20 abril 2008

Testosterona

Geraldo Simões desdenha do fato de que a candidatura do Capitão Fábio (PMDB) está sob o guarda-chuva da base aliada do governo Wagner e conta com o apoio do ministro Geddel Vieira Lima, da Integração Nacional.

"Ele (o capitão) pode trazer um ministro a Itabuna, mas eu trago uns 20", disse o secretário de Agricultura em entrevista a um programa de rádio.

14 comentários:

Anônimo disse...

Como se dizia no meu tempo de moleque, haja farromba!!!!

Anônimo disse...

Já esta na hora de cortamos as asas dessa caricatura de secretário.

ツ Mr Anderson ♪ disse...

O GS trará muita coisa para Itabuna, ele vive um de seus melhores momentos como político, temos que agradecer e ao mesmo tempo pedir desculpas por não tê-lo como prefeito atualmente. Mas olha o desdem que se encontra seu arqui-rival e a cidade no presente, comparando com o salto q o GS obteve nesses ultimos anos. Pra Itabuna retomar o crescimento precisa do PT, seja com qualker outro candidato.

Anônimo disse...

Tá ou não tá parecido com um Coronel?
Só que esse é travestido de "petista".
CGS. Coronel Geraldo Simões

Não só as asas cresceram, mas as unhas tambem.

Com a milhagem acumulada nesse período de secretário, onde viajou mais do que o governador, ele pode trazer todos os ministros e ainda mais o time do Flamengo e do América pra se apresentarem pra eles em Itabuna.

Além de pinóquio, garganteiro.

Anônimo disse...

Es-gold boy
Descobrimos a utilidade dos 36 Ministros do Governo Lula,é pra coronelzinho lobista da UDR, levar pra cima e pra baixo.Triste de um estado que tem como Secretario uma pessoal tão recalcada, cheio de fantasmas trazidos da infancia e da adolecencia.

Anônimo disse...

Geraldo é patético no que se tornou nem parece aquele franzino candidato a prefeito com muitas idáias e sonhos para o bem de Itabuna.
Estive fora varios anos, meu marido trabalhou em sua campanha, como diz um certo ditado popular "Dê poder ao homem e ele vai mostrar quem realmente é".

Decepcionada.
Maria das Grças

Anônimo disse...

Conselho de amigo,Geraldo tenha HUMILDADE,HUMILDADE,HUMILDADE.

Anônimo disse...

Peço liçença a cantor e compositor Chico Buarque. "Quem te viu, quem te ver". Como o dinheiro (alheio) e o poder muda as pessoas.

o sacaninha disse...

Dá-lhe Geraldão, esmaga o pessoal que tem saudade do chicote no lombo.

olho que tudo vê disse...

Se ministros trouxessem alguma coisa pra uma cidade, Brasília seria um mar de desenvolvimento.

O povo quer mudança de verdade.

ROBERTÃO 2008 PARA ACABAR COM ESSA RAÇA!!!!!!

ツ Mr Anderson ♪ disse...

Quantos comentários de "Anônimos" contra Geraldo, ou seja, vem da mesma pessoa, pois nenhum se identifica, não pode criar varias contas pra isso.

Anônimo disse...

Mas é claro!!!

O sucesso ajuda a poucos e ao mesmo tempo incomoda a tantos outros.

A realidade é que o cara está no melhor momento de sua carreira política e isso incomoda a muitos, principalmente esses tidos como MUDANÇA, que, em sua grande maioria, são inexpressivos. Soma-se a isso seus arqui-rivais e aqueles que por mais ruim que a cidade se encontre não quer largar o osso, nem mesmo assumir que ela vai mal.

E assim, fala-se de uma pessoa que ganhou expressivamente um preito para Dep. FEDERAL, faz um bom trabalho na SEAGRI, se não a melhor Sec. do estado e é esperado por muitos, pesquisas indicam, para voltar e arrumar a cidade como prefeito novamente.

Mas já anseia maior vôo, dado esse seu grande momento e portanto sua volta ainda é um mistério.

Pimenta disse...

Esclarecendo:
Mr. Anderson, o sistema do blogger permite que qualquer um faça comentário anônimo. Isso não quer dizer, necessariamente, que eles partam da mesma pessoa. Pode ser, como também pode não ser

Professor Virgílio Alberto disse...

Prezados Pimenteiros,
Que Geraldo Simões não é um poço de virtudes todos já sabemos.
Contudo, não podemos pautar o debate político num único nome ou partido. Aliás, encher Geraldo de pancada só servirá para o seu fortalecimento.
Entretanto, o leque de partidos que apresentam nomes ao pleito é grande. Claro que temos umas peças muito conhecidas e não há argumentos sobre seus defeitos. Só das virtudes ou o chavão "a mudança".
Esse é um momento importante para nossa cidade e temos que ter maturidade e muita tranqüilidade para dialogar com o povo, principalmente em espaços importantes como esse. Sobre esse diálogo creio que no campo da base aliada do Governo Wagner e do Presidente Lula reside os partidos que podem recuperar o tempo perdido desses últimos anos em que colocaram Itabuna.
É notório que os governos estadual e federal estão investindo em municípios governados por outras forças políticas, mas a proximidade dos aliados como Luis Sena, Edson Dantas com o caráter que tem, e muitos outros nomes que compõem os partidos de sustentação ao governo podem, numa ampla aliança com o PCdoB, PSB, PT, PR, PPS, PHS, e outros, promover uma reviravolta na gestão pública em Itabuna, na transparência com as contas públicas, na saúde, no saneamento básico, coleta de seletiva de lixo, habitação, geração de emprego e renda, educação regular e profissionalizante, etc.
Acredito que é esse o debate necessário a Itabuna.
O resto é só desabafo e ciúmes!