PSB, os maiores defensores da reaproximação foram o presidente da Câmara, Edson Dantas, e o professor João Carlos.

25 janeiro 2007

Pequenas ONGs, grandes negócios!!!


No filme "Quanto vale ou é por quilo", Sérgio Bianchi exibe uma radiografia da picaretagem existente no chamado terceiro setor, no qual as estrelas são as ONGs, Oscips, instituições filantrópicas e que tais. Há muita gente séria no meio, porém a oportunidade de lucrar com a miséria alheia atrai verdadeiros tubarões travestidos de peixinhos de aquário.

O filme não alivia, é duro, mas o que conta é a seriedade com que aborda o tema. Além da inteligência e da presença de grandes atores, como Caco Ciocler e o baiano Lázaro Ramos. Entre os lances interessantes, vale destacar o paralelismo construído entre velhas e novíssimas formas de dominação, hoje muito mais sutis e disfarçadas.

É esclarecedor perceber como a mentalidade empresarial e capitalista enxerga a possibilidade de lucro embutida na miséria. Constrói-se raciocínios absurdos do tipo "uma pessoa que vive abaixo da linha da pobreza pode gerar tantos empregos diretos". Não se trata de um libelo genérico contra instituições filantrópicas, mas um tiro certeiro nos picaretas.

Gente inescrupulosa, como os diretores das ONGs Associação Brasileira de Assistência às Pessoas com Câncer e Grupo de Apoio à Pessoa com Câncer, felizmente começa a ir parar atrás das grades. Esses calhordas, especificamente, utilizavam as doações para comprar mansões e carros de luxo, até serem pegos em uma operação da Polícia Federal que cumpriu 16 mandados de prisão nos Estados de São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Mas o perigo pode morar ao lado. Há alguns anos, um conhecido nos contava, com ares de quem havia descoberto a fórmula da Coca Cola: "meu amigo, o melhor negócio para ganhar dinheiro hoje é montar uma ONG voltada à assistência". E não é que pouco tempo depois lá estava o cidadão peregrinando nas prefeituras, em busca de dinheiro público para seus "projetos sociais"?

A idéia continua viva e produzindo filhotes. Outro dia, ouvi alguém dizer que iria montar uma ONG. Será um projeto, segundo o autor, destinado a ensinar às pessoas meios de obter renda. "Não vamos dar o peixe, vamos ensinar a pescar", arrematou. E este blogueiro, meio de sacanagem, mas jamais duvidando dos bons propósitos do samaritano, tascou:

- Como é para ensinar a pescar, o melhor nome para sua ONG é "TOMA VARA"!

Quem ficou sem entender não venha me pedir explicação.

Juvenal trabalha por Fernando

A figura não tão oculta que trabalha para Fernando Gomes se filiar ao PMDB é ninguém mais ninguém menos que o ex-diretor de logística do jornal Agora, Juvenal Maynart.

Juvenal ocupa, agora, o cargo de diretor administrativo e financeiro da Sudic, em Salvador, e tenta convencer o presidente estadual da legenda, Geddel Vieira Lima, a abrigar o órfão político Fernando Gomes, prefeito de Itabuna.

Fernando já esteve no PMDB, do qual se desfiliou no final da década de 80, rumando para o PTB. Caiu nos braços do carlismo em 1996, quando concorreu e venceu a eleição a prefeito de 1996. Depois, pulou para o PFL de Antônio Carlos Magalhães.

A derrota do governador Paulo Souto, ano passado, mudou o cenário político baiano. Fernando sonha com o PMDB.

A reforma que não sai

Já se passaram três semanas e o prefeito Fernando Gomes ainda bate cabeça para concluir a reforma administrativa. O principal entrave para concluí-la é a negativa de boa parte dos convidados externos para integrar o governo nestes 23 meses que restam do atual mandato.

Pelas dificuldades na formatação do secretariado nessa reta final de gestão, poderá acabar se decidindo por remanejamento de titulares de pastas e deslocamentos de diretores de departamento, como é o caso de Jorge Tomate Vasconcelos, cotado para substituir Acácia Pinho, na Administração.

O secretário de saúde, por exemplo, pode largar a pasta. Alega prejuízos financeiros e de imagem, pois faz uma gestão ineficiente, bastante criticada, mas quer mais tempo para mostrar algo. Para isso, exige uma forte campanha publicitária. Depois, então, pode largar a pasta. O certo é que Jesuíno Oliveira tinha e ainda tem pretensões políticas. Por isso, não largou o "osso".

Concurso da PM atrai 127 mil candidatos

Exatamente 127.737 candidatos se inscreveram no concurso para soldado da PM baiana. Eles disputam 3.200 vagas oferecidas pela corporação e um salário de R$ 970,37. A concorrência será de 39,91 candidatos por vaga.

Este é o maior número de inscritos para um concurso na Bahia, segungo a secretaria estadual de administração. As provas acontecem no dia quatro de fevereiro. dos inscritos, 15.655 escolheram Ilhéus como local de provas.

A secretaria e a Fundação Carlos Chagas foram obrigadas a remanejar candidatos para realizar provas em Itabuna. O edital de convocação para as provas está disponível no Portal do Servidor.

24 janeiro 2007

Cadê a Guarda Municipal?

A julgar por release distribuído ontem, dia 24, a Prefeitura de Itabuna abandonou as unidades de saúde do município, deixando-as sem vigilância noturna ou diurna. O material informativo da 'viúva' fala dos prejuízos acumulados pela ação repugnante de vândalos, que danificam o patrimônio público com desligamento de disjuntores de energia elétrica, quebram portas ou roubam bomba de água dessas unidades de saúde.

A revolta dos outdoors

A prefeitura de São Paulo comprou briga das grandes com agências de publicidade e empresas de outdoor. O motivo está implícito na peça publicitária acima.

Para visualizar melhor, clique na foto (e depois volta pra cá!!!).

"Viagra" a R$ 5,00 em Itabuna

A polícia e a Associação Brasileira de Combate à Falsificação (ABCF) acabaram com a alegria de quem já não "dá no couro" e possui pouca grana pra fazer o "bicho" funcionar à base de Viagra.

Numa operação, a polícia e a ABCF prenderam dois camelôs e apreenderam várias caixinhas de Pramil, remédio que tem a mesma fórmula do famoso Viagra. O medicamento era "importado" do Paraguai e vendido no camelódromo da praça Camacan, a R$ 5,00.

O remédio era "falso", mas fazia a alegria de velhinhos e homens de meia idade. "Funciona, sim. E, agora, como vou fazer pra dar no couro?", questiona, desesperado, um agente de segurança, viciado no Pramil paraguaio.

Vitória...da Conquista lidera o Baianão!

Concluída a quarta rodada do Baianão, o Vitória da Conquista se tornou o líder da competição, ao empatar em 0x0 com a Catuense. O vice-líder também é do interior, o Atlético de Alagoinhas, que bateu o Vitória, de Salvador, por 3x2, em pleno Barradão.

Atlético e Vitória da Conquista têm oito pontos, mas o time do sudoeste possui melhor saldo de gols. O rubro-negro baiano foi empurrado para a terceira colocação, somando sete pontos. O Bahia está em quarto e empatou com o Poções, em 1x1.

O Itabuna venceu a primeira, em casa, ao bater o Ipitanga, por 2x1. Acaba de deixar a lanterninha. O campeão Colo Colo perdeu e tornou-se vice-lanterninha do Campeonato. O novo "vaga-lume" é o estraçalhado Ipitanga. O Camaçari venceu o Fluminense por 1x0.

Rodada de surpresas

O Bahia vai perdendo para o Poções, por 1x0.

O Atlético de Alagoinhas aplica 3x2 no poderoso Vitória.

Até aqui, a rodada do campeonato baiano traz belas surpresas.

E o 'glorioso' Itabuna caminha para sair da lanterna. Vence o Ipitanga, por 2x0.

Os jogos terminam daqui a pouco.

Saindo do armário

"Ser ou não ser, eis a questão. Aliás, assumir ou não a homossexualidade é o grande dilema entre ricos, artistas e famosos. Os internacionais assumidos são: o ator norte-americano T.T. Knight, que vive o médico George O’Malley num seriado Plantão Médico, O diretor italiano, Franco Zefirelli aos 83 anos abriu o armário e se confessou homossexual.

O âncora da famosa rede CNN, Thomas Roberts, assumiu publicamente. E a filha do vice-presidente Dick Cheney, Mary, revelou-se lésbica. O prefeito de West Sacramento (Califórnia), Christopher Cabaldon, também é. E por aqui o negócio ainda tá meio escondidinho. Ponto para Thammy Miranda, que exibe um visual masculinizado, o oposto da sua mãe, famosa pelo bumbum e pelo rebolado, a cantora Gretchen." Nota da colunista Maria Antonieta, Tonet, no Agora.

Itabuna na frente

O Itabuna caminha para empurrar o Colo Colo para a laterna do campeonato baiano. Por enquanto, vai ganhando do Ipitanga, no estádio Luiz Viana Filho, por 1x0.

O gol foi marcado pelo estreante Rubem. Será que dessa vez vai?

Tigre perde a primeira

O Colo Colo conheceu a primeira derrota no campeonato baiano, hoje, à tarde. Jogando fora de casa, perdeu para o Juazeiro por 1 a 0. O time ficará numa situação delicada no campeonato. Vai precisar torcer por uma combinação de resultados que não o empurre (ainda mais ) para baixo na tabela, fazendo companhia ao lanterninha Itabuna. Por sinal, o azulino joga daqui a pouco, às 20h30min (horário normal), no estádio Luiz Viana Filho, contra o Ipitanga.

Quem vai segurar a lanterna???

Sem vitórias

Agora à tarde - e à noite, a bola rola nos gramados baianos, na quarta rodada do Estadual 2007. Os dois times sul-baianos ainda não venceram na competição estadual. O Colo Colo ocupa a nona colocação e o Itabuna está em último (12º).

O Tigre ilheense empatou as três e o azulino perdeu todas. Se o campeonato terminasse hoje, o campeão baiano do ano passado estaria fora do quadrangular final e a equipe itabunense estaria rebaixada para a segunda divisão. O Itabuna enfrenta o Ipitanga, às 20h30min. Antes, o Colo Colo enfrenta o Juazeiro, às 15h.

Esperemos os resultados da noite.

"Tecnicamente falida"

Apurado um rombo de R$ 300 milhões na Cesta do Povo, o governo do estado resolveu demitir entre 20% a 30% do total de funcionários da Empresa Baiana de Alimentos S/A (Ebal). A "reengenharia" significa um contingente de 1.200 funcionários na rua.

É o preço que se paga pelos desmandos e a mistura de interesses dos últimos governos, mas não deixa de ser uma novidade a política adotada pelos novos gestores. Os tucanos riem à toa.

Para sobreviver ao rombo milionário, a Cesta terá que se adequar aos novos tempos. Será transformada em centros populares, como afirmou o secretário de indústria e comércio do Estado, Rafael Amoedo.

Segundo entrevista ao A Tarde, não está descartada a recontratação dos demitidos, desde que a empresa vingue dentro do novo modelo proposto, que integraria serviços como farmácias populares e postos bancários. “Mas () através de concurso, como sempre deveria ter sido”, completa.

Perrengue

Os soteropolitanos agora pagam R$ 2,00 pela passagem de transporte coletivo. O aumento ocorreu no último final de semana, antes do decreto do prefeito ser publicado no Diário Oficial, o que gerou uma batalha jurídica que pode anular o reajuste.

Aqui em Itabuna, a coisa é diferente: Jornal Oficial é artigo raro, o reajuste "vale" de qualquer jeito ou a qualquer tempo e o cidadão paga tarifa de R$ 1,60, sem chiar porque não tem por onde...

Ah, esse paletó!

Durante seus dois mandatos (1994 a 1998 e 2002 a 2006), o ex-governador Paulo Souto (PFL), a partir de decreto, extinguia o uso do paletó e gravata para sua equipe no verão. Diante do calor, esta seria uma boa sugestão para o governador Jaques Wagner (PT), ou não? Dizem as más línguas que a equipe de Wagner esperou tanto tempo para tirar o paletó do armário, que – apesar do calor – faz questão de usá-lo sempre, em qualquer ocasião.(Daniel Pinto)

Nota publicada no blog do comentarista político Samuel Celestino.

Os iluminados!

O presidente do Itabuna, Ricardo Xavier, fez uma avaliação das obras do estádio Luiz Viana Filho e apontou a qualidade do gramado e o sistema de iluminação como destaques nessa primeira etapa das reformas.

Os torcedores dão total razão ao cartola e secretário de Esporte:

- O estádio anda tão bem iluminado que o time é lanterninha do campeonato baiano -, gracejam.

Outros são mais cáusticos:

- A casa do atleta mais bem iluminada do planeta é a do itabuna. Só tem (jogadores) lanterninhas...

Mas pior foi o que disse o treinador Alcyr Silva, em entrevista a uma emissora de TV local:

- A gente arma o time, mas o técnico não entra em campo -, disse o homem, apontando os culpados...

A propósito, o Itabuna faz a pior campanha da sua história no Baianão. É o último colocado e perdeu os três jogos disputados, contra Catuense, Vitória e Atlético.

Em Itabuna

A coordenadora do Bolsa Família na Secretaria de Assistência Social, Marina Santos Silva, informa que o município tem hoje um total de 27 mil famílias cadastradas. Ela diz que foi dada ênfase à informatização do atendimento ao Bolsa-Família. Para 2007, a meta é ampliar o trabalho de acompanhamento das famílias cadastradas para que mantenham seus filhos nas escolas e a manutenção do sistema de auditoria.

Bolsa-Família

R$ 10.584.922,00.

Este foi o valor pago pelo governo federal ao total de beneficiários do Bolsa-Família em Itabuna. O programa já atende a cerca de 18 mil famílias no município e, com a ampliação feita nos últimos meses, vai injetar um volume superior a R$ 1 milhão na economia local, mensalmente.

23 janeiro 2007

Bom senso

"Em Itabuna, a economia pública começa o ano metida num imbróglio poucas vezes registrado. O projeto de Lei Orçamentária enviado ao Legislativo foi aprovado, mas, em função de uma trapalhada na Câmara de Vereadores, não retornou às mãos do prefeito Fernando Gomes.

Este, aproveitando-se da anarquia reinante, decidiu, por sua conta e risco, aprovar, ele mesmo, a Lei, o que fez de uma canetada só, aparentemente usurpando o direito dos vereadores. Por fim, a ilustre platéia itabunense é brindada com o grand finale da comédia de erros: o Poder Judiciário, terceiro a ser chamado ao centro da quizila, deu, em medida liminar, por bem feita a atitude do prefeito.

A expectativa geral é de que o jogo ainda não terminou (e, portanto, não está decidido), pois, até este momento, a participação da Câmara de Vereadores tem sido de espectadora privilegiada: está no meio dos acontecimentos, mas deles não participa efetivamente, deixando toda iniciativa ao Poder Executivo.

E há setores que se preocupam com essa administração sub judice, pois existe a possibilidade legal de que, no julgamento de mérito da ação do prefeito, caia a liminar e sua canetada perca o status jurídico de “coisa certa e bem feita”. E se tal acontece toda medida financeira do Executivo, com base numa Lei Orçamentária de fancaria, será nula de pleno direito.
"

Trecho do editorial desta quarta, 24, do Jornal Agora.

Aos petistas, tucanos e afins...

O dilema de alavancar a atividade econômica brasileira levou o presidente Luiz Inácio Lula da Silva a anunciar, em clima de alta expectativa, um programa que lembrou o esforço de seu antecessor, Fernando Henrique Cardoso, no período pós-crise de 1999. O Avança Brasil foi lançado por FHC no fim de agosto de 1999 - seis meses depois da mudança da política cambial e da severa desvalorização do real - e deixou alguns remanescentes de seus 365 projetos para o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) exposto ontem por Lula.

Entre as obras que passaram do Avança Brasil para o PAC estão pelo menos seis rodovias. A primeira é a duplicação do trecho de Belo Horizonte a Governador Valadares da BR-381. Outro caso é a duplicação da BR-153, na divisa de Mato Grosso e Goiás. Também consta do PAC um projeto para o qual o Avança Brasil previa a conclusão em 2008 - a duplicação da BR-101, no trecho entre Palhoça (SC) e Osório (RS).

Leia mais.

Justiça com as próprias mãos

Agora à noite, pelo menos 200 mototaxistas percorrem as principais ruas e avenidas de Itabuna fazendo buzinaço em protesto contra a morte de Jânio Fábio Lopez. Jânio era mototaxista e foi assassinado na sexta-feira passada, por dois homens, no Parque Boa Vista.

O grupo promete vingar a morte do colega (com as próprias mãos). Um dos líderes do movimento acredita ter identificado os assassinos. Ontem, os mototaxistas protestaram no complexo policial de Itabuna, cobrando a prisão do criminosos.

Pode até rir, mas não é piada

"O que um palhaço está fazendo em meio ao tráfego intenso da BR-116 no perímetro urbano de Vitória da Conquista? “Organizando o trânsito que está bagunçado”, responde o ambientalista André Cairo, presidente do Movimento Contra a Morte Prematura (MCMP).

Ele foi o protagonista de um protesto humorado para chamar a atenção das autoridades de trânsito em face ao risco que os pedestres correm na travessia, todos os dias. Com apito e pose de guarda de trânsito ele encarnou o personagem na manhã dessa terça-feira, 23, sob o olhar atento – e distante – de dois policias militares." Jornal A Tarde.

Vestibular da Uesc tem maior abstenção da história

"O índice final de abstenção foi de 12,19%, o maior da história dos vestibulares da instituição – correspondendo a 1.757 dos 14.407 candidatos inscritos.

O número de vestibulandos eliminados, por estarem portando telefone celular e outros dispositivos eletrônicos na sala de provas, elevou-se para 114 (0,79% do total de candidatos)." Agecom/Uesc

Vingança

O prefeito Fernando Gomes deixou de assinar um convênio de R$ 275 mil com a Petrobrás, que beneficiaria três das mais importantes entidades assistenciais de Itabuna.

Especula-se que a atitude teria fins políticos: prejudicar o vereador Claudevane Leite, dirigente da instituição Renascer, que desenvolve trabalho de ressocialização voltado principalmente para dependentes químicos.

O convênio com a Petrobras garantiria R$ 80 mil ao Refazer, R$ 50 mil para o Lar Fabiano de Cristo, R$ 25 mil para o Conselho da Criança e do Adolescente e R$120 mil para o Renascer.

22 janeiro 2007

Entre tapas e beijos...

"O amor é lindo
ACM reatou o namoro com Adriana Barreto, advogada baiana de quem se separou ruidosamente, no início de 2003, após dez anos de relacionamento." Cláudio Humberto, jornalista e autor de site de fofoca política

Dia Oficial do "Chute"

"Considerando que a terça-feira estará reservada às provas de exatas (matemática, química e física), fica decretada a data 23 de janeiro como Dia Oficial do "Chute" em 2007".

Pelo menos para grande parte dos vestibulandos da Uesc...

Abstenção alcança 11,75% no Vestibular da Uesc

O índice de abstenção do vestibular da Uesc chegou a 11,75% neste segundo dia, o que corresponde a 1.694 candidatos que deixaram de participar do concurso.

Segundo informações da Uesc, outro 50 candidatos foram eliminados por estarem portando aparelhos celular, i-pod (pior que não podia!), MP3 e relógio digital.

Muitos candidatos estão sendo flagrados através do detector de metais, quando vão aos banheiros, segundo a comissão organizadora do Vestibular.

A solução

Dirigentes do Itabuna Esporte Clube acreditam ter descoberto a solução para a penúria do clube no Campeonato Baiano. Pretendem anunciar a qualquer momento a contratação de um "matador".

O problema é que o mais cotado para o posto também tem o passe cobiçado pelo time do presídio local, recém-inaugurado pelo prefeito Fernando Gomes.

Coca-Cola indeniza casal que comprou refrigerante com inseto

"A 1ª Turma Recursal dos Juizados Especiais Cíveis do Rio condenou a Coca-Cola a pagar, por danos morais, indenização de R$ 1.000 a Carlos Augusto Veiga e sua companheira que, após comprarem duas garrafas do refrigerante, observaram restos imersos que aparentavam ser de um inseto.

De acordo com o Judiciário do Rio, os autores entraram com ação contra as empresas produtoras e distribuidoras do produto, Recofarma – Indústria do Amazonas e Rio de Janeiro Refrescos.

O casal comprou refrigerantes no dia 26 de novembro de 2005. Porém, no dia seguinte, durante almoço com amigos e parentes, foram alertados por um de seus convidados sobre a existência da estranha substância, o que causou constrangimento em Carlos e sua mulher. Eles pediram R$ 14 mil de indenização.

A decisão da Turma Recursal, relatada pelo juiz Brenno Cruz Mascarenhas Filho, reformou sentença da juíza Érica Batista de Castro, do Juizado Especial Cível de Campo Grande, que julgou improcedente o pedido e extinguiu o processo. Para a juíza, o dano moral não ficou configurado porque os autores não ingeriram o produto, pois reconheceram a anormalidade antes de abrir a garrafa".

SITE ULTIMA INSTÂNCIA

21 janeiro 2007

Uesc inventa detector de "bilau"

Era apenas para detectar a presença de objetos metálicos, mas, pela foto, parece que o aparelho mudou de função. A novidade foi apresentada aos vestibulandos neste domingo. Olha o fiscal indicando que encontrou o 'negócio'...

Juiz em suspeição

A edição 1.000 do jornal A Região denuncia que o juiz Antônio Laranjeira tem dois filhos empregados na prefeitura de Itabuna.

Laranjeiras concedeu liminar ao prefeito de Itabuna, Fernando Gomes, permitindo-o usar o anteprojeto de lei orçamentária 2007, ignorando as modificações e emendas votadas e aprovadas pela Câmara de Vereadores.

Pela decisão do juiz, o prefeito poderá usar até 100% de verba de suplementação. Para vereadores, o precedente aberto pelo magistrado é perigoso, além de dar brecha para desvios.

Juca empata

O atacante Juca acaba de empatar o jogo: Colo Colo 2x2 Vitória.

Permaneceu o tabu!!!

Itacaré?

O atacante Itacaré desempata para o Vitória: 2x1.

Uma injustiça.

Vítor, o goleiro rubro-negro, continua com defesas espetaculares e, até aqui, garante mais três pontos para a equipe de rubro-negra. Pior para o Colo Colo.

Vitória, afinal, empata...

Sem merecer, o Vitória acaba de empatar a partida.

Na terceira tentativa em cobrança de pênalti, o atacante Joãozinho empatou.

O juiz acaba de expulsar o técnico Dico Maradona, do Colo Colo.

É o Vitória precisando de uma "força"...

Marcelo defende pênalti duas vezes

O goleiro do Colo Colo, Marcelo, dá show em campo.

Acaba de defender duas cobranças de pênalti do atacante Joãozinho, do Vitória.

Na primeira tentativa, houve invasão. Na segunda, o goleiro se antecipou.

O bandeirinha dedurou e o árbitro mandou voltar a cobrança.

Colo Colo dá calor no Vitória (1 a 0)

O atacante Belo estraçalha a defesa do Vitória e o Colo Colo mantém, por enquanto, a sua invencibilidade contra o rubro-negro baiano. Aos 20 do segundo tempo, o Tigre ilheense continua a frente no placar, gol dele... Belo (lá ele!).

A excelente atuação do goleiro Vitor livra o rubro-negro de uma goleada. O Tigre já perdeu três grandes chances, cara a cara com o gol... Vitória tenta pressionar, mas sem força para fazer o gol de empate.

Enquanto isso...

O Itabuna perdeu o jogo contra o Atlético de Alagoinhas, por 2x1. O azulino acumula três derrotas nas três primeiras partidas do Baianão de Futebol. O time é o lanterninha do campeonato.

Vestibular da Uesc tem abstenção de 10,8%

O índice de abstenção no primeiro dia de provas do vestibular da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) alcançou 10,79% (1.555 faltosos), segundo a Comissão Permanente do Vestibular (Copeve). 14.407 candidatos se inscreveram para as provas deste ano. Entre eliminações e abstenções, cerca de 1.600 candidatos já estão fora da disputa por uma das 1.310 vagas nos 26 cursos.

O primeiro dia foi marcado também pela desclassificação dos vestibulandos que, apesar da proibição constante no manual do candidato, compareceram aos locais de prova munidos de telefone celular (mais de 30 desclassificados, segundo a comissão). Mesmo aqueles que estavam com aparelho desligado foram eliminados. A coordenação colocou um carro de som em todos os locais para avisar sobre a proibição.

De acordo com a coordenação do vestibular, candidatos foram flagrados nos sanitários tentando fazer ligações telefônicas. Detectores de metal foram utilizados em alguns locais de prova, dentre eles o colégio Presidente Médici.

O rigor contra os candidatos se deve ao crescente número de fraudes com uso de aparelhos eletrônicos, como pagers e celular. Ano passado a Uesc abriu processo administrativo e expulsou três estudantes do curso de medicina, que usaram terceiros para fazer o vestibular. O caso foi descoberto e a expulsão ocorreu no semestre passado.

O vestibular começou com a realização das provas de língua portuguesa com redação, literatura e geografia. A segunda-feira será reservada às provas de língua estrangeira (inglês, francês ou espanhol), história e biologia. No último dia, terça 23, acontecem as provas de matemática, física e química.

Atualizado às 19h47min

Souto e a farra da publicidade

BIAGGIO TALENTO
btalento@grupoatarde.com.br

"Os novos dirigentes da Assessoria Geral de Comunicação (Agecom) do governo JaquesWagner identificaram, nos primeiros dias de análises de documentos da área, um aumento crescente anual das verbas com publicidade do governo anterior, de Paulo Souto (PFL), que teria culminado, no ano passado, num recorde de gastos da ordem de R$ 134 milhões.

Chama a atenção o fato de 2006 ter sido ano eleitoral (quando Souto disputou e perdeu a reeleição) e, devido à legislação, os governos terem menos tempo para fazer propaganda de suas realizações. O levantamento da Agecom indica gastos nos anos anteriores de R$ 67,5 milhões, em 2003, R$ 78,5 milhões em 2004 e R$ 108,8 milhões em 2005."

Leia mais no A Tarde.

Boa sorte, vestibulando!

Se você vai fazer vestibular da Uesc, avisamos que está na hora de dormir (00h06min)... pro "bicho-papão" não te pegar na hora da prova.

Os portões dos locais de prova estarão abertos a partir das 7h30min (horário da Bahia, oxente!). E se apresse porque os mesmos portões que se abrem, fecham às 8h.

Você terá 4 horas e 30 minutos para responder questões de língua portuguesa com redação, literatura e geografia. Coma pelas 'berada'... respondendo as perguntas mais fáceis e, depois, partindo para as de maior grau de dificuldade. E não faça como o Pimenta na Muqueca, vá lá... mate a pau e dê uma caprichada na redação!

Não se esqueça de levar
cartão de identificação,
carteira de identidade,
caneta,
lápis,
borracha,
e fique calmo...
e acorde cedinho para não perder a hora!

20 janeiro 2007

Edição 1.000

Aguardada com grande ansiedade pelos leitores, a Edição 1.000 do jornal A Região ainda não havia chegado às bancas até o início da noite deste sábado.

Final de semana sem A Região não tem graça, ainda mais quando a edição é histórica, especial.

Queremos jornal!

Exoneração

As cenas de terror vividas em Arataca forçaram o governo estadual a exonerar o delegado Laurindo Lino Neto, acusado de abuso de poder. A decisão estará publicada no Diário Oficial da próxima terça ou quarta-feira. O delegado proporcionou à pacata cidade sul-baiana mais de um minuto de aparição no Jornal Nacional e foi destaque na mídia de todo o país (belo promocional da nossa imagem lá fora!).

Baianão 2007 pela internet

O jogo Colo Colo x Vitória será transmitido pela TV Itapoan para todo o estado e, de quebra, o torcedor ainda poderá assisti-lo pela internet. A partida começa às 16h, com transmissão ao vivo da emissora afiliada da Rede Record. O ponto negativo é a qualidade da imagem e de áudio pela net, mas vale a pena.

Confira como está o seu time no Baianão:
1º Vitória
2º Conquista
3º Fluminense
4º Bahia
5º Juazeiro
6º Poções
7º Catuense
8º Atlético
9º Colo Colo
10º Ipitanga
11º Camaçari
12º Itabuna

Disputa na Uesc

Algo agita o campus da Uesc mais do que o vestibular que acontecerá amanhã. É a disputa pela reitoria da principal instituição de ensino superior sul-baiana.

Estão na disputa o atual reitor, Joaquim Bastos, e a competente professora e ex-secretária de Educação de Ilhéus, Dinalva Melo.

Dinalva larga em ligeira vantagem, mas não 'oficializou' a sua pretensão.

Delegado continuará em Itabuna

O delegado Nélis Araújo continuará a frente da 6ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin). A garantia é do chefe da polícia civil na Bahia, João Laranjeiras. "Na minha avaliação, o delegado está agindo com muita competência e dá ciência de todos os atos da regional em Itabuna", disse o delegado-chefe.

Além de elogiar o trabalho de Nélis, o chefe da polícia civil no estado disse que a atuação do coordenador regional em Itabuna mostrou-se "bem eficiente, dentro das condições que trabalha". Neste momento, Laranjeiras concede entrevista ao programa Resenha da Cidade, do radialista e vereador Roberto de Souza, rádio Jornal AM 560 Mhz.

Retaliação

Nos corredores da TV Cabrália não se comenta outra coisa: o processo de retaliação/perseguição ao apresentador do Alerta Total, Ricardo Bacelar, será intensificado. Não estaria agradando ao homem que "trabalha" no centro administrativo localizado no bairro São Caetano.

Bacelar, lembremos, é o apresentador do programa mais polêmico e de maior audiência da emissora e que incomoda (muito!) a global TV Santa Cruz. Também há sinal de alerta até para o repórter do programa, Jarles Soares, este mais que na mira do homem do São Caetano.

No limite

A administradora de empresas Mirian Paranhos recebeu convite para assumir a Secretaria de Assistência Social de Itabuna. Familiares mais próximos teriam recomendado grande prudência antes de dar a resposta definitiva ao prefeito Fernando Gomes.

Argumentam que, dificilmente, ela teria poder de decisão e seria 'vigiada' de perto pela "verdadeira secretária" da pasta, a assistente social Bernizette Zorthea. O aviso da "força" de Zorthea teria partido de amigos próximos com influência e presença no próprio governo municipal.

A administradora analisa os prós e contras e estaria a exigir liberdade total de movimentos na Pasta. Para esse convencimento, contaria com a ajuda da esposa do prefeito, a ex-secretária Sandra Neilma.

Técnico do Itabuna na "forca"

O Itabuna ameaça ficar sem técnico ao final da rodada de amanhã do Campeonato Baiano de Futebol. Alcyr Silva corre risco de degola após ver o seu time perder os dois primeiros compromissos no campeonato.

Perdeu a primeira partida para a Catuense, por 1x0, na casa do adversário. Na última quarta, mandou bola na trave, mas não resistiu ao jogo do Vitória. A equipe volta a campo neste domingo, fora de casa, contra o Atlético de Alagoinhas, em Catu.

Gula

"A deputada Ângela Souza vai ocupando espaços importantes nos cargos estaduais secundários, em Ilhéus. Deve ser publicada nas próximas horas, no Diário Oficial do Estado, uma lista de nomeações que tem o seu aval e que “arruma” alguns dos seus correligionários no governo petista. Para a Ciretran, deve ir o afilhado e oficial da PM Washington Fonseca.

Para a Sudic local, indicou o comerciante Orlando Júnior e para a importantíssima função de gerente da Dires – Diretoria Regional de Saúde, o nome indicado é o do médico anestesista Joaquim Sampaio.

No entanto, o que tem mesmo tirado o sono dos petistas mais radicais é que, até agora, os nomes apresentados pela deputada, têm uma forte e histórica relação com o PFL."

Coluna do jornalista Maurício Maron. Clique aqui e leia mais.

Wagner acaba com absurdo e irrita "babalorixá"

"Depois de nove anos sob o patrulhamento de policiais militares requisitados pelo coronel Cristóvão Rios, chefe da Casa Militar durante os quatro governos do PFL na Bahia, o monumento a Luís Eduardo Magalhães, erguido no canteiro central da Avenida Paralela, está desde segunda-feira sendo vigiado por seguranças particulares.

O governo Jaques Wagner (PT) entendeu que não havia respaldo legal para manter prepostos, pagos com dinheiro público, vigiando o monumento. A segurança, agora, passa a ser bancada pela família do senador Antonio Carlos Magalhães (PFL-BA) – pai do ex-deputado homenageado, que faleceu de infarto em abril de 1998.

A decisão de retirar o policiamento do local foi tomada pelo governador Jaques Wagner (PT) depois de uma consulta ao novo titular da Casa Militar, coronel Expedito Souza." (Jornal A Tarde)

ACM: "Manda Wagner cortar o cabelo e trabalhar"

"Indagado, ontem, sobre a decisão do governador e a alegação de que não havia respaldo legal para a PM fazer a vigilância no monumento, ACM indagou: “E esse governo é de respaldo legal?”

O senador sugeriu ao governador se preocupar com coisas mais sérias. “Jaques Wagner precisa pensar mais na Bahia do que em mim“, ironizou.

Para ele, o novo governo, empossado há 20 dias, ainda não mostrou a que veio.
ACM também criticou o “excesso“ de viagens feitas pelo petista. “Manda Wagner cortar o cabelo e trabalhar. Ele só fica viajando”."

A Tarde, hoje. Clique aqui, se for assinante do maior jornal da Bahia.

Taí um exemplo de político que não respeita cargo e age com o fígado, sempre!

Baixa

Os rumores em Salvador dão conta de mudança no secretariado de Jaques Wagner. A fritura é grande e pode atingir uma área nevrálgica... a de relações institucionais.

Ramiro Aquino no Diário do Sul

Ramiro Aquino, um dos mais experientes jornalistas do sul da Bahia, vai reforçar a equipe do Diário do Sul.

Dia da estréia e outros detalhes relacionados à coluna estão sendo discutidos com o diretor Valdenor Ferreira.

Vamos filosofar?

"A filosofia existe para que as pessoas possam viver melhor. Sofrer menos. Lidar mais serenamente com as adversidades. Enfrentar com coragem o "perpétuo vai-e-vem de elevações e quedas", para citar uma frase do romano Sêneca (4 a.C.-65 d.C.), um dos grandes filósofos da Antiguidade.

A missão essencial da filosofia é tornar viável a busca da felicidade. Todos os grandes pensadores sublinharam esse ponto. A filosofia que não é útil na vida prática pode ser jogada no lixo. Alguém definiu os filósofos como os amigos eternos da humanidade.

Nas noites frias e escuras que enfrentamos no correr dos longos dias, eles podem iluminar e aquecer. A filosofia apóia e consola. "O ofício da filosofia é serenar as tempestades da alma", escreveu o sábio francês Montaigne (1533-1592). Numa definição magistral, Montaigne definiu a filosofia como a "ciência de viver bem".

O texto acima é o que se chama de lide no jornalismo, o primeiro parágrafo de reportagem de capa da Revista Época.

Graças a Jojoba!

O plantio de transgênicos no Brasil cresceu 22% no ano passado. Já em 2005, o país havia pulado da quarta para a terceira posição em todo o mundo em área plantada, ficando atrás apenas de Estados Unidos e Argentina.

19 janeiro 2007

Viúva de Luís Eduardo vai casar!

"Oito anos depois da morte de Luís Eduardo Magalhães, sua viúva, Michelle, está namorando. O eleito é o empresário baiano Antonio Vieira. Toda a família já o conhece, exceto... ele mesmo, ACM.

O senador se recusa até mesmo a tocar no assunto. Quando seu filho morreu, ACM chegou a dizer aos mais próximos que Michelle "não se atrevesse" a se casar novamente." A informação é da coluna Radar, da revista Veja.

Clique aqui para ler mais notas da coluna.

Dia de fúria e morte em Arataca

Arataca, distante cerca de 70 quilômetros de Itabuna, parou em protesto contra o delegado Laurindo Lino Neto, acusado de abuso de poder. Ele teria invadido casas para efetuar prisões de forma arbitrária, sem ordem judicial ou flagrante, segundo reportagem do Jornal Nacional.

A população reagiu às prisões tocando fogo num veículo e na delegacia da cidade. A fúria aumentou depois de um tiro, provavelmente disparado por um policial, atingir e matar o funcionário público Dílson Xavier Santana.

Clique aqui para assistir ao vídeo sobre os protestos em Arataca, a violência da polícia, a revolta da população e o assassinato de um funcionário público.

Operação Vaqueiro

A defesa do assessor especial da Prefeitura de Itabuna, Markson Oliveira, conhecido como Marcos Gomes, definiu duas linhas de ação para o enfrentamento público do "Crime do Vaqueiro".

1 - A primeira linha de trabalho vai tentar jogar a opinião pública contra o trabalho do delegado regional Nélis Araújo de apuração do assassinato do vaqueiro, crime ocorrido dia dois de dezembro, após Alexsandro participar de vaquejada na Fazenda Redenção, em Floresta Azul. A fazenda é de propriedade do filho do prefeito de Itabuna.

2 - Segundo nos antecipa uma fonte do centro administrativo Firmino Alves, a segunda frente vai trabalhar para mostrar uma suposta "outra face do Alexsandro". Essa fase de "desconstrução" incluiria relatos de supostos pequenos delitos do vaqueiro. "Vão querer mostrar que ele não seria esse santo, como tentam pintar". Para esse trabalho, o grupo atuará convencendo moradores de Santa Cruz da Vitória a falar mal do vaqueiro assassinado. "Acionamos até um veículo de comunicação", diz a fonte.

Na verdade, conta, os trabalhos já começaram e incluem o 'acionamento' de uma equipe de comunicação (que atuaria como "detetives") e o escritório de advocacia do suspeito. O esforço concentrado trata-se de uma ordem do prefeito - e do 'pulso firme' de Marcos Gomes.

Portanto, não estranhe se uma emissora de rádio apresentar reportagens sobre a vida pregressa do vaqueiro ou uma tevê fazer reportagens na cidade da vítima. Ou um jornal "detonar" o vaqueiro morto a chicotadas e dois tiros no peito e um na nuca. Tudo está sendo urdido e bem planejado. O chumbo grosso sobraria até para o delegado regional ("o delegado age corretamente, mas sempre traz resultados dizer que alguém age 'politicamente'").

O dia em que o Brasil foi invadido

Não deixe de assistir ao filme O dia em que o Brasil foi invadido. Trata-se de um recorte bem humorado da política externa dos Estados Unidos - e da nossa falida política de segurança nacional... O projeto é tocado por estudantes de uma faculdade pernambucana. No filme, enquanto o presidente George W. Bush viaja de Air Force One, o nosso Lula viaja de Air Force 51.

Polícia

O noticiário dos últimos dias revela que um dos pré-requisitos fundamentais para se tornar assessor de comunicação de uma importante prefeitura sul-baiana é ter experiência em cobertura policial.

Não basta se aprofundar em teorias e estudos sobre política.

Prefeito diz que vaqueiro morreu em Itapetinga

O prefeito Fernando Gomes veio contribuir com o debate sobre a morte do vaqueiro Alexsandro Honorato. Em nota de esclarecimento divulgada há pouco, o prefeito mostra ter certeza de uma coisa: o vaqueiro morreu em Itapetinga. O crime tem como principal suspeito o filho do prefeito, Markson Oliveira, conhecido como Marcos Gomes.

Até hoje a polícia tinha dúvidas sobre o local do assassinato de Alexsandro, morto no dia 2 de dezembro, após participar de uma vaquejada na Fazenda Redenção, em Floresta Azul. A propriedade tem como dono o filho do prefeito e principal suspeito de ter torturado, mantido em cárcere privado, executado e ocultado o corpo do vaqueiro.

Para dirimir quaisquer dúvidas sobre a "certeza" de Fernando Gomes, confira a nota abaixo. O alcaide revela que a prefeitura tem contrato de locação com a empresa proprietária da picape saveiro que teria sido usada no crime. Leia parte da nota de esclarecimento:

"Nota de Esclarecimento

O prefeito Fernando Gomes esclarece que o veículo saveiro JQT 2128 não está incluído no contrato de locação entre a Prefeitura Municipal e Adas Franco Corretora e Locadora de Veículos, conforme comprova declaração do empresário Samuca Franco em anexo.

O suposto vínculo foi citado pelo delegado Nélis Araújo, coordenador da 6ª Coorpin, em entrevista publicada pelo Jornal Agora, no último dia 18.01.07, tentando ligar a administração municipal a um inquérito policial que investiga uma morte ocorrida no município de Itapetinga."

Para conferir a íntegra da nota, clique aqui.

Propaganda enganosa

O Brasil dispõe de um conselho nacional de auto-regulamentação da atividade publicitária. Existe para que o consumidor não se torne presa fácil do constrangimento ou da fácil ilusão vendida pela propaganda e, principalmente, defender a liberdade de expressão deste meio, o publicitário, ou coibir eventuais excessos de uma agência de propaganda, a tradicional propaganda enganosa.

Se a prefeitura de Itabuna fosse uma agência de publicidade, certamente ela estaria entre as campeãs de queixas de clientes e/ou consumidores de produtos, serviços ou imagens por ela anunciados. Basta conferir as páginas de jornais ou material de divulgação para entender do que falamos.

Clique aqui e leia a íntegra do editorial de hoje do Diário do Sul.

O que é nepotismo?

A pergunta do título vem a propósito da celeuma criada em torno da campanha do Ministério Público contra a nomeação de parentes para os órgãos públicos. Hoje, a Tribuna da Bahia publica entrevista com jurista Alice Maria Gonzalez Borges, presidente do Instituto de Direito Administrativo da Bahia.

A estudiosa do Direito critica o que chama de "senso comum" estabelecido acerca do tema e defende que o nepotismo está indissociavelmente vinculado ao poder de nomear. Por esse entendimento, não seria nepotismo a nomeação do filho de um vice-prefeito como secretário. Como o vice não tem poder de nomear, não configuraria a irregularidade.

O assunto dá muito pano pra manga e deve ser debatido. O nepotismo é realmente uma prática espúria, que precisa ser banida. Na maioria dos casos, prefeitos inescrupulosos usam a caneta para preencher os cargos públicos com parentes e aumentar a renda familiar às custas do dinheiro do povo.

Agora, a jurista está com a razão quando sugere que o tema seja analisado com mais cautela e à luz do Direito. Por enquanto, há muito mais dúvidas que certezas, embora a ação do MP represente um avanço formidável no caminho rumo à moralidade administrativa. Mas é preciso avançar com cuidado, até para evitar tropeços que permitam recursos capazes de descredibilizar a iniciativa.

Para ler a entrevista de Alice Maria Gonzalez Borges, clique aqui

Aos nobres prefeitos - e marqueteiros

Ex-Blog César Maia

1. O terceiro ano de governo é sempre o ano crítico tendo em vista as eleições no ultimo ano. 2007 é um ano critico para 2008.

2. Há dois fatos que explicam. Num quadro sem terremotos o eleitor julga os governos tendo como referencia os dezoito meses anteriores ao inicio da eleição. Esse é um interessante produto da experiência popular e política. Os governos sabem que o ciclo de suas realizações deve ser ascendente, pois serão julgados no último ano.

A população sabe que os governos no começo, justificam o freio de arrumação colocando a culpa nos governos anteriores. Isso os leva -ambos-eleitores e governos, a um encontro, a partir do carnaval do penúltimo ano.

3. Lula só não perdeu a eleição de 2006 pela incompetência da oposição que não soube fixar com intensidade as imagens do terremoto mensageiro de 2005. Especialmente a partir do ultimo trimestre. Mas assim mesmo a eleição foi para o segundo turno e neste Lula teve que mudar tudo, discurso, acordos, e apelações para ganhar, se valendo dos erros da oposição. A diferença no primeiro turno foi de apenas 7 pontos.

4. Arrumar o terceiro ano de governo é fundamental. Os governos "terminam" no final do primeiro ano/início do segundo. Tudo o que eles podem fazer está lançado, processado, decidido, licitado, aí. O demais são ajustes, intervenções pontuais e reações. O que cabe no terceiro ano e primeiro semestre do quarto é dar visibilidade aos pontos de maior impacto em nível sub-regional, setorial, social ou temático.

A política de comunicação - e não se trata de mídia espontânea nem de publicidade paga- deve ganhar capilaridade e interlocutores de forma a ter um multiplicador horizontal, sempre o decisivo: "tardianamente", ( Gabriel Tarde como já foi apresentado aqui neste Ex-Blog).

Continua na postagem abaixo.

Aos nobres prefeitos - e marqueteiros (2)

5. O eleitor não agüenta mais desculpas de quem governa e não diferencia os níveis de governo. Se estiver desempregado a culpa é de todos. Só que um deles -no caso o prefeito- será julgado. Mas nem por isso, os governos devem deixar de buscar alocar adequadamente as responsabilidades por atribuições legais.

Isso depende da comunicação cruzada entre os níveis de governo. No caso dos prefeitos nos Estados onde há um novo governador, a tarefa dos prefeitos é facilitada, pois a comunicação de quem entra, ao alocar as responsabilidades no governo anterior, ajuda o eleitor a entender de quem é a responsabilidade. Quanto mais crítico, melhor,...para o grupo político que está no governo municipal.

6. Fatos no terceiro ano como os que estamos acompanhando, como as enchentes, o caso do metrô de SP, a violência exacerbada, e outros, criam uma complexa tarefa a todos. As oposições -se beneficiam-e não precisam, nem devem, tentar capitalizar nada. Seria um desgaste pelo cinismo. As culpas -em geral-estão sendo alocadas e a memória será reativada em campanha em 2008.

A complexa tarefa é de comunicação. Certamente a mídia espontânea é importante, mais que a publicidade paga, nestes casos, porque as matérias serão seqüenciais nos grandes traumas aumentando a taxa de memorabilidade da mídia impressa. Comunicação para distribuição adequada de responsabilidades, comunicação para mostrar presença, determinação, e provar que se está junto com a população. E para o que se está fazendo.

7. Muitos publicitários aconselham sair de cena quando há problemas e deixar em cena os secretários. A partir do terceiro ano de governo, essa tática é no mínimo brincar com fogo. Giuliani -no 11 de setembro- apostou na tática inversa, e seu candidato -Bloomberg- virou um jogo quase perdido.

8. O enfrentamento do problema, a sua minimização, a sua superação e a intensificação da visibilidade das ações destacadas do governo que estão avançando, temperadas por uma -complexa- política de comunicação, pode construir um quadro muito diferente depois do terremoto. Mas há que se pensar, pesquisar, planejar e executar. O jogo já começou!

Te cuida, Lula!

Longe da TV desde o fim de 2005, quando deixou a bancada do "Jornal da Record", o jornalista Boris Casoy, 65, prepara-se para uma nova empreitada.

Ele assinou nesta quinta-feira contrato com a Companhia Brasileira de Mídia, que passará a operar a rede CNT do Paraná e suas afiliadas em todo o país, além de contar com "recursos humanos" e "conteúdos noticiosos" do "Jornal do Brasil" e da "Gazeta Mercantil".

Na emissora, que deve se chamar "TV JB", Boris comandará o "Telejornal Brasil", que deve ir ao ar no começo de março, de segunda a sexta-feira, das 22h às 23h. "Será [um telejornal] dirigido a um público mais crítico e mais exigente. Irá ao ar às 22h, com todo o noticiário do dia, mas com espaço para opinião", diz Casoy à Folha Online.

O cacau e o pesticida

A TARDE
Juscelino Souza
e Randolpho Gomes

A Vigilância Sanitária de Barra do Choça, a 530 km de Salvador, notificou preliminarmente seis cafeicultores pela falta do uso de equipamento de proteção individual (EPI) e aplicação de defensivo agrícola às margens das barragens Água Fria I e II. Em Itabuna, na região sul do Estado, o uso do pesticida Endosulfan no plantio de cacau é praticamente tradição.

Embora os órgãos fiscalizadores ambientais proíbam plantios de qualquer espécie margeando mananciais, o desrespeito é flagrante. Um dos pesticidas aplicados nessas plantações é o Endosulfan, produto de venda controlada e só acessível mediante receituário agronômico.

Cacauais
Quando aplicado nos cacauais, o produto é lançado na copa da árvore, sobre as folhas e os frutos, e a recomendação é que a dosagem deva ser obedecida, evitando o contato do produto com o solo, que caso seja contaminado, pode chegar aos lençóis freáticos, trazendo conseqüências graves ao meio ambiente.

Esse tal de celular

Nesse instante milhares de pessoas no mundo estão trocando mensagens curtas pelo telefone celular. Outras estão baixando no aparelho telefônico móvel os últimos vídeos ou ouvindo uma musiquinha. Enquanto você lê esta nota, algúem 'sintoniza' o celular numa emissora de rádio de freqüência modulada, popularmente conhecida como FM... Agora, milhões estão baixando no computador a bela foto tirada na praia... através do celular.

As situações tendo como uma das 'personagens' o telefone móvel celular são as mais variadas. Para bilhões de pessoas do mundo moderno, é praticamente impossível viver sem este tipo de aparelho. Mas a telefonia móvel é algo que soa estranho em 42% dos municípios brasileiros. Aliás, nem soa porque fica mudo, não tem sinal. Enquanto isso, o Brasil bate agora em janeiro a marca de 100 milhões de aparelhos celulares vendidos.

Confira mais informações sobre o mundo da telefonia no site TeleSíntese.

Você lê primeiro aqui...

"A Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), a Fundação Roberto Marinho e a Fundação Educativa de Radiodifusão Futura (Canal Futura) firmaram acordo de cooperação para intercâmbio e difusão cultural.

A parceria tem como objetivo a troca de conhecimentos técnicos e conceituais de profissionais das duas fundações e de integrantes da comunidade acadêmica da Universidade, visando o desenvolvimento de programas em conjunto e elaboração de conteúdo.

Durante a vigência do acordo, que será de 24 meses, podendo ser prorrogado, as três organizações se comprometem em estabelecer uma metodologia de trabalho que proporcione o desenvolvimento de obras audiovisuais em parceria e a veiculação das mesmas no Canal Futura."

A notícia acima é velha para os leitores do Pimenta na Muqueca. O acordo foi antecipado por este blog no dia 30 de novembro, quase dois meses atrás. Para conferir, clique a q u i..

Demissões?

Comentário de leitor deste blog dá conta de possíveis demissões na TV Cabrália, algo como 20 pessoas.

Atribuem a obra ao "Dr. Enxuga".

Vamos apurar.

18 janeiro 2007

Uesc, a "fábrica de diplomas"

O resultado do OAB Recomenda motivou o publicitário Gérson Menezes a escrever um artigo. Ele toca em pontos sensíveis do ensino superior regional (e brasileiro!) e acredita que, da forma como está sendo conduzida, a Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) não passa de "fábrica de diplomas".

O artigo está postado logo abaixo.

Ótima leitura!

Que “baixe” o espírito universitário... !


Gérson Menezes
publixcriativo@hotmail.com

Certa vez, em tempos idos, em uma reunião no antigo auditório da ainda FESPI, quando eu era aluno do curso de direito, não concluído, quase fui lixado ao dizer: “tenho buscado até nos centros espíritas e nos terreiros de macumba, ver baixar o espírito universitário que falta a esta universidade”. Minha indignação, já àquela época, até se justificava, por ser os primeiros anos do Campus, congregando as faculdades de Itabuna e Ilhéus.

Mesmo estando afastado das salas de aula, nunca me afastei inteiramente dos destinos daquele que, sempre julguei, seria o núcleo principal do pensamento e, por conseqüência, do desenvolvimento regional. E assim fiz, quando na luta pela estadualização, já sendo publicitário, criamos, produzimos e doamos ao DCE, àquela época, presidido pelo hoje advogado Davi Pedreira, a campanha publicitária com o título “Não Deixe Esse Coração Parar de Bater”.

A Fespi, após a vitória da luta pela estadualização, se transformou na UESC – Universidade Estadual de Santa Cruz, nome que foi dado em alusão à “Terra de Santa Cruz” como chegou a serem chamadas as recém-descobertas terras do hoje Brasil (nome com o qual nunca concordei, porque até mesmo na historia nacional é pouco citado). Com a estadualização a UESC cresceu (ou teria inchado?). Mas, e, contudo, não se fomentou o surgimento do “espírito universitário”, aquele conceito estrutural que unifica os pensamentos e verdadeiramente dá alma ao corpo físico de uma universidade.

A UESC é ainda hoje, no meu inexpressivo entendimento - portanto com baixíssimo valor crítico, mas meu como cidadão grapiúna - apenas, uma “fábrica de diplomas” para um grupo de privilegiados (não por culpa direta deles) mantidos às custas dos impostos pagos por toda a comunidade regional. Sem nada, ou muito pouco, darem em troca a esta mesma comunidade. Falta inteiração. Falta compromisso. Faltam políticas coordenadas, que deveriam partir da própria universidade, que “acendesse as velas que dariam a luz” e “entoasse os cânticos que dariam voz” ao que conhecemos como – Espírito Universitário.

Nas comemorações festivas de colação de grau da primeira turma do curso de medicina, o Governador Jaques Wagner no seu discurso, indiretamente “invocou” este espírito, ao conclamar os novos médicos a atenderem fielmente o compromisso social que a profissão por eles escolhida imponha por força do juramento solene que acabavam de fazer.

Mas, e de que forma se dará esse compromisso se além das muitas matérias curriculares, dos estafantes estágios e plantões, não foi neles “inoculado o vírus” do compromisso da retribuição para com a comunidade que proporcionou a todos, as justas alegrias daquele momento.

Muitos, advindos de outras regiões do Estado e de muitos outros Estados da Federação, retornarão para de onde vieram e lá exercerão “profissionalmente” o novo mister. Da imponente torre administrativa que se ergue aos céus da nossa região e que abriga as ilustres e “doutas” cabeças iluminadas, há de se esperar que seja o primeiro lugar onde deverá “baixar o espírito de luz”, que se irradiará por todo o campus.

Gérson Menezes é publicitário