19 abril 2008

Patrimônio que cresce

Um levantamento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e do site Políticos do Brasil aponta dois parlamentares federais baianos entre os 10 deputados que tiveram a maior variação patrimonial depois de assumir os respectivos mandatos.

Deputado federal e filho do ex-governador Paulo Souto, Fábio Souto (DEM) aparece na lista em quinto lugar. Entre 2000 e 2006, o seu patrimônio cresceu 16,9 vezes. Ele tinha bens no valor de R$ 240 mil, que saltou para R$ 2,37 milhões em 2006.

O outro baiano da lista é o ex-ministro Jutahy Júnior (PSDB). Seu patrimônio saltou de R$ 328 mil (1996) para R$ 3,58 milhões (2006). Ele diz que a evolução se deve a uma herança do pai e do avô.

Jutahy aparece em sétimo na lista liderada pela também tucana Andréia Zito (RJ). O patrimônio dela foi de uma evolução "espantosa": 106,6 vezes em apenas oito anos. Era de R$ 10 mil em 1998 e pulou para R$ 1,08 milhão em 2006.

Clique aqui e confira o quadro dos 10+

6 comentários:

Anônimo disse...

Muito interessante também foi a reportagem de Leo Arcoverde para a revista Caros Amigos desse mês, contado a história do senador pelo RN, José Agripino Maia, do Demo. É imperdível...

o sacaninha disse...

E ainda dizem que Fábio Souto é abestalhado, imagina se não fosse!

Anônimo disse...

Simplesmente ridículo. Perde-se tempo ainda no país para fazer CPI de tudo e os roubos mais evidentes passam despercebidos pelos fiscais Brasil afora.
Quanto a Fábio Souto, nunca vi fazendo nada. Pegou "ponga" no nome do pai e encheu o bolso. Fábio sóaparece pra fazer inauguração de alguma parede que levantaram por ai

Anônimo disse...

Mas me digam uma coisa, "adevogados" de plantão: como é que você é candidato e declara ao TSE o patrimônio que der na telha???? Deveria haver uma forma de coibir isso. Receita federal neles...
GAH

Parafuso disse...

Ai não é coisa de "adevogados" não, q tem q ser parciais, é coisa de Ministério Público mesmo, q vê e não faz nada

Anônimo disse...

E vocês não teriam por ai a declaração do mega empresario Tiago Feitosa.
Só por curiosidade.
Esse nunca trabalhou, não teve mandato e já é riquinho.