30 março 2008

Com ou sem Fernando

O vice-prefeito Capitão Azevedo diz que entra na disputa sucessória municipal com ou sem o apoio do prefeito Fernando Gomes. A afirmação foi durante entrevista à repórter Celina Santos, do jornal Diário do Sul. Azevedo está animado com uma repentina crescida nas pesquisas e até já contratou o lobista Josias Miguel como marqueteiro.

6 comentários:

Anônimo disse...

Acho excelente que o Cap Azevedo tenha assumido esta postura de ser candidato independente do apoio de FG. Tá na hora de ele provar do gostinho de ser prefeito. Chega de ser vice. Ser vice só é bom pra quem não tem vontade de trabalhar pela cidade, pra quem tá a fim só de ganhar um bom salário sem fazer nada.
Pelo que todos podem ver. O Azevedo tem vontade de trabalhar, de ver o desenvolvimento de Itabuna, anda nos bairros e ouve a população. é inexperiente ainda, mas todos já foram um dia.
Azevedo é um homem que se da bem com todas as camadas sociais, é pé no chão, não tem conchavos políticos, não tá escolado como os demais candidatos.
Itabuna precisa viver uma nova era, colocar alguem novo no cenário político. Precisamos dar oportunidade para nossa querida cidade.
Eu tô apostando que este ano a disputa vai ser boa. Não vai ser fácil pra ninguém, mas tô tocedo pra acontecer uma nova zebra e AZEVEDO SER ELEITO O PREFEITO DE ITABUNA.

Anônimo disse...

Zelão, Recomenda ao Anonimo Disse:

Faça uma releitura do que diz o capitão Azevedo.
A decepção com o não apoio de Fernando, e a negativa de Maria Alice, em dar a ele a legenda para vereador, está levando Azevedo a um beco sem saída.
Subserviente, Azevedo aceitou tudo de ruim do governo de Fernando Gomes. Pois se tivesse o mínimo de altivez e se fosse realmente o "bom homem" que você diz ser, teria renunciado e rompido com Fernando.
Tolo é que Azevedo não é. Sabia de tudo o que estava acontecendo. Calou-se e tornou-se conivente, porque esperava que mais uma vez a sua "fidelidade canina" fosse ser recompensada.

Anônimo disse...

É chegada a hora dos itabunenses se posicionarem com mais firmeza e preocupação social com os destinos da cidade. Quem anda por aí, pode e deve observar as largas diferenças entre as administrações públicas de outros municípios e a que é desenvolvida em Itabuna. A cidade encontra-se, caoticamente, sobrevivente nos tempos de inércia administrativa.
Estão sendo eleitos os executivos municipais para quê? O Município de Itabuna tem todos os fatores ao seu dispor para estar em progresso acentuado, possui uma expressiva arrecadação, conta com um campo vasto de serviços e está morrendo no lamaçal de sujeira, marginalização do seu povo e abandono administrativo.
Qualquer um que vier, desde que venha com batidinhas nos ombros alheios, bilhetinhos favoritistas e bolsos um tanto recheados, para a distribuição ao eleitorado "carente", pode se eleger prefeito? Ora, ora... Convenhamos! Estamos no século do conhecimento, dos perfis mais competentes para fazeer valer o progresso e o desenvolvimento.
O interesse social, que acaba entranddo na vida pessoal de cada um cidadão, deve ser a preocupação do povo itabunense nesse ano de eleição. Vale mais um voto bem dado do que pequenos favores eleitoreiros. Pense, povo, pense! E aja!

moli disse...

Zelão meu caro amigo deixe de ser pessimista no que diz respeito a Cap. Azevedo, sei que ele é um homen de coragem e sabe o que esta fazendo, a prova disso é que mesmo não tendo apoio de FG pra perfeito coloca o bloco na rua sem vergonha..Acho que seu grande problema Zelão é não ser você o pré-candidato a eleição, agora fica com negatividade, se Itabuna não evoluiu até agora graças a pessoas como você que não acredita no potencial do Capitão!!!
Moli.

Anônimo disse...

� seu Muqueca, n�o entendi pq n�o aprovou o meu coment�rio em resposta ao grande Zel�o. N�o fugi dos requesitos, cuidado com a prote�o.

Anônimo disse...

Segundo comentários de pessoas que trabalham na prefeitura, o Senhor Cap. Azevedo morre de medo ao falar com Fernando Gomes, ai fica a pergunta: como uma pessoa que tem medo de encarar outra pode ter coragem de administrar um município como Itabuna? Haverá muitos outras situações em que um prefeito terá que mostrar coragem e firmeza na condução dos trabalhos administrativos tendo que encarar sem medo qualquer que seja; e será que Fernando Gomes deixaria alguém como o Cap. Azevedo conduzir itabuna sem sua Influência?
Tudo isso tem que ser pensado.
Sim! seu moli ou sua moli, concordo com o Zelão, não é questão de ser pessimista ou negativista e sim realista; o governo está ruim não por falta de dinheiro e sim pelo mau uso dele, e isso também com a conveniência do Capitão. Você inverteu os valores. Provavelmente deve ter votado em Fernando Gomes; será que está satisfeito(a)?. Deixa de ser moli (de cér...).