04 abril 2008

Rui Rocha condena o Porto Sul

Em entrevista ao Blog do Gusmão, o ambientalista Rui Rocha, do Instituto Floresta Viva, critica o projeto do Complexo Portuário Porto Sul. Para ele, a obra trará graves prejuízos ao ecossistema em uma área de preservação ambiental.

Rocha duvida dos números apresentados pelo Governo do Estado, tanto no que diz respeito ao valor do projeto (R$ 4 bilhões), como na estimativa de geração de 10 mil empregos. E vai além, afirmando que a região não precisa de mais infra-estrutura para se desenvolver.

Ouça a entrevista:

powered by ODEO

8 comentários:

Anônimo disse...

Pimenta:

É sempre bom lembrar que Ruy Rocha é Secretário Executivo do Instituto Floresta Viva, e que este Instituto tem como principais parceiros:
- Itacaré Eco Resort
- Ecoporan - A Pousada Charme de Itacaré
- TXAI Resort
- Instituto de Turismo de Itacaré
- Villas de São José
- Pousada Pedra Torta.

Não podemos nos esquecer deste fato.

Anônimo disse...

Realmente o Sr Rui Rocha, conhece a realidade de Ilheus e região.
Não precisamos de infra estrutura para se desenvolver mais, é verdade.
Não precisamos atrair investimentos para melhorar a qualidade de vida da população.
O turismo em Ilhéus supre tudo, a cidade vive lotada o ano inteiro, as barrcas de praia são do primeiro mundo sempre lotdas de turistas.
Mas a mente tacanha de nossos "pensadores" não percebem que precisamos nos desenvolver, o País tem insuficiencia de portospara exportar, mas para o Sr Rui, isso não é problema para uma região milionária como a nossa, onde não há desemprego, onde não há fome, onde todos temos ocndições dignas de viver bem.
Parafraseando o craque Romário:" Rui Rocha calado é im poeta".
Que o porto venha trazer um alento para essa região empobrecida

Anônimo disse...

Excelente esta lembrança!
Isso quer dizer que o Prof. Rui Rocha não descarta a possibilidade de um desenvolvimento sustentável. Assim, não faz parte daqueles que todos chamam de eco chatos. Turismo bem orientado preserva e não destrói, além de trazer contrapartidas para as comunidades do entorno dos mesmos.

Anônimo disse...

Este rapaz pode até ter seu valor. Mas perde-se pela presunção, arrogancia, e se achar o crem de la crem.

Anônimo disse...

Não vejo problema nenhum, quando um instituto defensor do ambientalismo, defende o turismo aliado ao conceito de desenvolvimento sustentável.
Tem gente que defende o que não conhece.

Giba disse...

também não vejo problema nenhum em se instalar um complexocomo o porto Sul e que junto com o projeto da obra exista um trabalho sério de análise de impacto ambiental e após esse, protocolar como pré-condição para o andamento da obra as medidas paralelas de preservação do eco-sistema a serem adotadas. Aí sim a sociedade organizada , ogs e ambientalistas terão algo concreto para cobrar, se não fizerem o que está acordado junto com o projeto... ...prá cima deles. Agora esses orgãos, ongs estão recheados de doações de grandes "empresarios" vindos do norte, que nunca preservaram nada no país dele, construiram e destruiram a vontade por lá! Seus exemplos no quintal de voces são mais importantes para nós aqui, do que seus "dedinhos" "humanitários" escondidos atrás desses ambientalistas "dublês de profeta".

Anônimo disse...

Mas é claro que o Rui ia ficar contra. A fundação que ele preside recebu do governo federal ano passo mais de 600 milhões... precisa de mais motivos.!!!!!!...

Anônimo disse...

Este cidadão não estar nem ai nem ta chegadondo para os desenpregado de nossa região a fundação dele riquissima melhor milhonaria, e tem que defender os que dinheiro coloca na fundação dele qual o papel social da floresta viva? qual o projeto desenvolvido que já beneficiou alguma familia em nossa região? em seu Ruim cade mostre para possamos até tentar acredita no senhor, vai pra lá atrasa o progresso. os ambientalista na sua grande maioria so briga para o seu bem estar e o progesso que morrar.